quarta-feira, 4 de agosto de 2010

O reencontro


Ela sempre soube que Juan Antonio voltaria. Sempre temia este encontro, pois não sabia ao certo como e quando ocorreria. Num dia comum e frio, ela sai para o trabalho. Ao estacionar o carro, avista Juan Antonio. Sem reação, foge dele e se concentra na conversa com outras pessoas. Em uma fração de segundo, resolve olhar para trás e o avista novamente. Ele tinha ido até a esquina e voltara. Vicky não se controla, sai correndo e o chama. Ela sentia um misto de ódio, amor, saudade, mas precisava perguntar o que ele fazia ali, naquela região.
Ele, por outro lado, não a havia reconhecido, ela estava morena agora. Ao avistar Vicky, ela a abraçara fortemente...Ela, frágil tremia toda, mas estava com todas as pedras na mão...Porém, Juan Antonio, com seu jeito sedutor e descontraído a derreteu em menos de 2 minutos. Disse que estava ali para vê-la, somente isso. Durante o diálogo, ela se sentia numa outra dimensão. Embora sempre soubera, dentro de si, que isso aconteceria, ela não esperava a surpresa que aquela tarde fria a reservara. Ficou confusa e estranha. Ele dissera isso: foi tudo confuso e estranho...Ela reforçara: mais confuso que estranho, na verdade.
Ele forçara um contato, ela relutou e resistiu! Yes, foi forte, garota!
No fim, ela não sabia como se despedir: Tchau, até logo, a gente se fala, até nunca mais! A última opção era a preferida, mas ela, no fundo, sabia que não seria a mais apropriada.

Nenhum comentário:

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

AbcBlogs

Site certificado
Voos baratos
voos baratos
voli low cost