segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Hoje, 28 de dezembro + Avatar

Hoje eu fui encontrar o Rei. Eu já falei dele aqui antes..
Um amigo que mudou para SC e veio passar as festas aqui...
Falamos sobre filmes, diretores, coisas legais e coisas chatas, pessoas bonitas e pessoas feias, horrorosas, sim, por dentro e por fora.
Depois, quando o deixei na rodoviária, fui levar o Johnny Depp embora também. Calma, só fui levar os DVD's até a locadora. Semana passada tive uma overdose de filmes dele.
Quando cheguei em casa, fui fazer algo que há muito não fazia: passar roupas. Acho que sou uma das únicas pessoas no mundo que gosta de fazer isso ( Poxa, eu podia ficar rica com isso, rs...)
Depois fui fazer cocadinha com a Ne.

Tá, vou fugir do título e falar sobre ontem. Fui ver Avatar com a Paty (adoro essa menina). Legalzinho, mas nos primeiros trinta minutos você já sabe o que vai rolar nas próximas 2 horas e meia. Sim, sabe mesmo.

Recomendo (nem todos são novos):
*Quando eu escrever legalzinho, quero dizer legalzinho mesmo.

Up, Altas aventuras
Inimigos Públicos
Chocolate
A Revolução dos Bichos
Piratas do caribe (os 3)
A Proposta (legalzinho)
Do inferno
A Janela Secreta
O leitor (Muito bom!!!)
Busca Implacável
Jogos entre Ladrões
O curioso caso de Benjamim Button
A Encurralada
Banquete de Amor
Laranja Mecânica


Ah, agora é só..vou comer a cocadinha que fizemos..
Se quiser conversar sobre qualquer um deles, ou qualquer outro filme, só colocar um comentário aí..
Bjo, me liga.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Feliz Natal

Quero desejar um feliz natal:
FELIZ NATAL PARA QUEM MERECE!!!


Eu já sabia, mas quero reforçar: não há nada mais importante que família...NADA!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Kayleigh

Do you remember...
I never meant to break your heart, but you broke mine.

Inspiração repentina

Eu estava irritada, segurando para não soltar palavras que ofenderiam... Ai, que raiva... Veio então, isso:



12/12/09
Ela foi pagar uma fatura. Ao ver a data, o moço do caixa, um homossexual se assustara: Wow, 12 do doze..que medo. Ela esboçara um leve sorriso, aquele sorriso meia-face, pois estava pensando em outra coisa. Estava pensando no cara do Boliche, o Eddie, e no quanto ele era burro. Como ele era burro!!! Mais burro que a Macabéa de Lispector, sim, ele conseguira esse feito. Perguntava tudo e sabia nada. Isso a irritava e ela queria agredí-lo. Melhor, ela se perguntava: Por que não vem uma Ferrari amarela e o atropela? Assim ele também teria seu momento de glória e ela se veria livre, igualzinho o Humberto ao ver a Catarina morta (Ver Bolor). Ela queria que fosse uma Ferrari amarela porque, certa vez, no estacionamento de shopping, ela ficara observando uma carro desse e quase fora atropelada. Que chique seria, não? Mas ele era tão burro que nem isso ele merecia.
Mas nada acontecia. Ela conjecturava milhões de coisas em sua brilhante mente, mas Eddie só piorava, não havia progressos intelectuais nunca...não havia como se livrar dele, era uma cruz, um carma (para quem acredita) e não havia o que ela fizesse. Quanto mais ela fugia, mais a burrice dele aumentava. Ela chegou a desconfiar que era proposital.
Ela gritou, como se recém-acordada de um pesadelo.. o rapaz que recebia a fatura leva um susto: está tudo bem, moça? Ela acenara que sim com a cabeça, mas sabia que não. O pesadelo ainda estava por começar e ela precisava dar um jeito nisso, que estava fazendo-a infeliz demais. Ela ia procurar alguém sem o qual ela passasse mal; cansara-se de passar mal por mal, agora queria passar mal por bem! Soa um tanto masoquista, não? Mas todos gostam e precisam de uma dose disso.

19h18.

QUERO ASSISTIR A UM FILME COM JOHNNY DEPP!!!

Uma bolsa Victor Hugo

Domingo passado discutiamos sobre o valor das coisas:
um sapato de R$800,00
uma blusa de R$590,00
uma bolsa de R$1.000,00, uma Victor Hugo. Alguém questiona os preços e lembro-me que eu tenho uma Victor Hugo, estava enconstada lá no fim do guardarroupa.
Ao chegar em casa, querem ver se é verdadeira, claro que é, eu sou lá mulher de comprar coisa falsa? (exceto uma blusinha da Lacoste, rs?).
Eles olham curiosos e comprovam: Sim, é uma bolsa Victor Hugo...dentro dela encontro textos de que já não me lembrava mais...postarei-os aqui, então:

15 de agosto de 2008 (escrito na sala dos professores)
"Não há mais fatos...
não há mais fotos...
não há mais'ficos'...

Estou só novamente...



Sexta-feira. Desde o início da tarde sinto sua presença. Presença essa que veio a partir da conversa com um mestre, um professor. A partir de então, sua presença fez-me companhia. Chegou, ficou e não mais saiu.
As salas de aula, as conversas estudantis, o reencontro, o CD que estava perdido, a visita à amiga, a ida ao pet shop, à padaria, nada fez-me esquecer dela, daquela presença arrebatadora. Afinal, hoje era o nosso dia! Não é mais! Porém, a natureza não se deu conta, nem o universo. Continuam a trazer você para mim.Fazem isso de tal forma, indelicadamente, estupram os meus pensamentos e colocam você ali, bem dentro de mim. Fazem isso de forma alinhada, como acontece os movimentos de rotação e translação, não há como parar.
O clima traz a nossa temperatura, o nosso cheiro. O percurso que faço, também foi fiel a nós dois; trouxe as memórias, os carros estacionados na nossa rua. Até o trânsito compareceu, ah o trânsito!
Bom, a noite já chegou trazendo você. Eu estou me arrumando, armando um plano para buscar-te. Os universitários estão ansiosos para deixar as carteiras, substituí-las por mesas de bar. Quando o fizerem, você estará comigo; eu esperarei você na primeira à esquerda, ao lado daquela árvore. Nada mais existirá, além de você em mim, além de eu em você!
As risadas, sorrisos e palavras já se fazem presente. Estavam com você!
Ligamos o carro e partimos em direção à nossa noite.
Ops.. o sonho acabou. Não somos mais juntos..não somos mais aqueles dois..Temos que avisar o tempo, pois ele inisiste em trazer-te até mim.
Já é sábado. Meio-dia. Compartilhamos nosso almoço sabatino.
Você parte, leva uma parte de mim.
Tchau, até mais. Até nunca mais.
É dia do índio, coincidentemente, você se vai para não voltar mais...
Mas o sonho acabou mesmo, estou sentada a esperar um idiota fracassado e infeliz acabar a aula dele. Onde estou com a cabeça???

Férias

É bom estar em férias...
poderia ser diferente, mas estou AMANDO assistir a filmes todos os dias, peincipalmente aqueles com Johnny Depp, admiração que tenho cultivado ultimamente. Também é legal poder ir visitar as amigas que colocam silicone, acompanhar outras ao cabeleireiro, passar roupas e rever amigos antigos que gostam de coisas ruins..= ( ou seriam boas? Rever amigos que mudaram de estado e estão aqui em SP para visitar os parentes.
Enfim, mais um ano se passou e muita coisa também.
Meu maior feito, graças a Deus e ao meu esforço e dedicação, foi a conclusão da faculdade. Isso sempre foi um grande sonho. Há outro a ser alcançado em 2010, além de trabalhar muuuito: morar fora do país. É muita coisa para organizar, grana, o lado psicológico, o choque cultural etc etc, Mas sonho é sonho e tem que ter sabor de mel e vitória. Não sei porquê escrevo sabor de mel, nem gosto disso, tem que ter sabor de leite condensado..hum...aí, sim.
Bjo...Estou sem paciência de ficar mandando belas e longas mensagens de Natal. Então, Feliz Natal e Feliz ano Novo, de verdade, viu?
Merry Christmas and Happy new Year!!!

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Secret window

Cuidado com as personagens que você cria; elas podem se voltar contra você!

sábado, 12 de dezembro de 2009

No puedo...

Por mais que eu queira, não posso encontrar.
É como se eu buscasse algo que pertencesse a someone else.
É como se eu buscasse algo que não foi feito pra mim.
É como se eu buscasse algo que não existisse para mim e , por isso, nunca poderei encontrá-lo.
Algumas pessoas dizem que existe, sim. No entanto eu duvido, duvido até o fim. Até que ele chegue ( se chegar). Um múscio me diz que não estou cética, estou óitica. Sim, estou.
É como o mendigo que vasculha o bolso à procura de um dólar.
É como o viúvo que toca a cama e os lençóis à procura de alguém que já partiu.
É como o cego que abre os olhos fervorosamente, mas nada vê.
É como Humberto que pensa: se seria Catarina ou Maria dos Remédios a mulher adúltera e não encontra resposta.
É como o analfabeto que busca ler um texto científico.
É como o desempregado que acorda cedo para ir trabalhar.

E eu, estou me preparando...me preparando para...?
I'm getting ready for no other...

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

11 de Dezembro.

Acabou!! ( Ou vai começar?)
Estou formada em Letras. Tudo feito e entregue: relatórios, TCC, provas e tudo o mais.
Hoje é sexta-feira. Consagrado o nosso dia, mas você faltou, causando dor em meu peito.
Pelo horário do almoço, dou uma aula sobre orações subordinadas e coordenadas...enquanto alguém, alegremente, ouve e canta um funk sem-vergonha. Tudo me lembra você.
Depois, vou ao banco para pagar o licenciamento do carro. Encontro meu primeiro sogro lá. Sempre elegante e animado, me faz lembrar da minha adolescência, do meu primeiro namoro, quando eu tinha apenas 13 aninhos..10 anos depois. Ai que saudade...Naquele tempo, sexta-feira era somente sexta-feira e namorado era apenas namorado. Eu ainda sentia muitos pasmos essenciais...hoje, já não os sinto mais.
Com o término da faculdade, começo a malhar, até que estou me dedicando...já perdi um quilo e me sinto mais..mais...sei lá.
Fico aqui ouvindo músicas que não me levam a lugar algum, não porque não são boas o suficiente para isso, mas porque EU não quero ir a lugar algum...
Quero ficar aqui, esperando alguém chegar...alguém que não vem me encontrar, mas, saudosamente, beija-me a face, com um beijo de Judas.

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

AbcBlogs

Site certificado
Voos baratos
voos baratos
voli low cost