sexta-feira, 6 de maio de 2011

Lista de Schindler

A minha lista de amigos no Brasil está que nem a Lista de Schindler!!! Rs.
Cada dia `morre`um. Mas isso é bom, porque as máscaras sempre caem e a verdade nunca fica oculta.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Eu vou para Barcelona, Grécia, Irlanda, Paris, Londres, Roma...


Te quiero, Barcelona...

Me gusta...

Adoro sentar na minha cama de frente para a sacada quase 9 da noite e ver o sol se por...ouvindo boa música...

Que voy a hacer, je ne sais pas.
Que voy a hacer, je ne sais plus.
Que voy a hacer, je suis perdue.
Que horas son, mi corazón.

terça-feira, 5 de abril de 2011

5 de abril eu quero e desejo...

abracobeijopasseiopresentealmocojantarcrepechocolateprettywomanmutleytrufa
chocotonecarroestacionamentocinemashoppingtetosolarmaosdadascafedamanha
tequilaperfumepescocosacadaSMSfotocantodagulapetitgateaubarolocartaJohnMayer
swandancaafinidadepaixaoloucurarespeitocarinhotranquilidadeconfortoabrigo.


Isso tudo e muito mais, Swan!

quinta-feira, 31 de março de 2011

Nao sei...

Ha coisas que nao se explicam, se sentem. Sejam boas, dolorosas, confortadoras.
Eu nao sei. Me sinto bem, me sinto zen, me sinto em casa.
O vento frio me abraca e so posso sorrir.

terça-feira, 22 de março de 2011

Mais fotos...

Sabe o que é interessante nesse lance de despedida? Quando você vai passar um tempão em outro país e sabe lá Deus quando volta? Você descobre amigos ou não...Entende? Além disso, vê quem realmente torce por você = )

Bye, gente!!!

Sim, o tempo voa e eu viajo sábado para a Holanda, dia 26.
Estou tranquila, um pouco apreensiva com detalhes ( malas, documentos, será que levo isso ou aquilo etc etc).
Domingo foi minha despedida, altas lágrimas, mas choro gostoso, sabe? De realização!
Eu sei lá o que escrever agora...

domingo, 13 de março de 2011

Repostagem

Este texto é repeteco, eu já o publiquei antes, mas gosto dele e acredito
que vale ler denovo. Por falar nisso, esse ano foi diferente, foi o meu, o nosso dia. Aí vai:


Sim, International Women's Day já foi. Acabou de ir, meia-noite e um agora.

Sinceramente, não gosto dessa data. Os homens falam que esse é o nosso dia; os outros 364 são deles. Pode isso?? Puro machismo.
Eu sou meio-feminista, meio pós-moderna, meio tradicional, meio paty, meio hippie, meio moleca, meio caipira, meio cosmopolita, meio clássica, meio bicho-grilo, meio independente, meio dependente, meio romântica, meio cética, ...de tudo um pouco.
É esse mosaico que traça a personalidade da mulher brasileira, a mulher pós-moderna, que também foi o tema do meu TCC, que continuarei (talvez?????)no Mestrado.

No local de trabalho, as mulheres reclamavam. Diziam que hoje deveria ser feriado para as mulheres. Mas não pude ficar quieta e disse:
- Poxa, mas o dia teve início com uma revolução feminina por seus direitos, inclusive o de trabalho...agora querem parar de trabalhar? Confuso, não?

Assim é a mulher: seja brasileira, holandese, alemã, americana, irlandesa, japonesa, tailandesa, australiana, indiana, angolana, africana, chilena, argentina...
Somos confusas, legalmente confusas!!!


Feliz Dia da Mulher!
Leia Provérbios 30: a mulher sábia.

Escolhas...

A vida é feita de escolhas e todo mundo já sabe disso. O que a gente não sabe são as “implicações” que cada escolha traz. E conversar sobre isso é sempre bom e as conjecturas são as melhores: “e se eu não tivesse falado”...”e se eu não tivesse ido”...”e se eu não” ... “e se eu”...”e se”....”e”...?

Tem gente que escolhe viver colocando a culpa nos outros.
Tem gente que escolhe sentir inveja.
Tem gente que escolhe falar mal, porque não pode ser melhor.
Tem gente que escolhe culpar os outros pela traição e não ao parceiro que traiu.
Tem gente que escolhe ter filhos com alguém que não tem onde cair morto .
Tem gente que escolhe o caminho mais fácil.
Tem gente que escolhe não ser respeitado e aceitar tudo.
Tem gente que escolhe acreditar numa verdade inventada.
Tem gente que escolhe reclamar.
Tem gente que escolhe sobreviver, porque viver é uma arte.
Tem gente que escolhe te “atacar” porque não tem outra arma.
Tem gente que escolhe viver amargurada e virar historiador, ou seja, viver de passado.
Tem gente que escolhe tirar suas próprias conclusões e achar que tem razão.
Tem gente que escolhe julgar, mas nunca poderá sentir e viver o seu momento.
Tem gente que escolhe apontar seus erros, como se fossem perfeitas.
Enfim, tem gente que aceita qualquer coisa e acha que é felicidade, desconhecendo totalmente o verdadeiro sentido da vida, pois fomos criados para viver o melhor dessa Terra. Do contrário, por que estaríamos aqui, não?

Eu escolhi ser feliz...simples assim...E não seja tolo ou me julgue positivista demais, pois ser feliz também implica sofrer, chorar, sentir dor, sangrar, cair....

Eu acabei de levar um soco no estômago, mas estou legal. Ninguém ataca um ser desinteressante e inútil, não é?

Qual sua escolha hoje?

sexta-feira, 11 de março de 2011

Os sussurros do metrô

Andar de metrô em São Paulo também pode ser poético...

Eu não sou eu nem sou o outro,
Sou qualquer coisa de intermédio:
Pilar da ponte de tédio
Que vai de mim para o Outro.


(Mario de Sá Carneiro - Lisboa, fevereiro de 1914)

quarta-feira, 9 de março de 2011

BLACK SWAN - Official HD trailer

Veja o trailer:

Para quem não gosta de Carnaval...

até que eu amei esse último. Não pelo motivo da festa, claro.
Outra coisa boa é cinema. O filme "Cisne Negro" estava na minha lista mesmo antes da indicação e fomos lá conferir!
Meu único erro foi não me lembrar do diretor: Darren Aronofsky!
Natalie Portman está maravilhosa no papel e em muitas cenas eu me emocionei e identifiquei com a vida de Nina, sua personagem. Uma delas foi quando ela soube que tinha sido a escolhida para o papel principal do Ballet e vai para o banheiro ligar para a mãe e contar a novidade.
O filme assusta um pouco, mas, denovo, se eu lembrasse quem era o diretor antes, eu não teria ficado assim. Afinal, depois de "Requiem por um sonho", Cisne Negro tem cenas até "leves". Somos presenteados também com cenas belíssimas de Ballet Clássico e a maravilhosa trilha sonora de Clint Mansell.
A bailarina Nina Sayers (Natalie Portman) é movida exclusivamente pelo desejo de superação ( temática resente na filmografia do diretor), por tornar-se a "prima ballerina" da companhia de Thomas (Vincent Cassel, um canastrão!). Em seu caminho, porém, está O Lago dos Cisnes, o balé de Tchaikovsky que Thomas pretende apresentar em montagem "crua e visceral", sem perfeições técnicas, mas sedução e espontaneidade.
Para Nina, viver Odette, o Cisne Branco, não é um problema. Ela, afinal, partilha com a personagem suas qualidades metódicas e virginais, é pura, inocente e encantadora. O desafio é a interpretação de Odile, o Cisne Negro, a encarnação da sensualidade e sedução. Se quiser estampar o cartaz da companhia, agora que a primeira bailarina anterior (Winona Ryder, que passou despercebida no filme) foi aposentada, Nina terá que superar seus medos e, como a protagonista do ballet, transformar-se.
Para tal transformação, Aronosfky "brinca" com o espectador de tal forma, que não se sabe mais ao certo o que é alucinação da bailarina e o que é realidade. Assim, acompanhamos a desintegração de sua sanidade enquanto ela enfrenta a pressão do diretor, a superproteção da mãe (Barbara Hershey), uma bailarina frustrada que projeta a realização de seu sonho na filha, e a chegada de uma excitante bailarina concorrente (Mila Kunis), com a qual Nina viverá altos e baixos, com cenas fortes e diferente do que Hollywood está acostumado.

Well, amei o filme, está no meu top 10 e Natalie realmente mereceu o Oscar!

domingo, 6 de março de 2011

Dicas importantes de Gloria Kalil

*Homem tem que ser vestir bem e ser bem apessoado. Voce não vai querer sair com um homem pior do que o das suas amigas.

*Se você sair com um cara hoje e se ele levar muito tempo pra te ligar, tenha certeza, não era homem, era um moleque. Saia dessa!

*Homem pra se levar a sério tem que tratar bem a família, repare como ele trata os pais e os irmãos.

*Se você ligar e ele não atender, não ligue mais, não fique insistindo, enfim, não seja chata. Se ele quiser ele te retornará.

*Homem rude só serve pra construção civil, pedreiro etc...Homem tem que saber tratar bem uma mulher.

*O valor que o homem está lhe dando é de acordo com os lugares que ele te leva!

*O amor não está na carteira do homem ( que é importante também!!!) e sim no caráter que ele demonstrar ter.

*Se sair com uma mulher hoje, ligue ou no mínimo mande um torpedo no dia seguinte. Homem de verdade é como antigamente, acorde!

*Se Você quer conquistar uma mulher, é simples: Seja um homem presente na vida dela.

*Se a mulher tive a iniciativa e quiser lhe ver, vá! Você poderá não ter essa chance de novo. Vai perder pra outro. Por que elas ( nós!!) pulam fora mesmo!

*Mulher que é mulher gosta de homens como antigamente, então meça suas atitudes e palavras de baixo calão.

*Homem que é homem paga a conta, sim. Elas já pagam o cabeleleiro, a manicure, a depilação... Mulher só dividirá algumas contas quando já tiver um bom tempo com você.

*Queira sempre mulher independente! As outras ainda estão aprendendo o que é a vida. E você não vai ter paciência pra ensinar. Perda de tempo sem necessidade.

Cryin'

Eu não sei onde, nem como, nem porquê. A única coisa que lembro é de dançar essa bela canção do Aerosmith com alguém, com direito a rodadas, daquelas que te gira e você quase deita no chão...sem beijo no final!
Já tentei lembrar, mas não consigo...até lá..fico ouvindo repetidamenteeee...

Beterraba

Hoje eu aprendi como falar beterraba em Dinamarquês:
rødbede

Por que isso? Hoje, eu amo rødbede, porém, nem sempre fomos grandes amigas. Quando eu era criança, detestava comer legumes e verduras, mas a minha brilhante e maravilhosa mãe mudou esse quadro "facinho". Ela costumava pintar o arroz ( que eu adorava e adoro) com a beterraba e, além de eu achar lindinho, eu ficava com vontade de comer rødbede. Coisa de mãe, né?
Deu certo!

Fatal ( Elegy - Penelope Cruz e Ben Kingsley)







Quem me conhece bem sabe de duas idiossincrasias minhas: 1 - eu ODEIO carnaval. 2 - Eu ando com uma lista de filmes na bolsa. Pois é, nunca se sabe quando vai receber a indicação de um must see que vai mexer com você.
E agora vou falar de mais um filmaço da minha querida Penélope Cruz:FATAL!

Muito além de uma paixão entre um professor e aluna, o filme é uma reflexão sobre o tempo. Uma obra adaptada de um romance de Phillip Roths ( O animal agonizante) tem como temática o cruel e inevitável componente da experiência humana: o envelhecimento. A proposta é clara: testemunhar o encontro do humano com o cronos, especialmente com aquilo que concretiza a sua finitude: a morte. Nesta estrada, por vezes tão dolorida, caminham as personagens, entre aturdidos e esperançosos, cínicos e críticos, grandiosos em sua ousadia e apequenados em pequenas covardias. E não se trata de retomar velhos clichês sobre a relação homem-mais-velho-experiente-liberado-garanhão e mulher-jovem-linda-descolada. Tanto nas imagens quanto nos diálogos não há concessões ao politicamente correto nem aos psicologismos de ocasião. Não, a ideia é outra. O drama é muito bem trabalhado e respeita a inteligência do espectador. Me lembro bem quando ele entrou na minha lista, eu estava na casa de uns amigos e o filme passava na TV. ; )
Penélope é Consuela e está deslumbrante ( só para variar) e a fotografia do filme é belíssima. Sem contar que somos presenteados com uma trilha sonora RICA, muito rica! O que pegou mal foi o nome da versão em Português, não tem a ver com o filme, mas é claro que a culpa, aí, não é da diretora: em inglês o filme se chama Elegy. Elegia, dicionarizado pelo Michaelis como "poema pequeno, consagrado ao luto ou à tristeza".

A trama nos coloca de frente com a incapacidade do professor de rever conceitos arraigados e, assim, com nossas próprias defesas para quando o amor – talvez um dia - chegar.
A história é, de fato, uma elegia. Assim como o livro. Assim como a vida.
Enfim, vai ver logo!

sexta-feira, 4 de março de 2011

Tempos Modernos

Não que eu seja fã de Lulu Santos, mas já não é a primeira vez que uma composição dele se encaixa tão bem em minha vida...

Eu vejo a vida melhor no futuro
Eu vejo isso por cima de um muro de hipocrisia
Que insiste em nos rodear
Eu vejo a vida mais clara e farta
Repleta de toda satisfação
Que se tem direito
Do firmamento ao chão
Eu quero crer no amor numa boa
Que isto valha pra qualquer pessoa
Que realizar
A força que tem uma paixão
Eu vejo um novo começo de era
De gente fina, elegante e sincera
Com habilidade
Pra dizer mais sim do que não,
Hoje o tempo voa, amor
Escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir
Que não há tempo que volte, amor
Vamos viver tudo o que há pra viver
Vamos nos permitir

Bem que me falaram...

Sempre pensei em sair do país... e sempre me falaram que quando isso estivesse prestes a acontecer, surgiria isso, isso e aquilo outro. Eu não dava ouvidos...achava que era falta de assunto, mas não é e não tem sido!
Justo agora tanta coisa aparece e acontece. Me aproximei de tanta gente especial, me apaixonei, conheci um cara que, como dizem, é para casar... mas... I have to go now! Wait, não estou reclamando...só acho engraçado a maneira que as coisas acontecem na vida.
Mas como ele disse ( perguntas vagas, mas pertinentes): Coincidências da vida? Ou seria obra do acaso? Penso nisso, em você e tenho uma profusão de sentimentos...mas agora fico em dúvida sobre qual o real sentido...tudo se alinhou para isso...

E agora? Volto ao refrão de " Tempos Modernos".

domingo, 27 de fevereiro de 2011

O mundo é redondo...




E não é por acaso, pode ter certeza!!!
Deus sabe o que faz.

Eu sou o tipo de pessoa que espera as coisas chegarem. Isso não significa que sou tão paciente assim, mas espero porque sei que elas chegam. Tudo é composto por uma pequena e simples fórmula: 2V = VAI E VOLTA.
Sexta passada eu recebi um convite e não estava tão a fim de ir. Na última hora aceitei e o que aquela noite me trouxe, realmente eu não esperava. Sem falar que conheci pessoas ótimas e divertidas e algo mais. Mas, voltando ao assunto, alguém que um dia agiu sem pensar estava lá e tentou quebrar a lei da vida ( a do 2v). Claro que foi sem sucesso. Acredito que seja desnecessário escrever o que rolou aqui, pois a ideia que quero relatar é aquela de que tudo que você faz, um dia vai voltar. Seja coisa boa ou ruim. Há pessoas que preferem o papo de plantar e colher. Eu gosto do 2V, pois isso ajuda a entender o porquê de o mundo ser redondo, não acha?
Consigo até fazer um gancho com a postagem anterior: Seja gentil com todos que aparecem na sua vida, você não sabe como nem quando vai encontrar a pessoa novamente.
Por pensar assim, já tive que ouvir coisas do tipo: V de Vivian? Não de vingança mesmo. Não, gente, eu não sou vingativa, mais uma vez, só acredito na teoria citada antes.

Nada como ser gentil

Aquele clichê de "gentileza gera gentileza" é uma máxima!
Essa semana liguei para um órgão do governo e aou ouvir uma grossa voz feminina do outro lado, falei:
- Bom dia, com quem falo?
Olha o que a gentileza em pessoa do outro lado respondeu grosseiramente:
- Sobre o que?

; (

Então tá, né? Eu queria simplesmente saber com quem eu falava pra tratá-la pelo nome e assim pedir as informações...

Entre outras "gentilezas" que a gente vê por aí!!!
Mas esta semana, não posso reclamar, ainda existem pessoas gentis que puxam a cadeira para você sentar ( e não cair, rs) e deixam de mascar o último Trident para dar para você!!!

Agora que leu, coloque em prática e seja gentil com alguém ao seu lado!
Beijos!

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Frase do dia

Há coisas que a gente escuta e outras que a gente ouve.
Hoje eu escutei uma...
" Acho que o sonho de todo canguru é ir para Austrália. ; 0


E sim, Irlanda é Irlanda; Holanda é Holanda.
I've been too anxious... I cant stand this heat anymore, this place, this moment... Can we go fast forward, please?

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Virtudes...

Dizem por aí que algumas das maiores virtudes do ser humano são rir de si mesmo e curtir a própria companhia. Posso afirmar de boca cheia que essas virtudes eu tenho. E para provar isso vou relatar aqui o que rolou comigo hoje. Estava eu a fazer um curso do ClassBuilder (lousa digital de touch screen. Meu, muito massa aquela lousa... apaixonei!!!), num lugar em que o acesso a e-mails e redes sociais é extremamente proibido. Porém, num intervalinho, não resisti e abri meu e-mail e FaceBook. Estava a ler um e-mail mais que pessoal quando ouvi uma colega me chamando:
- Professora, professora !!!
Juro que pensei que ela estava zuando com a minha cara e não dei atenção. Aí, ela gentilmente gritou do fundo da sala me avisando que o PC que eu tinha começado a usar era justamente o que transmitia as imagens no datashow..Ops..Você acha que todo mundo viu??? Desnecessário dizer que eu fiquei roxa, azul, vermelha de vergonha, mas que dei boas risadas de mim mesma depois, sozinha, não posso negar.
Qual a sua virtude?

domingo, 30 de janeiro de 2011

3 gols

Sinto-me bem e queria tomar um banho de chuva agora. Ainda sinto na pele aquele friozinho gostoso de ontem à noite em Campos. E aquele calor que só música boa e ótima companhia podem trazer para a gente.
Apesar de uma canela roxa e muitas dores musculares, o futebol de ontem valeu a pena...Acredite ou não ( Un-fucking-believable) eu marquei 3, (isso mesmo) 3 gols.

Amanhã é segunda-feira, começa tudo denovo...mas o que começa mesmo? Quem disse que segunda-feira é o início? Você pode fazer o seu começo. Ou então, nada de começo, faça um ciclo. Quem disse que o fim é quando tudo termina? Vejo cada fim como um novo começo. Lá vou eu denovo citar Literatura : " Tudo vale a pena se a alma não é pequena". Se sua alma não for pequena, todo dia é dia de se sentir bem. E assim eu me sinto hoje... e no momento... e antes e depois...e durante.


E você? Fell good?
You know that it would be untrue
You know that I would be a liar
If I was to say to you
Girl, you couldn't get much higher
Come on baby, light my fire
Come on baby, light my fire
time to set the night on fire


The Doors...

sábado, 29 de janeiro de 2011

Girlish things...





Estacionamento do shopping: R$6,00
Almoço: R$ 26,90
Cinema: R$ 13,00
Passar o dia no shopping com as amigas: NÃO TEM PREÇO!!!


Com esse chavão do MasterCard, inicio essa postagem. Nada mais girlish que shopping e cartão de crédito, né? Enfim, coisas de garotas e mulheres.

Essa semana foi simples e agradável. E se tem algo que me agrada muito é passar tempo com minhas amigas, esse é o tipo de coisa que enche a alma e me faz feliz.
Na terça, um sorvetinho com a Ale. Nos conhecemos há pouco tempo, mas tem gente que é diferente, chega e cativa. Sem falar que é cinéfila também. ; ) Assim como a Sibely, pena que está de saída, mas como ela mesma disse, a nossa amizade só está começando e o almoço de sábado vai marcar isso.
Na quarta, passei o dia no shopping com a Valéria e ganhei dela o meu primeiro presente para a viagem, uma bolsa feita a mão para guardar sapatos, um charme só! Eu nem vou ter dificuldade para levar meus sapatos, rs. Falamos sobre sonhos, viagens, amores e desamores, estudos e planos...e claro, sobre sua imersão na Nova Zelândia!!!
Na quinta, recebi a visita da Paula à tarde, amiga de longas datas...17 anos. Somos bem diferentes e isso parece ter feito com que nossa amizade só crescesse, pois o respeito à opinião da outra sempre prevaleceu. E eu gosto demais da Paula Regina. Também dei uma passada na Su e ficou tuuudo legal, com visita inesperada de uma barata e muita risada e grito!!! Níver da Ma na petiscaria, comemorar e comemorar, esse é meu lema!
Na sexta, desaniversário no barzinho, porque já disse e repito: comemorar e comemorar! A Ma tava um pouco tensa e o motoqueiro a deixou ainda mais... no fim da noite, ela estava bem. Horas de conversa não podem fazer mal, nunca. Para fechar a noite, Vicky Cristina Barcelona pela enésima vez!
Sábado, futebol com as garotas. O melhor benefício na prática desse esporte para mim é rir...Rir muito! Depois do fut, só Deus sabe...afinal hoje é sábado e algumas coisas não têm preço!!!


Lov u, girls! Always!

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Comoção da minha vida...





Ah, São Paulo comoção de minha vida... de sonhos arlequinais. Já dizia Mario de Andrade.
Hoje, faço minhas as belas palavras dele. São Paulo, uma das maiores cidades do mundo completa hoje 457 anos! Com todo seu encanto, opções e sua grandeza a cidade é mais que convidativa. Tem espaço para todas as raças, tribos e nações nela. O que falar do bairro Liberdade, hein?
Embora convidativa, não é muito receptiva, a megalópole te recebe com assaltos, filas infindáveis, enchentes e aquilo que chamamos de “caos”. Poluição e filas quilométricas no trânsito e metrô fazem parte da rotina do cidadão paulistano, da terra da garoa.
Mas isso tudo não muda minha paixão pela cidade...A tradicional avenida Paulista, que foi a primeira a ser pavimentada no Brasil... Lembro-me de uma vez que fiquei parada na avenida, em frente ao shopping, observando o que acontecia, enquanto meu amigo fumava um cigarro. Ficamos ali por não muito mais que 10 minutos e o que eu vi naquele lugar dava mais que um livro de história. De um lado, um partido quase desconhecido fazia seu “mini-comício”; de outro um músico tocava sua guitarra maravilhosamente bem, em busca de uns trocados, mas, de verdade, a alegria e talento dele eram tão grandes que parecia nem se importar com as gorjetas. Na faixa de pedestre, um grupo de adolescentes adeptos da moda “colorful” ficava esperando o sinal fechar para se exibirem com dancinhas engraçadas em frente aos carros e, não, eles não esperavam por gorjetas!!! Em São Paulo, você também pode ver Francês dançando Salsa, Espanhol comendo pratos Gregos, Inglês dançando (tentando) dançar samba e muito mais...
E a Rua Augusta..falem o que quiser, eu gosto de grande parte dela. E daí? Adoro os dvd’s e a gama cultural que encontro lá. Nela, você pode até ver Ronaldo Esper (grande coisa) comprando dvd’s, sim, piratas!!!
São Paulo é tudo isso e muito mais...a cada dia uma surpresa. Você pode morar lá por anos e não repetir restaurante ou lugar de lazer. A cidade já foi digna de canções e poemas. Não poderia deixar de citar aqui o memorável Mario de Andrade:


INSPIRAÇÃO- MÁRIO DE ANDRADE

São Paulo! Comoção de minha vida....
Os meus amores são flores feitas de original!...
Arlequinal!... Trajes de losangos... Cinza e ouro...
Luz e bruma... Forno e inverno morno...
Elegâncias sutis sem escândalos, sem ciúmes...
Perfumes de Paris... Arys!
Bofetadas líricas no Trianon... Algodoal!...

São Paulo! Comoção da minha vida...
Galicismo a berar nos desertos da América.

domingo, 23 de janeiro de 2011

Trilogia

E assim são as coisas...
Quando você pensa que elas acabaram, não, ainda não é o fim.
Ou quando você pensa que ainda há esperança, vem uma tempestade e leva tudo embora, para nunca mais ver.
Ou então, tudo se acaba. Mas existe uma trilogia dos fatos. Claro, já que toquei no termo, há filmes que têm 7 ou até mais histórias...Mas acredito que a trilogia é clássica, mais do que isso já vira puro marketing e é bem difícil que o filme fique bom. E na vida, uma trilogia é suficiente também, acredito eu. Mais do que isso...não, eu não aguento. E a minha trilogia chegou ao fim. Quero dizer, ainda não terminou realmente, mas eu já vi o fim, mesmo com um espaço de 2 anos entre cada número... Mal posso esperar para começar a escrever um novo filme. Afinal, o filme é arte; e a arte imita a vida...ou será que a vida imita a arte?



P.S.: Ah, não precisa agradecer...

sábado, 15 de janeiro de 2011

O melhor dessas férias foi poder estar na Dinamarca sem sair do Brasil!!!


Yeah... ; )

Two days in Paris (movie)

I’ve seen this movie and just loved the last lines...


It always fascinates me how people go from loving you madly to nothing at all. Nothing. It hurts so much. When I feel someone is going to leave me, I have a tendency to break up first before I get to hear the whole thing. Here it is. One more, one less. Another wasted love story. I really loved this one. When I think that it’s over, that I’ll never see him again, like this. Well, yes, I’ll bump into him. We’ll meet our new boy/ girlfriend, act as if we had never been together. Then we’ll slowly think of each other less and less until we forget each other completely. Almost. Always the same for me; break up, break down. Drink up, fool around. Meet one guy, then another. Fuck around to forget the one and only. Then after a few months of total emptiness, start again to look for true love. Desperately look everywhere and after two years of loneliness... meet a new love and swear it is the one until the one is gone as well. There’s a moment in life where you can’t recover anymore from another breakup. And even if this person bugs you 60% of the time... well, you still can’t live without him. And even if he wakes you up every day by sneezing right in your face...Well, you love his sneezes more than anyone else’s kisses.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

2011

2011 começou. Mais do que nunca estou em contagem regressiva!!!

Mas essa chuva típica de Janeiro já está me enchendo...não para mais!!


Tá, feliz ano novo para você também!!!

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

AbcBlogs

Site certificado
Voos baratos
voos baratos
voli low cost