segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Hoje, 28 de dezembro + Avatar

Hoje eu fui encontrar o Rei. Eu já falei dele aqui antes..
Um amigo que mudou para SC e veio passar as festas aqui...
Falamos sobre filmes, diretores, coisas legais e coisas chatas, pessoas bonitas e pessoas feias, horrorosas, sim, por dentro e por fora.
Depois, quando o deixei na rodoviária, fui levar o Johnny Depp embora também. Calma, só fui levar os DVD's até a locadora. Semana passada tive uma overdose de filmes dele.
Quando cheguei em casa, fui fazer algo que há muito não fazia: passar roupas. Acho que sou uma das únicas pessoas no mundo que gosta de fazer isso ( Poxa, eu podia ficar rica com isso, rs...)
Depois fui fazer cocadinha com a Ne.

Tá, vou fugir do título e falar sobre ontem. Fui ver Avatar com a Paty (adoro essa menina). Legalzinho, mas nos primeiros trinta minutos você já sabe o que vai rolar nas próximas 2 horas e meia. Sim, sabe mesmo.

Recomendo (nem todos são novos):
*Quando eu escrever legalzinho, quero dizer legalzinho mesmo.

Up, Altas aventuras
Inimigos Públicos
Chocolate
A Revolução dos Bichos
Piratas do caribe (os 3)
A Proposta (legalzinho)
Do inferno
A Janela Secreta
O leitor (Muito bom!!!)
Busca Implacável
Jogos entre Ladrões
O curioso caso de Benjamim Button
A Encurralada
Banquete de Amor
Laranja Mecânica


Ah, agora é só..vou comer a cocadinha que fizemos..
Se quiser conversar sobre qualquer um deles, ou qualquer outro filme, só colocar um comentário aí..
Bjo, me liga.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Feliz Natal

Quero desejar um feliz natal:
FELIZ NATAL PARA QUEM MERECE!!!


Eu já sabia, mas quero reforçar: não há nada mais importante que família...NADA!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Kayleigh

Do you remember...
I never meant to break your heart, but you broke mine.

Inspiração repentina

Eu estava irritada, segurando para não soltar palavras que ofenderiam... Ai, que raiva... Veio então, isso:



12/12/09
Ela foi pagar uma fatura. Ao ver a data, o moço do caixa, um homossexual se assustara: Wow, 12 do doze..que medo. Ela esboçara um leve sorriso, aquele sorriso meia-face, pois estava pensando em outra coisa. Estava pensando no cara do Boliche, o Eddie, e no quanto ele era burro. Como ele era burro!!! Mais burro que a Macabéa de Lispector, sim, ele conseguira esse feito. Perguntava tudo e sabia nada. Isso a irritava e ela queria agredí-lo. Melhor, ela se perguntava: Por que não vem uma Ferrari amarela e o atropela? Assim ele também teria seu momento de glória e ela se veria livre, igualzinho o Humberto ao ver a Catarina morta (Ver Bolor). Ela queria que fosse uma Ferrari amarela porque, certa vez, no estacionamento de shopping, ela ficara observando uma carro desse e quase fora atropelada. Que chique seria, não? Mas ele era tão burro que nem isso ele merecia.
Mas nada acontecia. Ela conjecturava milhões de coisas em sua brilhante mente, mas Eddie só piorava, não havia progressos intelectuais nunca...não havia como se livrar dele, era uma cruz, um carma (para quem acredita) e não havia o que ela fizesse. Quanto mais ela fugia, mais a burrice dele aumentava. Ela chegou a desconfiar que era proposital.
Ela gritou, como se recém-acordada de um pesadelo.. o rapaz que recebia a fatura leva um susto: está tudo bem, moça? Ela acenara que sim com a cabeça, mas sabia que não. O pesadelo ainda estava por começar e ela precisava dar um jeito nisso, que estava fazendo-a infeliz demais. Ela ia procurar alguém sem o qual ela passasse mal; cansara-se de passar mal por mal, agora queria passar mal por bem! Soa um tanto masoquista, não? Mas todos gostam e precisam de uma dose disso.

19h18.

QUERO ASSISTIR A UM FILME COM JOHNNY DEPP!!!

Uma bolsa Victor Hugo

Domingo passado discutiamos sobre o valor das coisas:
um sapato de R$800,00
uma blusa de R$590,00
uma bolsa de R$1.000,00, uma Victor Hugo. Alguém questiona os preços e lembro-me que eu tenho uma Victor Hugo, estava enconstada lá no fim do guardarroupa.
Ao chegar em casa, querem ver se é verdadeira, claro que é, eu sou lá mulher de comprar coisa falsa? (exceto uma blusinha da Lacoste, rs?).
Eles olham curiosos e comprovam: Sim, é uma bolsa Victor Hugo...dentro dela encontro textos de que já não me lembrava mais...postarei-os aqui, então:

15 de agosto de 2008 (escrito na sala dos professores)
"Não há mais fatos...
não há mais fotos...
não há mais'ficos'...

Estou só novamente...



Sexta-feira. Desde o início da tarde sinto sua presença. Presença essa que veio a partir da conversa com um mestre, um professor. A partir de então, sua presença fez-me companhia. Chegou, ficou e não mais saiu.
As salas de aula, as conversas estudantis, o reencontro, o CD que estava perdido, a visita à amiga, a ida ao pet shop, à padaria, nada fez-me esquecer dela, daquela presença arrebatadora. Afinal, hoje era o nosso dia! Não é mais! Porém, a natureza não se deu conta, nem o universo. Continuam a trazer você para mim.Fazem isso de tal forma, indelicadamente, estupram os meus pensamentos e colocam você ali, bem dentro de mim. Fazem isso de forma alinhada, como acontece os movimentos de rotação e translação, não há como parar.
O clima traz a nossa temperatura, o nosso cheiro. O percurso que faço, também foi fiel a nós dois; trouxe as memórias, os carros estacionados na nossa rua. Até o trânsito compareceu, ah o trânsito!
Bom, a noite já chegou trazendo você. Eu estou me arrumando, armando um plano para buscar-te. Os universitários estão ansiosos para deixar as carteiras, substituí-las por mesas de bar. Quando o fizerem, você estará comigo; eu esperarei você na primeira à esquerda, ao lado daquela árvore. Nada mais existirá, além de você em mim, além de eu em você!
As risadas, sorrisos e palavras já se fazem presente. Estavam com você!
Ligamos o carro e partimos em direção à nossa noite.
Ops.. o sonho acabou. Não somos mais juntos..não somos mais aqueles dois..Temos que avisar o tempo, pois ele inisiste em trazer-te até mim.
Já é sábado. Meio-dia. Compartilhamos nosso almoço sabatino.
Você parte, leva uma parte de mim.
Tchau, até mais. Até nunca mais.
É dia do índio, coincidentemente, você se vai para não voltar mais...
Mas o sonho acabou mesmo, estou sentada a esperar um idiota fracassado e infeliz acabar a aula dele. Onde estou com a cabeça???

Férias

É bom estar em férias...
poderia ser diferente, mas estou AMANDO assistir a filmes todos os dias, peincipalmente aqueles com Johnny Depp, admiração que tenho cultivado ultimamente. Também é legal poder ir visitar as amigas que colocam silicone, acompanhar outras ao cabeleireiro, passar roupas e rever amigos antigos que gostam de coisas ruins..= ( ou seriam boas? Rever amigos que mudaram de estado e estão aqui em SP para visitar os parentes.
Enfim, mais um ano se passou e muita coisa também.
Meu maior feito, graças a Deus e ao meu esforço e dedicação, foi a conclusão da faculdade. Isso sempre foi um grande sonho. Há outro a ser alcançado em 2010, além de trabalhar muuuito: morar fora do país. É muita coisa para organizar, grana, o lado psicológico, o choque cultural etc etc, Mas sonho é sonho e tem que ter sabor de mel e vitória. Não sei porquê escrevo sabor de mel, nem gosto disso, tem que ter sabor de leite condensado..hum...aí, sim.
Bjo...Estou sem paciência de ficar mandando belas e longas mensagens de Natal. Então, Feliz Natal e Feliz ano Novo, de verdade, viu?
Merry Christmas and Happy new Year!!!

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Secret window

Cuidado com as personagens que você cria; elas podem se voltar contra você!

sábado, 12 de dezembro de 2009

No puedo...

Por mais que eu queira, não posso encontrar.
É como se eu buscasse algo que pertencesse a someone else.
É como se eu buscasse algo que não foi feito pra mim.
É como se eu buscasse algo que não existisse para mim e , por isso, nunca poderei encontrá-lo.
Algumas pessoas dizem que existe, sim. No entanto eu duvido, duvido até o fim. Até que ele chegue ( se chegar). Um múscio me diz que não estou cética, estou óitica. Sim, estou.
É como o mendigo que vasculha o bolso à procura de um dólar.
É como o viúvo que toca a cama e os lençóis à procura de alguém que já partiu.
É como o cego que abre os olhos fervorosamente, mas nada vê.
É como Humberto que pensa: se seria Catarina ou Maria dos Remédios a mulher adúltera e não encontra resposta.
É como o analfabeto que busca ler um texto científico.
É como o desempregado que acorda cedo para ir trabalhar.

E eu, estou me preparando...me preparando para...?
I'm getting ready for no other...

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

11 de Dezembro.

Acabou!! ( Ou vai começar?)
Estou formada em Letras. Tudo feito e entregue: relatórios, TCC, provas e tudo o mais.
Hoje é sexta-feira. Consagrado o nosso dia, mas você faltou, causando dor em meu peito.
Pelo horário do almoço, dou uma aula sobre orações subordinadas e coordenadas...enquanto alguém, alegremente, ouve e canta um funk sem-vergonha. Tudo me lembra você.
Depois, vou ao banco para pagar o licenciamento do carro. Encontro meu primeiro sogro lá. Sempre elegante e animado, me faz lembrar da minha adolescência, do meu primeiro namoro, quando eu tinha apenas 13 aninhos..10 anos depois. Ai que saudade...Naquele tempo, sexta-feira era somente sexta-feira e namorado era apenas namorado. Eu ainda sentia muitos pasmos essenciais...hoje, já não os sinto mais.
Com o término da faculdade, começo a malhar, até que estou me dedicando...já perdi um quilo e me sinto mais..mais...sei lá.
Fico aqui ouvindo músicas que não me levam a lugar algum, não porque não são boas o suficiente para isso, mas porque EU não quero ir a lugar algum...
Quero ficar aqui, esperando alguém chegar...alguém que não vem me encontrar, mas, saudosamente, beija-me a face, com um beijo de Judas.

domingo, 29 de novembro de 2009

19 de Abril de 2008

Perdi alguma coisa que me era essencial, que já não me é mais. Não me é necessária, assim como se eu tivesse perdido uma terceira perna que até então me impossibilitava de andar, mas que fazia de mim um tripé (in) estável...

Dança...




Verdadeiramente a conversa só começou lá por volta de meia-noite, depois de bebermos umas doses de whisky. O mestrado, o casamento, a carreira, a anti-ética, boatos do pai de um ex-aluno, (boatos exprimindo mais os nossos desejos do que as realidades)alguns livros. O restaurante caro estava cheio, mas parecia não haver ninguém ao nosso redor.
-Foi a única coisa grandiosa da minha vida. Não porque me sentisse apaixonada, ele também não se apaixonara por mim. ( Descobrimos depois que era o amor que estava nos fazendo companhia há um certo tempo, talvez uns pares de horas já). Mas era bom, aquilo poderia ter prosegguido por muito tempo. E foi somente por dever que renunciamos. Por medo também.Bonito, heróico, hein?Ainda hoje me parece espantoso, um indivíduo como eu! mas é verdade! E o mais incrível é que nenhum de nós se sentia em pecado, compreendes? Eu ria ao ouvir a palavra pecado de um quase ex-futuro padre.
-Cansaram-se um do outro?
-Não, pelo contrário. E ficaram muitas coisas incompletas. Por exemplo, só ontem me lembrei que nunca cheguei lhe beijar os joelhos...

Também lembrei que a primeira vez que tive a certeza que o amara foi quando dançamos.
Aquela dança ao som de Chico Buarque... ou seria outro???


Aventuras...

...Porque os dois eram incapazes de se libertar peloamor, porque aceitava sucumbida o próprio medo de sofrer, sua incapacidade de conduzir-se além da fronteira da revolta.
Tudo o que é forma de vida procuro afastar.Tento isolar-me para encontrar a vida em si mesma.

Choro, choro... a saudade dói, mais que cólica renal.

A voz não aparece mais e o que resta é Bolor...tudo é bolor...

Os versos
que te digam
a pobreza que somos
o bolor
nas paredes
deste quarto deserto
os rostos a apagar-se
num frémito do espelho
e o leito desmanchado
o peito aberto
a que chamaste amor
(Carlos de Oliveira)

Meu peito ainda está aberto e sangra. Apesar disso, aprendi a estar sozinha. Humberto talvez esteja antecipando este blog em seu BOLOR, mas estou à frente dele. Ele escreve na tentativa de encher os momentos em que é obrigado a estar sozinho; eu escrevo porque sei e gosto de estar sozinha.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

TCC

Amigos,
é com muito alegria que venho convidá-los para a apresentação do meu TCC. Depois de um ano trabalhoso e muitas horas sem dormir, finalmente, concluo meu curso de graduação em Letras.É um momento único e sua presença será um presente para mim.Para os que estão longe, quero que saibam o quanto vocês são especiais e como eu gostaria de tê-los aqui.Para os que estão perto, adoraria ver vocês lá.O tema será na área de Linguística Aplicada; e o título: Escolhas Lexicais e Ideologia de Gênero em Revistas Femininas.A apresentação será no dia 01/12, terça-feira, Às 19h, no departamento de Ciências Sociais e Letras da UNITAU.
Um grande abraço a todos!

domingo, 25 de outubro de 2009

24 de Outubro.

- I love you...
- I love you too, honey ... (U2)

O trocadilho mais perfeito do mundo. É a luva que visto no momento...

U2 no You Tube

Simmmmmmmmmmmmmmmmmm....
hoje, Às 1h30, ao Vivo de Rose Bowl.
A melhor banda do mundo.
360° Tour.

Estarei lá!

Mas não há nada melhor que ouvir U2 nos braços do meu amor!

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Viagens e rotinas (Parte 2 )

Eu falava sobre Lygia Fagundes Telles e sua obra, Durante Aquele Estranho Chá, que tem me feito companhia ultimamente. Eu sempre soube que gostaria dela, sempre. A primeira vez que ouvi seu nome foi pela Juliana Lins, uma universitária da USP, que vinha esporadicamente para Taubaté, ao dentista. Eu, num stress total naquela época, vestibular, FUVEST, SOESP (local que eu trabalhava), uma gastrite recém-chegada, não pode procurá-la, naquele momento, não. Mas sabia que iria encontrá-la. E foi exatamente assim que ocorreu: primeiro ano de faculda, aula de Teoria Literária, Lygia surgiu convidativa em forma de um conto, apresentado pela professora de Teoria Literária, a mais chata também, VENHA VER O PÔR-DO-SOL. Eu fui e me apaixonei por cada linha, cada palavra da Lygia.
Hoje, já me sinto íntima e ao ler durante o chá, identifico-me a cada fonema usado, na verdade, eu me assusto, parece que sou eu quem escrevo, à essa tal de moda proustinana (ver Marcel Proust mais tarde).
Eu também acredito que não vamos até os livros e filmes; eles vêm até nós. Foi assim que aconteceu, numa segunda-feira de manhã, fria e cinzenta, eu vou à biblioteca com o Professor Antonio, buscamos por Vinícius de Moraes e Cecília Meireles. Mas Lygia chega antes e me convoca para esse chá... Algo estranho também ocorre: entra tantas prateleiras, o professor lança um elogio, diz que a biblioteca estadual está rica, repleta de romances preciosos e arrebata-me tirando Budapeste da prateleira...quanta coincidência!!! Lembrei-me de você nesse instante.
Estou tomando o chá e não quero que acabe, não...não é um chá Inglês, é brasileiríssimo e entre chás, entrelinhas e estrelinhas, vou me deliciando e ...

embora o passado não nos abandone nunca, não possa ser posto de lado, é uma roupa que não se veste mais. Também ouço elogios à velhice e sabemos que quem os faz, esse não pode mesmo amar a vida, não pode mesmo. E eu amo a vida e viver me faz bem e sei que um profeta de asas não tem mesmo nenhuma obrigação de acertar sempre (nem de errar sempre). Nenhuma obrigação de ser coerente nessa trajetória irregular. Por falar em passado, achamos que o Brasil se interessa muito pouco pelo seu próprio passado e Hilda Hilst afirma que fidelidade é coisa de cachorro e por isso passou grande fase de sua via entre eles, depois vieram os gatos. E você? Passou a maior fase de sua vida entre cachorros ou gatos? Eu? Sempre com os cachorros, mas os gatos sempre passam por nós, afinal, estão soltos por aí.
Fidelidade também me lembra amizade;e agora penso que o importante na amizade talvez seja apenas isso, um tem que achar graça no outro porque nessa bem-humorada ironia está o sal da vida. Quando essa graça desaparece é porque a amizade acabou. Já viu o fim de uma amizade? Eu já...não adianta colocar tempero e especiarias trazidas da Índia...já acabou!
Amizade também me lembra solidão, que às vezes me faz tão bem..mas é invitável a pergunta: Por que está só? Hum..talvezz porque eu não tenha capacidade de pensar em nada agora e vou copiar Freud: Afinal, o que querem as mulheres??? Alguém sabe? Para ser sincera, não sei e nem quero saber!!! (Com ênfase). Muitos dizem uma coisa para mulheres que querem ser letradas: quem quer mulher que sabe latim?ou Todo homem tem medo de mulher inteligente, minha filha.Sem saber, é claro, que ao seu modo, já dizi o poeta Baudelaire : Aimer des femmes intelligentes est un plaisir de pédéraste...(aham..) Também falam: você pode se casar mais tarde ( minha avó seeeeempre fala isso!), filha, ou não se casa nunca, e daí? A partir disso, exemplificam com a disciplina do amor. (mas o amor é disciplinado? desde quando??). Ainda sobre as mulheres inteligentes, eu não gosto das feministas de plantão, mas... sabe quem foi o primeiro a defender as mulheres?? Quem? Jesus! A começar por aquela pecadora que lhe lavou os pés e os enxugou com os cabelos; a mulher que seria apedrejada por adultério. E a quem Jesus apareceu pela primeira vez após a Ressurreição? Segundo o Evangelho de Mateus, foi para duas mulheres!!!
Mas por que escrevo sobre isso? Talvez pelo sonho..por ele é que vamos,por ele me movo; haja ou não frutos, é pelo sonho que vamos. Além do mais, o ser humano não tem explicação..
Machado de Assis chega com seus triângulos e seu ateísmo confesso. O chá está acabando, vou colocar mais água na chaleira.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Viagens e rotina.

Semana passada estive em Budapeste. Dancei, nadei, tinha uma maresia lá que me desagradou, mas o céu estava estrelado e valia a pena ficar sentado à beira do lago e da piscina observando a bela lua. O passado, somehow, se fez presente.
Este fim de semana estive na Irlanda. Também dancei e não encontrei o Bono Vox, somente um banho longo para restaurar esse corpo cansada que visto. De volta a Taubaté, ainda procuro um refrigéerio, mas Thiers diz que não há.
São coisas, pessoas fatos que nos levam até lá...onde é lá???
Engraçadamente, estão ligadas. Quem me levou a Budapeste, não me levaria também à Irlanda?
Mas o que mais tem me feito viajar nos últimos dias é um livro... "Durante aquele estranho chá", de Lygia Fagundes Telles, uma das minhas escritoras favoritas ( já citada aqui).
Devoro cada página enquanto tomo uma xícara de chá com ela. Estou feliz também, o Alex passou o filme Budapeste pra mim, quero ver se vale a pena...o livro é bom; não mais que isso, mas me apaixonei pela história. Ainda bem que só pela história. Aliás, essa coisa de paixão, sei lá viu..Estou cética e não acredito em nada disso mais ( e olha que eu tento e como tento!!!). E esse amor incondicional, que dizem ser de convivência; eu afirmo ( posso estar profundamente enganada, mas desconfio que não) que só existe amor incondicional se for o de Deus por nós e entre mães e filhos... quando existe o segundo, como acabei de escrever em um e-mail aí.
Agora estou aqui a trabalhar e a procurar uma música na net que não me sae da cabeça..já volto! Vou ao supermercado.
No matter what they say..Lei it go!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Preciso falar sobre uma missão impossível e Budapeste.
Volto depois...Preciso estudar para a prova de Literatura Brasileira agora.

Vinícius e Cecília me esperam.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Hoje...

Sabe aquele dia que você se sente feia, inútil, sem graça, sem vida, sem ânimo?
Hoje eu estou assim...e não vem falando que é por causa do clima que não é. Eu amo dia sem sol, cinzento e frio, como hoje.
Pela manhã, fiz uma prova na facul (contagem regressiva), acho que estorei em faltas em uma matéria e tivemos nosso café da manhã...muitas, muitas fotos. Alguns professores estiveram lá, mas não todos...ah, saudades.
Não almocei, fui ver minha mãe em casa e ela está feliz, ansiosa para suas bodas de prata.Estou feliz por ela também.

Ontem à noite aconteceu um negócio estranho, mas não sou tão criança mais para brincar assim. = (

Venho para a escola e trabalho na letra de uma música black que meus alunos pediram.
O dia está passando...me sinto sem sal nem açúcar.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Enquete

Hey, galera, está rolando uma enquete aí:

http://ocapacitor.uol.com.br/nota.php?ID=454


Cliquem e votem na melhor banda de todos os tempos: U2!!!
Ah, imagina só jogar Guitar Hero, versão especial do U2...ai, ai...

domingo, 20 de setembro de 2009

Banquete do amor (Feast of love)


Com um fundo musical de Vinícius de Moraes, Onde anda você, escrevo essa postagem.


Saio no início da noite, dirijo-me a uma locadora e deparo-me com o banquete do amor, que parecia sorrir para mim. Uma simples ligação confirma o fato, vou levá-lo. O slogan parece apetitoso, não para mim: Uma história para quem tem fome de amor. Parecia ser um filme bonitinho, romântico e levinho, mas não é. Ainda assim, decido por ele... baseado em um "novel", parece que o diretor se perdeu um pouco na adaptação do gênero (como sempre), mas vale a pena conferir.
Há uma história sobre os deuses gregos. Estavam entediados, então inventaram o homem. Mas continuaram entediados, então inventaram o amor. Assim, não se entediaram mais. Então, decidiram experimentar o amor. E, finalmente, inventaram a risada para conseguir tolerá-lo.

Uma história sobre as pessoas que conhecemos, o amor que encontramos (ou não), os riscos que conhecemos e as coisas que nos unem ( ou separam).
Tudo o que precisamos saber está a nossa frente e as nossas ilusões e expectativas sobre as pessoas podem nos cegar.
O filme nos questiona e traz duas fortes mensagens:
Você acha que o amor é uma farsa ou é o único significado que existe para esse sonho louco?
Sabemos o quão perigoso é, demasiadamente perigoso, porém quando sentimos isso já é tarde demais e já estamos lá.
Não se pode culpar ninguém por não te amar.


Tudo isso conduzido pelo único Morgan Freeman, que juntamente a um grupo de amigos, discute as várias facetas, mágicas e mistérios do amor. Com certeza um filme que agrada muito com a ótima atuação de Freeman, que mais uma vez não decepciona. O filme conta várias histórias, que acabam se encontrando e formando um bom filme.


"Se a vida não sorrir para você...




é porque você não merece!!!



Rsrsrs.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Birthdays...

Setembro é o mês dos aniversários..indubitavelmente.
Sábado, eu filosofava sobre a razão de tantas pessoas terem nascidos neste mês primaveril, embora chova fortemente lá fora e pareça noite (são apenas 16h30 da tarde de uma terça-feira que sucede o feriado da Independência do país. Será mesmo???Não sei, fica para uma outra hora).
Marcela e Marcos concluem que o mês das festas "inspiram" as pessoas a ter filhos, férias, verão, praia, sol, enfim...Pode ser verdade.
O mês abre com o aniversário da minha mãe, depois vem o João da FERNANDA (RS), a Mariane, o Beto, o Tio Célio, a Fernanda do JOÃO, a Laura, o Jaércio e hoje, dia 08, a Ne. não pense que paramos por aqui, o mês mal começou e eu já devo ter engordado uns 3 kilos só de comer bolo de aniversário = /
A Ne é a irmã que eu queria ter, sempre quis. 7 anos de espera me levaram a ela, que hoje completa 16 anos...Já???!!!! Já!!
Eu a amo demais, embora ela insista em me chamar de malandrona ( que absurdo!).
Parabéns, Ne!!! Vai tomar banho quente logo, senão vai ficar doente de andar de moto na chuva!


Part 2
Dia 10, temos meu primo Everton (que decidiu casar em Novembro), também a Milaine. Dia 17, a Loreta (saudades imensas).
Dia 18, tem a Dani, que trabalha comigo. Dia 19, Vó Irene, Dia 22, Papis ( que está bravíssimo comigo, só porque pedi para que matasse uma barata pra mim, tudo bem eu o amo assim mesmo).
HOJE eu acho que preciso de um psicólogo. = /

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Confiabilidade e Santidade

A Confiabilidade é uma característica daquele que confia incondicionalmente, que não olha as circunstâncias, as adversidades, nem ouve a opinião dos outros; mas simplesmente confia. Não confia por falta de opção ou oportunidade, mas porque sabe que não haverá falhas.
Já a santidade, ao contrário do que MUUUUUUUITA gente pensa, não é sinônimo de ser "santarrão", nem de ter vida chata, monótoma, sem graça; longe disso. Mas, sim, é sinônimo de separação, separado para determinada função, para ter uma vida diferente daquela que a sociedade, a mídia, o mundo padroniza. Ter santidade é ter caráter em todas as situações, não se omitir, e isso exige coragem, muita coragem.
Confiabilidade e santidade, é o que quero para minha vida.
E você? Você tem coragem?

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Falar é bom -Calar é melhor.
Pensar é necessário - Intuir é suficiente.

Diálogo Infantil

- Hey, Davi, how are you? - pergunta a teacher.

- Ah, teacher, hoje eu não tô fine, não -responde o garotinho.

- Really, why not, Davi? -pergunta novamente a teacher, com certa preocupação na voz.

- Porque tinha um cataparro nas minhas costas - responde ele, coçando o local.


Ah, as crianças me fantasticam!

O Senhor dos Anéis


Quem não se impressionou ao assistir à Trilogia do Senhor dos Anéis?

- Eu! - Por incrível que pareça, eu não gostei. O Ale falou que ia dar um jeito nisso, o Vi até tentou, o Júnior me persuadiu e nada. Sei que há alusões bíblicas e tudo o mais, mas NÃO GOSTEI e pronto!
Mas uma coisa eu tenho que admitir, ri várias vezes da piadinha...my precious do Sméagol...Sempre brinco com isso e acredito que acabei caindo na armadilha.

Tudo começou quando o Marcelo me chamou para a formatura dele, há 3 anos. Comprei um belo vestido e um anel lindo para combinar, lindíssimo, que eu sempre usei no dedo médio da mão direita. Como era lindo, todos elogiavam o brilho dele; e ele se tornou "my precious".
Ah, ironia do destino...eu que sempre quis distância desse Senhor dos Anéis, me tornei a Senhorita dos Anéis.
Em um frio domingo, me vesti para sair, maquiagem e, claro, o anel.Ao chegar, fiquei horas em frente ao computador. O anel começou a apertar ou o meu dedo começou a inchar e não saía. Depois eu tento - pensei.Quando resolvi dormir, já passava da 1h30 da madruga e, para meu desespero, o ANEL NÃO SAÍA MESMO! Passei sabonete, creme, detergente e NADA!!! O dedo foi inchando, ficando roxo..e doía, latejava...chamei a mamis. Tenta daqui, tenta de lá e NADA! Ai que dor. Vamos para o hospital, o alicate não é bom o suficiente para cortar o material; sou encaminhada para o corpo de bombeiros, mas...adivinha: NÃO HÁ BOMBEIROS EM TREMEMBÉ! ISSO MESMO, gente, cuidado com o fogo, porque demora para vir de Taubaté, rs.Dirijo com o anel no dedo até lá.Ao chegar, os caras ficaram competindo para ver quem ia pegar na minha mão, rs...pega daqui, pega dali, tá..mas e o anel, vai sair ou não? To ficando nervosa já!!!
Para minha 'alegria', o alicate de lá estava sem corte e a serra elétrica, por sua vez, arrancaria minha mão. Tentaram tirar com um fio dental e isso só machucou ainda mais meu dedo, ai caramba..que fim vai ter isso??? Para que o anel saísse, ficaram dezenas de minutos serrando o tal anel com uma lima... doeu muito, apertava, faltava até ar.

Mas, finalmente saiu... junto a isso, lágrimas rolaram..muitas.Eu me senti uma criança..e o choro foi de alívio, muito alívio. Acho que nunca mais usarei anéis.
A peripécia rendeu muitas piadas, risos e o apelido, que eu tanto ironizei.
Acho que vou assistir à trilogia qualquer dia desses...

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

I'm lovin' it


Tá, eu sei que esse é o slogan do McShit..ops..Mc Donalds, mas não tem nada a ver.

Conversas e mais conversas...domingo à noite.

Ah, como eu amo tudo isso...adoro conversar, falar e falar. Com muito conteúdo, é claro.

Faz frio, a rua está vazia, mas as palavras aquecem...

aquecem a alma.





P.S. Que fique muito, muito claro que eu ODEIO Mc' Donalds.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

News...

Sexta-feira, acordo às 06h10. Levo minha mãe para o trabalho e volto para casa.
Faço minha oração, arrumo minha cama, tomo um iogurte com bolacha de centeio. Ligo o rádio para ouvir a notícias do dia; como todo brasileiro, tenho a esperança de ouvir uma boa notícia. A gripe dominante, o Senado, recordes são quebrados, os filhos de Michael Jackson, um tal de Vasconcelos é citado repetidamente...Vasconcelos...Vasconcelos...até ecoa, mas os ecos nada de bom anunciam. Desligo o rádio, troco de roupas, arrumo meus livros e saio para a Universidade. Ao estacionar, olho o carro ao lado, é a Catarina..ah quanta saudade. Trocamos um forte abraço e logo vem a notícia, a melhor notícia! A mais inesperada e a mais desejada! Não veio do rádio, mas da amiga. Minhas pernas fraquejaram, estavam bambas, lágrimas saltaram dos olhos, fui dominada por uma forte emoção. Em 22 anos, nunca tive essa sensação. Mas tenho que me conter, 4 aulas de Literatura Portuguesa esperam por mim.

A novidade lembra-me que há um tempo determinado para tudo embaixo dos céus. Esse tempo está chegando, eu sei!

Mas há uma pergunta que não quer calar: Existe coincidência? O que você pensa sobre isso?

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Senhor dos Anéis

Não perca! Em breve a Senhorita dos Anéis.

I'm getting ready

I am getting ready for my lover cause he is coming home to me tomorrow night and I want you to know that I am getting ready for no other. He is the sunshine, the moonlight of my life, he has never had to disappoint me that's why he was the sweetest thing, the neatest thing in my life. So I am getting ready for my lover, he is the sunshine, the moonlight of my life and it's only fair that you'd be there with me and hold my hand tightly. I remember sweetness in my childhood, furthermore it was the sweetest time cause the world was mine understood and I also remember sweetness in my mother. She did the best she could, she always would for us.

Mom's birthday is coming soon and I love you!!!

Watering...going deeper




Semana passada estive na praia; o mar estava agitado e isso muito me assusta. Embora considere o mar uma das obras-primas da Criação, aprecio do lado de fora. Também não sei nadar.
Começam, então, a brincar comigo, a jogar água e me chamar para entrar cada vez mais, mais e mais..as ondas estão fortes e quase me derrubam por várias vezes. Me chamam para ir cada vez mais fundo. De repente, não temo mais e mergulho. Porque sei que...
Existem águas que dão nos artelhos;
Existem águas que não nos joelhos;
Existem águas que dão nos lombos;
Mas tem águas mais fundas, eu sei.


Águas profundas ou nada.
Águas profundas ou o deserto.
Águas profundas ou o seco.
Águas profundas ou NADA!!!

Original of the species (Part 2)

Atendendo a pedidos, (do Wilsinho especialmente, rs) volto a falar sobre essa linda canção; como se isso fosse um grande sacrifício, não?
A música não é lá da mais populares do U2; sua mensagem uma das mais profundas. Quando a ouço eu sinto um misto de amor, tristeza, solidão, paz e alegria. Somente uma banda dessa magnitude para provocar tudo isso com uma simples (não tão simples) letra.
Enquanto escrevo eu ouço "In the end", não, não é do U2, mas me faz lembrar o Gui e todo um desafio que a vida traz a cada brisa de segundo. Me leva para a Irlanda, Índia, Japão, Australia, EUA e até a malfadada Argentina.
Vamos à tradução...

Meu bem, calma aí
O fim não é tão divertido como o começo
Por favor permaneça uma criança em algum lugar no seu coração
Eu te darei tudo que você quiser
Exceto aquilo que você quer
Você é o primeiro do seu tipo
E você sente como ninguém antes
Você rouba bem debaixo de minha porta
E me ajoelho porque te quero um pouco mais
Eu quero muito do que você tem
E não quero nada que você não seja
Todo lugar que você vai você grita
Não precisa ter vergonha disso

Em algumas coisas você não deve ficar tão bom
Como em sorrir, em chorar e em celebridades
Algumas pessoas se tornam muito confiantes, meu bem

Eu te darei tudo que você quiser
Exceto aquilo que você quer
Você é a primeiro do seu tipo
E você sente como ninguém antes
Você rouba bem debaixo de minha porta
E me ajoelho porque te quero um pouco mais
Eu quero muito do que você tem
E não quero nada que você não seja

Todo lugar que você vai você grita
Não precisa ter vergonha disso, não
E você nunca estará sozinha
Vamos, mostre sua alma
Você tem mantido seu amor sob controle

Todo lugar que você vai você grita
Não precisa ter vergonha disso, não
Todo lugar que você vai você grita
E você sente como ninguém antes
Você rouba bem debaixo de minha porta
E me ajoelho porque te quero um pouco mais
Te quero um pouco mais, te quero um pouco mais...


É isso aí...

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Deus, preciso de Ti.
Cada vez mais...um segundo é muito tempo longe de Ti.

Graças dou...pois não posso deixar que sigas sem me perceber.

Original of the species


Going home I realized that this is one of my favorite lyrics. U2, always!


Baby slow down
The end is not as fun as the start
Please stay a child somewhere in your heart

I'll give you everything you want
Except the thing that you want
You are the first one of your kind

And you feel like no-one before
You steal right under my door
And I kneel cos I want you some more
I want the lot of what you got
And I want nothing that you're not

Everywhere you go you shout it
You don't have to be shy about it

Some things you shouldn't get too good at
Like smiling, crying and celebrity
Some people got way too much confidence baby

I'll give you everything you want
Except the thing that you want
You are the first one of your kind

And you feel like no-one before
You steal right under my door
I kneel cos I want you some more
I want the lot of what you got
And I want nothing that you're not

Everywhere you go you shout it
You don't have to be shy about it, no
And you'll never be alone
Come on now show your soul
You've been keeping your love under control

Everywhere you go you shout it
You don't have to be shy about it

Everywhere you go you shout it
Oh my my

And you feel like no-one before
You steal right under my door
I kneel cos I want you some more
I want you some more, I want you some more

Fim de semana

Vou à manicure, vou às compras à tarde, supermercado, crédito no celular, shampoo, gasolina, pneus etc.
Sexta-feira, níver da Paula (amiga desde os 7 anos de idade), ela tem uma história muito louca para ser contada num outro encontro.
Antes de ir para casa dela, passo para ver a Mari, japinha, de cabelos curtos!!!OMG!
Durante a reunião, um tolo acredita ter descoberto a América e o motivo pelo qual estou sozinha. Já dizia o Sábio que quem fala muito diz bobagens. Pura verdade!
Sábado: praia, caminhadas, mar, sol..precisava disso. Um banho de mar com os amigos e ufa..saio relaxada, apesar das ondas que quase arrastam a gente pra fora do mar, rs. O domingo chega trazendo o sol e belas ondas...pena que não sei nadar. O Alex quer surfar, a Fer quer jogar frescobol. A gente ri e se diverte.

Na volta, na serra, eu ouço aquela canção. Adriana Calcanhoto diz que... "você vai ver, você vai ver, um dia desses eu me caso com você"

Uma simples ligação na rádio Band Vale estremece tudo e me questiono: será mera coincidência mesmo? Quando acho que partiu... o vulcão entra em erupção novamente...

Existem vulcões em Ubatuba? rs..acho que não!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Roller and Roller

Terça-feira..

Dia normal.
Estou dirigindo para o trabalho quando me deparo com uma menina andando de roller, na calçada, ali perto do Sítio do Pica-Pau Amarelo. Aquela cena levou-me direto para minha infância...
Eu tinha uns 8 anos, tinha um par de patins velhos, daqueles que se usavam com tênis. No começo eu não podia andar na rua, só em casa, havia bastante espaço, mas o barulho das rodas no cimento eram atormentadoras.
Eu queria um roller, todo mundo tinha e era muito mais gostoso de andar. Infelizmente custava caro e, naquele momento, meus pais não podiam comprar. Eu entendia.
Uma tarde, estava na casa dos meus primos, que são também vizinhos, quando ouvi minha mãe chamar. Fui correndo ver o que ela queria, entrei no meu quarto e lá estava um embrulho enorme, vermelho, maravilhoso!!! Era meu roller!!! Até chorei de emoção e alegria..eu não esperava. Era azul, rosa e preto, rodinhas de gel. Perfeito.
E mais...agora eu já tinha permissão para andar na rua, nas avenidas e nas pistas de patins. Aquilo me deixava mais do que feliz.
Sweet childhood memories.

domingo, 2 de agosto de 2009

The first of August.

Ju's birthday!!!
I've already mentioned her before.One of my best friends and sister souls.
The semester begins now and I run out of time to see her today.
Paula calls me and I drop by. I also love her...another sister soul.
Do I have many? I don't think so...
I got to know her new place...nice one! Z, please look after her, I warn him before I leave. He says he will try, at least try.
The semester is about to come...over and over.
The same class and they are happy, so am I ( I think so),Yeah, I've been really happy lately. Listening to walking in the air makes me feeel so far away from this kingdom and drives me to a unknown place that I do enjoy.
Julio and Gui are still around...Ma's gone..heading to Africa, CapeTown..have fun honey!
Back home, Fer calls me and we go to an amusement park, what a surprise...Thank you for the good moments you provided me with! May Holy Father bless you.
(Un)Fortunately, the past sorrounds me, memories are still alive and I feel flabbergasted. Earth-shattering memories!!! Dear God!

Sunday morning embraces me, the sun is shining and the grass is green, birds are singing in harmony, thank YOU for my brand new life..I'm like a celtic woman now and I talk about the origin of life and my Loved Creator.It gives me a real buzz, oh man! You can't feel it! No? You should try it...Unforgettable and consuming fire that speaks through me.


Good day, It's August 2 already.



Family reunion is always great...Laughs at loud as well.
I'm full...I've eaten so much...
My wage is over and I cannot go to the place I was entitled to, gee.
Calm down, I have r$4,00.. gotta go, Vivian.



Happy Birthday, August people!

quinta-feira, 30 de julho de 2009

NÃO!!!

Não, não há uma só vez que eu ouça esta música e não desmanche em lágrimas."Confiar em Ti", By Paulo Baruk:

Pode ser que o sol
Pela manhã não volte a aparecer
Pode ser que talvez
Esqueçam o que eu realizei
Porém eu não perderei a fé
Nem deixarei

De confiar em Ti
Confiar em Ti
De joelhos em amor eu vou viver
Milagres ocorrem quando...
De joelhos estou

Pode ser que a dor
Um dia se transforme em amor
Pode ser, que afinal
Ao invés de angústia
Tudo seja paz
E quando o bem vencer o mal
Não deixarei...

De confiar em Ti
Confiar em Ti
De joelhos em amor eu vou viver
Milagres ocorrem quando...
De joelhos estou.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Rei...


No começo, ninguém foi com a cara dele.
Um asshole até disse que para fazer amizade com ele, só na base do fight. Que absurdo!
Com seu jeitão estranho de ser, ele me conquistou. Com seus óculos escuros de aviador, tentava esconder seu olhar, mas eu o vi...vi os seus olhos além daquelas lentes, grandes lentes.
Nossa primeira conversa foi assim:
Ele: - Ontem dormi com meu ex.
Eu: Dormiu com seu ex???


E tudo começou aí.
No início era Ronaldo daqui, Ronaldo de lá. Depois virou Reinaldo e por fim Rei.
Ah, surgiu também King Naldo e isso a fez rir e rir.

Momentos de altos e baixos vieram, ligações em meio a choros também não faltaram. E assim a amizade surgiu. Ela queria sempre cuidar, sempre preocupada.
O interessante é que um misto de afinidades e a ausência delas os aproximaram.
Ele sempre amou cinema, ela gostava.
O dia que ele entrou na sala com "Alice" em mãos ela sentiu seu coração quase ser arrebatado, mas voltou, afinal class plans os esperavam.
Rei sempre usava camisetas pretas ( a do Edward mãos de tesoura era a melhor!), tinha umas características muito, muito peculiares: seus pés grandes, isso mesmo 48. E um senso de humor que surpreendia até a big boss. Ela Morreu de rir quando ele disse que a chefe havia trazido uns colombianos falsificados para a sala ambiente de espanhol, e o pior é que ela também.

Um pouco antes de partir, fatos ruins os afastaram um pouco, viam-se 2 vezes por semana e conversavam menos. Algumas outras "amizades surgiram"...parece que ficou tudo nublado.
Um ano passou rápido e ele foi...foi para o Sul viver! Viver aquilo que não podia aqui. Foi com seu amor, que tocava viola. Ela também rira disso, aliás, ela ria de tudo...menina boba!
Ele está lá, ela aqui. Ambos escrevem incansavelmente. Ele, sobre o Magnífico Tim Burton; ela, sua monografia de TCC.

O que os une hoje é a grande amizade e amor que têm um pelo outro, linhas de e-mails também...linhas que não se desencontrarão pela vida.
Planejam ver Alice juntos...mas só em 2010.
Há pessoas que vêm e vão...outras ficam. Rei, você ficou!

O sol voltou a brilhar!

Miss ya!

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Alice in Wonderland by Tim Burton

"There is a place
like no place on Earth.
A land full of wonder,
mistery and danger.
Some say to survive it
you need to be
as mad as a hatter
which luckily, I am.

- Alice, you are terribly late, you know,naughty.

You've got a very important date."

Alice in Wonderland.




Desnecessário revelar minha paixão por coisas sinistras e bizarras, como Agatha Christie, Edgar Allan Poe e o mais contemporâneo Tim Burton.

Surfando na net, deparo com uma das notícias que mais me balançou:
TIM BURTON ESTÁ TRABALHANDO EM ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS.

Sem dúvida alguma, produção que será um sucesso. Contando (para não fugir da regra) com o maravilhoso Johnny Depp e uma Alice crescida, prestes a ser pedida em casamento, a aventura mais do que promete! Lançamento: Março de 2010, Brasil: Abril.
Essa espero será longa; por enquanto, quero ver Inimigos Públicos, no qual Depp também está, sem o Tim.

Ao ver o trailer do clássico, um arrepio a cada cena. Alice está em mim, eu estou nela. Carrol toca minha alma. Espero que sejas sensível para sentir Alice também.
Seja no país das maravilhas, seja através do espelho.

http://www.youtube.com/watch?v=LjMkNrX60mA

Romanos...os 12.


A semana que passou foi tranquila.
Tranquila e composta por Romanos 12.
A Jovem segunda foi rejuvenescedora.
Durante a semana, os 12 estavam lá, sempre. Eu não entendia e eles persistiam.
Sábado à noite, as coisas começam a fazer mais sentido.Comentários me irritam e machucam. Sempre os comentários infelizes. Ah, Senhor...dai-me paciência...

Soube do Felipe Massa. Conforto a mim mesma: ele vai ficar bem!
A Paula está na casa nova...ah, amiga, seja feliz!

Sou acordada pela chuva no domingo de manhã, resolvo dormir mais 5 minutos, mas esse aparelho de celular não desperta novamente, tenho que reprogramar e não o faço.
Acordo às 9h10, puxa...já estou atrasada para o meu encontro matinal...arrumo-me rapidamente e chego lá.

Eu ainda não sabia com quem me encontraria, mas sabia que o Criador estaria lá..já havia preparado um dia novo para mim e eles vêm ao meu encontro:


ROMANOS 12.



Agora sim, tudo faz sentido!

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Este é o presidente do Brasil!

"Como não sou um cara muito letrado, eu não proíbo as coisas. Qualquer boa idéia, eu aceito", diz Lula.


Será que o Vale Cultura vai sair???


Sei não...

quinta-feira, 23 de julho de 2009

I.

I have been bitting off more than I could chew.
That's me today.

terça-feira, 21 de julho de 2009

digiatnado...digitando.

Estou aqui a digitar, ler e reler minha monografia e aqueles olhos puxados não saem da cabeça.
Oh, meu Deus, por quê???

Adoro olhinhos puxados!

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Versos Íntimos


Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável!


Acostuma-te à lama que te espera!
O Homem, que, nesta terra miserável,
Mora, entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera.


Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.


Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!


Augusto dos Anjos

São Paulo

São Paulo! Comoção de minha vida...

Os meus amores são flores feitas de original...

Arlequinal!... Traje de losangos... Cinza e ouro...

Luz e bruma... Forno e inverno morno...

Elegâncias sutis sem escândalos, sem ciúmes...

Perfumes de Paris... Arys!

Bofetadas líricas no Trianon... Algodoal!...



São Paulo! Comoção de minha vida...

Galicismo a berrar nos desertos da América!


Mario de Andrade

É possível tirar férias das pessoas?

Só para ratificar, continuo enjoada...
Cansada da falsidade e sujeira que compõem as pessoas.

Estou cansada de gente que quer cuidar da minha vida.
A TV está ligada do outro lado da sala e passa um programa ridículo chamado "Cory na casa branca." Sinto ânsia da tv brasileira.

Algo que me anima é saber que o maravilhoso e sinistro Tim Burton está trabalhando em Alice, a doce Alice.Um ano de espera que vai valer a pena.
Algo que me desespera é saber que os cinemas do Vale do Paraíba não exibiram e não exibirão "Budapeste".

Tiro um fim de semana prolongado de férias e surgem as cobranças..
"VOCÊ NÃO VEIO, SENTI SUA FALTA" Sentiu minha falta o caramba.

hey, você não tem o que fazer, não?

Mas e aí? É possível tirar férias das pessoas?

sábado, 4 de julho de 2009

]]]]]] pessoa ]]]]]]]

Hoje senti-me como Pessoa.
Pessoa não quis se encontrar com Cecília,
os astros não permitiram.
Eu não quis encontrar-me com você nem com ninguém.

A festa estava chata,
todos dançavam a quadrilha de Drummond.
Um amor de perdição me perturba
Não me deixa em paz.

Vou-me embora sem dizer adeus.
Essa é a melhor despedida.

Sinais (2) O rosto

Ela não consegue se concentrar, enfrenta o trânsito ainda pensando na forma do rosto.
Observa os transeuntes e um cidadão de óculos e cabelos escuros lembra aqueles traços que, além de familiares, traziam tanto amor...tanto amor,quanto amor.
Insiste em imaginar como seria o rosto daquele com o qual ela dividirá casa, cama, dinheiro vida e terá filhos.
Não! A mesma velha memória chega.Ela tenta apagar o arquivo e buscar outro rosto, mas nada vem.Sabe que somente ele seria o homem com o qual ela se dividiria, somente ele a preencheria, ele, somente ele e mais ninguém.
Acha que foi uma memória onírica e balança a cabeça de forma a negar a si mesma uma verdade.Atenção, o sinal vai abrir.
Existe ele, o homem que poderia ser o seu 'someone', 'scene', que a protegeria de tudo que já houvesse visto.
Não, é impossível, mais uma vez se vê a sonhar.Mas seu coração ardente diz: não é impossível, ele ainda habita seu ser.
Desacreditada e infeliz, apoia a cabeça no volante, olha mais uma vez para fora do carro, para a rua movimentada que a cerca.Sente-se protegida lá dentro.Olha para baixo, quer chorar.
De repente, sente o ímpeto de olhar para fora novamente e encontra-se diante do rosto que havia tentado concatenar e fugir (em vão) há alguns minutos.
Está ali, passa na calçada, é real.É o seu rosto, meu amor, minha alma!Você está aqui!
Ela buzina, acena, tira os óculos de sol e oferece seu melhor sorriso.
O rosto retribue e se vai, enquanto fala ao celular com o tio.


Somos nós. Longe e perto, assim, assim.É sempre assim, mas não será sempre.

Ainda amo-te.

Sinais

Ela vai ao supermercdo fazer suas compras.Em sua lista estão pães integrais, iogurte light, leite desnatado e frutas, muitas frutas.
Encontra André e faz uma piada sobre casamento e vida de 'housewife'.
Ela sente-se bem diante do que sente.Parece redundante, mas é verdade.
Dirige-se ao caixa rápido, que permite até 10 volumes, ela passa com 13.Tudo bem, isso é Brasil.
Enquanto aguarda na fila, folheia revistas sobre viagens e negócios.
O encontro com o colega, leva-a a refletir sobre compras domésticas, família e casamento.Começa a sonhar.Pensa em um dia casar-se, consituir família e ter filhos, filhos...
O desenho do rosto desse futuro começa a ser esboçado em sua mente, mas não se concatena...


Be continued...

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Acho que estou..

sofrendo de solopsismo.
Parece que sim, às vezes parece que não.
Mas estou sofrendo de algum mal, ah isso estou...

O que tu és

És aquela que tudo entristece,
Irrita a amargura, tuda humilha;
Aquela a quem a Mágoa chamou filha;
A que aos homens e a Deus nada merece.

Aquela que o sol claro entenebrece,
A que nem sabe a estrada que ora trilha,
Que nem um lindo amor de maravilha
Sequer deslumbra, e ilumina, e aquece!

Mar Morto sem marés nem ondas largas,
A rastejar no chão, como as mendigas,
Todo feito de lágrimas amargas!

És ano que não teve Primavera…
Ah! Não seres como as outras raparigas
Ó Princesa Encantada da Quimera!…




'Princesa'.

Fanatismo

Fanatismo

Minhálma, de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver!
Não és sequer razão do meu viver,
Pois que tu és já toda a minha vida!

Não vejo nada assim enlouquecida...
Passo no mundo, meu amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida!

"Tudo no mundo é frágil, tudo passa..."
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim!

E, olhos postos em ti, digo de rastros:
"Ah! Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus: Princípio e Fim!..."

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Bovarismo




Hoje eu quero sair só.
Quero estar só.
O mundo me confunde, não sei mais o que é sonho.
Somente sei que existem o modelo desejado e o desejante.Sou o desejante, é claro.Tenho um modelo a ser imitado, modelo esse que não é ir para Paris. É ficar aqui dentro, sozinha.
Tenho a necessidade psicológica de me tornar consciente da minha própria ação, mas não consigo.Estou inconsciente..There is nobody to bring me round!
Estou enfadada dessa monotomia cinzenta; abro os olhos e vejo o arco-íris.
Abandono o médico, nego a mim mesma para tornar-me dama, grande dama.
Danço um tango argentino na pequena Lisboa atrasada.
Encontro Pessoa em um bar, bebo uma cerveja com ele, enquanto ele me conta sobre Alberto Caieiro.

sábado, 20 de junho de 2009

Sim.

Estou morrendo.
Morrendo de saudades de você.
Acho até que gostei de você.
Saudade das nossas músicas, do seu riso, da sua alegria que me contagiava nos piores dias, do seu interesse por mim e por tudo que me constitue, do seu cherio e companhia.
Mas o sonho acabou, acordo e encontro a realidade, que chega como criança com brilho nos olhos, e depois...ah depois, somos somente vileza e desgraça.

Sim.Estou, sou, quero, sinto.


Sim.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Lá vem ela...denovo

É, parece que sim.Tive minha primeira TPM há um mês. Este mês, a segunda.
Esse mal me pegou e sofro dele, sim!E como sofro!
Dá tudo errrado, tento ligar e fazer uma negociação em vão.
Continuo a sonhar com o marido da minha amiga..ai que saco!
Zeca Baleiro está cantando...
O Músico me liga no meio da tarde, não pude atender.
O cidadão casou. O candidato é gay.
O discurso não me deixa dormir.
Sonhei que ia casar.
Preciso estudar para as provas.
Comi um quilo de Sucrilhos.
A leitura está atrasada.
Romeu e Julieta está tocando e lágrimas me fazem companhia.


Sinto saudades do último segundo.
Vou morrer.





Todos irão.
Morrerei/ás/á/remos/rão/reis...

Reis também morrem, não há outra forma.Desde que se nasce está a morrer, cada vez mais rapidamente, cada vez mais dolorosamente, até sangrar.
Viver é perigoso, já dizia Guimarães Rosa.
E o que diria você? "Não me deixe só?" ou "Estou com medo?"

O que você diria? Ou prefere viver?
Lembre-se que é perigoso, não há seguros aqui.


A criança diz: NÃO ME DEIXE SÓ, EU TENHO MEDO DO ESCURO...

Pesadelo

O quadro negro anunciara sua volta!!!

Sim, ele está lá!

terça-feira, 16 de junho de 2009

Uhu!

Estou esperando a vinda do meu momento
Estou esperando o filme começar
Estou esperando uma revelação
Estou esperando por alguém pra me incluir

Porque agora só vejo meus sonhos, em tudo que toco
Sinto a mão fria deles, em tudo que amo
Frio como algum magnífico horizonte
Fora do meu alcance mas agora sempre no meu olhar

Nós estamos desmoronando
Nós estamos girando em espiral
Amarrados ao chão
Nós estamos girando em espiral

Te vesti de jóias e pedras
Eu te fiz na imagem de mim mesmo
Eu dei tudo que você queria
Assim você nunca saberia de mais nada

Mas toda vez que tento te pegar, você escapa entre meus dedos
Até a fria luz do sol, rindo das coisas
Que eu havia planejado, o mapa do meu mundo fica
menor enquanto eu sento aqui, puxando essas linhas soltas agora

Nós estamos desmoronando
Nós estamos girando em espiral
Amarrados ao chão
Nós estamos girando em espiral

Você queria ser um vencedor?
Você queria ser um ícone?
Você queria ser famoso?
Você queria ser o presidente?
Você queria começar uma Guerra?
Você queria ter uma família?
Você queria estar apaixonado?
Você queria estar apaixonado?

Quando nos apaixonamos
Estamos apenas
Apaixonados por nós mesmos
Nós estamos girando em espiral
Nós estamos desmoronando
Nós estamos girando em espiral
Amarrados ao chão
Nós estamos girando em espiral

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Atualizações. (Will you dazzle me??)

O Murilo se foi... Ah que triste!No último dia dele conosco em Tremembé ele descobriu que eu também faço Letras.
Deixou uma saudade grande. Engraçado como pessoas que ficam tão pouco tempo por perto deixam uma saudade tão grande.

Também tive minha primeira TPM em 22 anos!!! Que coisa horrível, descobri que eu era feliz e não sabia, o que me deixa feliz é ir para o trabalho em plena segunda-feira ouvindo U2, No line on the horizon.


Estou viciada em cinema!!! Os dois últimos no cinema foram Angels and Demons: gostei sim, belas imagens, mas esquecível.Prefiro a primeira obra de Dan brown adaptada para o cinema, O código da Vinci.Assisti com amigos.
Já DIVÃ, com Lilia Cabral está imperdível!Se quer rir um pouco e ao mesmo tempo para refletir, essa é a indicação certa.É uma versão do livro que também foi adaptada ao cinema e ficou show.Fui com a Lucy, minha amiga inglesa.

Também fiz uma sessão 007 com o pessoal. Casino Royale está ótimo, com sua Poker Face, James Bond dá um show de sarcasmo, ação e tuudo o mais.
A melhor cena é aquela que Le Chifre o tortura. Bond está nu, amarrado em uma cadeira e não cede at all. On the contrary, he keeps on egging him on.
Amazing scene!!! You can't miss it!

Voltando ao Divã, a paciente em algum momento diz:
"TODOS PASSAM A VIDA INTEIRA PROCURANDO A METADE DA LARANJA.
MAS, PELO AMOR DE DEUS, QUEM QUER SER UMA LARANJA NA VIDA???"

Óteeeeema!

A Dor Tem um Elemento de Vazio

A Dor - tem um Elemento de Vazio -
Não se consegue lembrar
De quando começou - ou se houve
Um tempo em que não existiu -

Não tem Futuro - para lá de si própria -
O seu Infinito contém
O seu Passado - iluminado para aperceber
Novas Épocas - de Dor.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Temas pendentes

TPM,U2, Murilo, Angels and Demons, Divã, Metade da laranja, segunda-feira, Lucy...


"Ninguém motiva ninguém; ninguém se motiva sozinho."

domingo, 17 de maio de 2009

Quadrilha


A primeira vez que Mariana viu esse poema de Drummond ela sabia que algum dia seria útil. Assim como a primeira vez que viu Roni, gostou dele imediatamente.Mas não foi aquele gostar de paixão, foi um gostar diferente. Gostou da pessoa dele, ele chegara fazendo piadas e provocando risos em todos, distribuindo simpatia e charme.
Mas ela nunca teria chance com ele, era pobre demais, pobre mesmo; e ele, além de charme e simpatia esbanjava grana.

Uma outra vez, Mariana conheceu Ernando, este sim, foi uma paixão enlouquecedora, daquela que fazia Mariana pensar em romper todas as barreiras e leis por um amor, amor este que seria impossível também, porque Mariana descobriu que Ernando amava Daniela, embora desse muita atenção para Mariana.
Mais tarde, ela descobrira que o motivo de tanta atenção era provocar ciúmes em Daniela.

Já com Alex, ah, O Alex, esse sim foi o grande amor da Mariana. Mas você acha que ela viveu esse amor? Que foi correspondida??? Já sabemos que não.
Quando conheceu Alex, ele era apenas legal, Divertido talvez, ela não tinha certeza.
Alex insisitiu tanto que Mariana aceitara tomar um suco com ele e depois, uma carona até o portão de casa. Alex a beijara, como ninguém fizera antes. Naquele beijo, singularmente, Mariana o amara. Como jamais amaria alguém e, estranhamente, ela sabia disso.
Dias depois, após alguns telefonemas e simples momentos, Alex a abandonara.Fora tentar a vida na cidade grande e Mariana, mais uma vez, pôs -se a chorar. Soube que Alex amara Ana, que o abandonou para viver com Jairinho.Depois, Alex se apaixonara por Guilhermina, que era hippie e fumava maconha todos os dias.
E lá estava Mariana, no caracol da vida, procurando por um balancê que durasse mais que umas voltinhas. Não queria cumprimentar os noivos; queria ser a noiva.
No caminho da roça, sempre havia a esperança de que a ponte quebrasse ou talvez chovesse, e que essa chuva trouxesse seu amor.
Quem sabe uma cobra venenosa surgisse para atacar Mariana, e seu amor aparecesse para salvá-la.
Outro dia Mariana recebeu um convite de um rapaz para sair, mas ficou com tanto medo que chamou todas as suas amigas para ir junto, assim com tantas amigas engraçadas por perto ela nunca iria se apaixonar.De repente, ela levanta para ir ao banheiro e encontra Roni que abraçava Valquíria, que já estava apaixonada por ele.
Houve ainda o Zezinho, que chamou Mariana para ir tomar vinho, mas Mariana estava com preguiça e não foi. Então Zezinho chamou Paola, uma das amigas engraçadas que estavam no bar quando Mariana encontrou Roni. Paola, que amava Kleber e Claudião divertia-se com Zezinho, que tentara Mariana antes.
No caminho para o banheiro do bar, ao deparar- se com Roni, abaixa a cabeça, vai ao banheiro, olha-se no espelho, procura saber quem ela realmente é e lembra -se de algo que lera na quinta série:

João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Irlanda...


Já decidi!
É pra lá que eu vou na próxima etapa de minha jornada aqui.
Até lá, em vez de ficar sonhando, dormindo ou conjecturando, resolvi comprar um caderno e anotar os sonhos.
Poderia sentar na calçada, pegar a estrada, deitar, esperar e aguardar, mas não; vou escrever sonhos.

Não só porque os psicocólogos recomendam, mas porque os meus, ahh, os meus sonhos: ELES ACONTECEM!!!
"O que obviamente não presta,
sempre me interessou muito."

Clarice Lispector.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Help!!! Quase todos os meus exxxxx estão virando gays (até rimou)

Essa é uma frase frequente no discurso feminino hoje em dia, não?

Não posso dizer que ex, mas uns rolinhos do passado, sim, viraram gays.(Ufa, ainda bem, não tive nada sério).Não sei se viraram é a palavra certa.
Ainda bem que nenhum ex de verdade está na relação...

É mulherada, a concorrência tá forte...
O que está havendo com o mundo???


P.S. amo demais, sou apaixonada pelos meus amigos gays!!
Bjo, me liga!

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Marco Luque

Ah, sim. Você, que não deve estar muito ocupado, deve estar se perguntando o que Marco Luque tem a ver com a foto do U2. Ok, leia até o fim e entenda a relação entre Marco Luque, U2 e comédia.
Ontem fui ver o Marco Luque em Stand Up Comedy.
Uma fila do caramba, a Ne foi e a Paty também..elas conseguiram!!Yeah, you rock, girls!
Julio, Gui, Damaris e eu também.
Acho - o um fofo, carismático, dá vontade de apertar forte e guardar no guradarroupa!!
Criativo, bobo, sensível, esperto, alucinado, ator (mentado), enfim várias características reunidas consistem em: MARCO LUQUE.
Um grande sucesso do momento em CQC e no teatro.Ele imita Poodle, Stallone, mocinha e vilão, mulheres e homes, Shrek, sanguessugas, cachorro (ah já falei poodle), Brad Pitt, Angelina Jolie e até você que está na platéia e não entende nada de Inglês ou tem uma risada estranha.Aqueles cachinhos...ah, ele faz comédia da realidade, do dia - a- dia e do fato de você acabar de trancar a porta e voltar a fechadura para ver se está trancada. Quantas vezes a porta abriu? Nenhuma!!! E pra que você faz isso? E por que empurrar a cama contra a parede mil vezes antes de dormir?Quantas vezes a cama voltou???? NENHUMA, NERIANEEEE!!!!
Por falar em Stand Up Comedy... no álbum novo do U2 tem uma canção com esse título, uma das melhores do new album..vale a pena!

Well, guys..gostei do espetáculo, sim...Mas será que eu poderia investir o dinheiro do ingresso em outra coisa? Será? Talvez comprar um livro, um jantar, whatever...Mas, já foi.



Fiquem com Stand Up Comedy de U2:

Love love love love love...
Love love love love love...

I got to stand up and take a step
You and I have been asleep for hours
I got to stand up
The wire is stretched in between our two towers
Stand up in this dizzy world
Where a lovesick eye can steal the view
I'm gonna fall down if I can't stand up
For your love

Love love love love love...

Stand up, this is comedy
The DNA lottery may have left you smart
But can you stand up to beauty, dictator of the heart
I can stand up for hope, faith, love
But while I'm getting over certainty
Stop helping God across the road like a little old lady

Out from under your beds
C'mon ye people
Stand up for your love

Love love love love love...

I gotta stand up to ego but my ego's not really the enemy
It's like a small child crossing an eight lane highway
On a voyage of discovery

Stand up to rock stars, Napolean is in high heels
Josephine, be careful of small men with big ideas

Out from under your beds
C'mon ye people
Stand up for your love

Love love love love love...

God is love
And love is evolution's very best day

Soul rockin' people moving on
Soul rockin' people on and on
C'mon ye people
We're made of stars
C'mon ye people
Stand up then sit down for your love

Love love love love love...
Love love love love love...

10 de maio

Hoje é seu dia.
Acordo com o singular toque de meu celular.
Vou para o estudo bíblico matutino, buscar a Deus e fugir de mim mesma.E de você.
Mas a canção começa e você chega, vem como quem não quer nada e fica ao meu lado.
Não consigo lutar contra as lágrimas que molham a janela da minha alma:
"Uma família vivendo o compromisso do grande amor de Cristo, vivendo a verdade, sem qualquer falsidade, em comunhão;eu preciso de ti..."
Ao ressoar das palavras sinto você mais vivo que nunca. Achei que você tivesse partido.Tinha certeza, mas mais uma vez me enganei.Que coração enganoso eu tenho, poderia arrancá- lo fora do peito e parar de me enganar.
Tenho certeza.
Almoço em família, você já não mais me acompanha, tiro uma sesta e acordo com seu sopro.Pego a estrada, ouço Bono Vox e você está presente, ocupa seu lugar silenciosamente.

À noite, há cultos e orações, há show e comédia, baixaria, teatro, risos e sorrisos.Sinto você!


Parabéns.Feliz aniversário!
Não há girassóis, há somente você e eu.
Você aí; eu aqui


Amo você!

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Somewhere only we know


That's the song I've been listening to lately.

I don't know exactly why or I can't say you "THAT'S THE REASON WHY..."
However, there's something I can tell you : I'm not a one tricky ponny and so aren't you.I kind of petered out when I kissed you but now I'm ok.
YOu're such a driven person and I do not really know who you are.
At first I was afraid... (I'll survive) and I was not in the mood for that.
Right, I'm getting in the swing of it.
Chill out, I'm on my toes...every single moment!
Hold on, you are calling me...

so why don't we go to somewhere only we know?!


song by Keane: SOMEWHERE ONLY WE KNOW.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Magnificent U2

Ah, eu entro no carro e Magnificent toca... toca dentro de mim, dentro de nós.

Nossa banda, nossa música, nosso momento, nossa noite.
Eu e você. Você e eu.

Tá, eu sei que isso foi planejado, mas...
quantos detalhes!!! Quanta sensibilidade.


You and I will magnify!!!

I wish I could...

I wish I could be younger and fall in love repeatedly...
I wish I could be 6 years younger and love you!!!

I wish I could...


Ah, E. You are so special to me!!!

What about that citizen???
WEll, Hum...errr, just for fun!

quarta-feira, 8 de abril de 2009

No Line On the Horizon



No Line On the Horizon didn't live up to Bono 's words.

“If this isn't our best album, we're irrelevant,” Bono declared when asked about
U2's new album, No Line on the Horizon, released on March 2.
As a keen fan of the band I fell sorry for Bono because it is not their best album at all!!!
On the other hand, there is a suspicious atmosphere surrounding it.
No line on the horizon is the kind of album that grows on you as you listen to it.
When I first listened to it I was utterly disappointed. = (
The album's effect doesn't happen all of a sudden.After listening to "No LIne On The Horizon" repeatedly in my car, IPOD, indeed anywhere I can, let me tell you: it's not only the greatest work I've ever heard from them; it's also the greatest, most mature work of art I've heard.
Never before have I heard an album that my first impressions seems so terribly mediocre but then totally redeems itself effortlessly with every playback before.
This album, like U2's earlier work will immerse your soul with life and you will remember this time.
The first single is "Get on your boots", which can be compared to "Elevation" and "Vertigo"( from previous albums).When I first heard "Get on your boots" I thought that this was confusingand boring (As I've already told before).I thought that U2 went a little too far off the cliff.I then heard the whole album, (again and again) and then I remembered how it reminded me of when I first heard Vertigo (the single) and Bullet the Blue Sky; BIG 'rock' songs and didn't enjoy them at all.I wasn’t immediately love-stricken like I’ve been with past U2 albums. I do believe though, that U2 is trying to take us somewhere totally new.
Although, "Get on your boots" is the first single it doesn't represent the whole album.
However, in my point of view, the best song of the album is "Magnificent" with a mixed of religious and love tone.There are also great songs in the album, even though they didn't break the mold as promised, they are amazing indeed.Such as: Breathe, Stand up Comedy, Unknown caller and the most pop one I'll go crazy if I don't go crazy tonight.(Which is getting to be my newest favorite one at the moment).
Play the album a few times, and you'll discover what I mean.
U2 keeps its political position up and so its social activism and flamboyant freelance diplomacy.It couldn't be different.

To sum up, it's not about Bono vocals, nor his lyrics, it's not about the Edge's guitar (which is fantastic, amazing, terrific!) and it's not about the rhythme sections of Larry and Adam.
This is about U2.
Give this album a time.All the time

segunda-feira, 6 de abril de 2009

¡Hola !

¡Hola!
¿Qué tal?
Encantado... ele diz.

Depois de exatamente um ano, ocorre um encontro inesperado.
Conheceram -se na aula de espanhol.Os acontecimentos os separaram.
Ele parou o curso e foi se dedicar a outras coisas.
Ainda pensava nela...e como pensava.
Mas,pela distância e circunstâncias acabou se envolvendo com uma vagabunda,sem caráter.Sofreu com ela...desclassificada, mentirosa, falsa. A família dele a odiava. Ele não se conformava em tê- la perdido e insistia com a mané (apelido que seu melhor amigo dera à tal da namorada).
Um ano, exatamente, um ano depois ele encontra a colega de sala em um bar.
Seu coração bate forte, as maõs suam, há borboletitas no estômago (que coisa mais gay..hehehe).
Será que ela se lembra de mim? Será que vai ser gentil e me acolher com aquele lindo sorriso?
Parecia um adolescente em seu primeiro encontro.O coração acelerado e o apoio do amigo: Vai, vai, vai.

Levanta -se e vai ao encontro dela: Veste o melhor sorriso e...esboça um hola...
Ela olha em sua direção...
Ele...perdona, achei que fosse outra pessoa.



Hasta luego.

Twins and me.

Hoje..chegaram!

Em 7 de fevereiro escrevi sobre o "animal instinct", e é este mesmo instinto que aflora hoje.

Será que um dia serei mãe?
Ontem falava com o Guilherme sobre produção independente...NÃO, não é pra mim.

Murilo e Sofia chegaram...
Parabéns a mais nova mamãe!!!

Não entendo o milgare da maternidade; mais difícil ainda é entender o que rola depois, as crianças dependem de nós, querem colo e choram,são indefesas.Depois tudo muda, crescem e vivem num mundo selvagem, canibal, antropófago até.

Sim, comem uns aos outros sem respeito algum.

domingo, 5 de abril de 2009

Dois olhos negros

Queria ter coragem de saber
O que me prende, o que me paralisa
Serão dois olhos negros como os teus
Que me farão cruzar a divisa

É como se eu fosse pro Vietnã
Lutar por algo que não será meu
A curiosidade de saber
Quem é você...

Dois Olhos Negros!

Queria ter coragem de te falar
Mas qual seria o idioma?
Congelado em meu próprio frio
Um pobre coração em chamas

É como se eu fosse um colegial
Diante da equação, o quadro giz
A curiosidade do aprendiz
Diante de Você...

Dois Olhos Negros!

É como se estivéssemos ali
Durante séculos fazendo amor
É como se a vida terminasse aqui
No fim do corredor...

Dois Olhos Negros!

sábado, 4 de abril de 2009

04 de Abril

E tem coisa melhor que pegar a estrada ouvindo U2???

Na estrada encontro o Palio Branco, que não é o meu, mas... reaviva...traz à tona e ferra com tudo aqui dentro.

Estou trabalhando muito, mas amo tudo isso.
A faculdade, andei faltando esta semana porque saí com o Julio e a gente se divertiu muito, não consegui acordar cedo.
Conheci gente nova...quanta loucura!
Dia 01, foi niver do Vô Puxa.. 70 e poucos!Adoro aniversários!!!


Esta semana foi movimentada, oh...quanta gente passou por mim e quanta gente tentou e não passou.Ficaram pra trás com suas meias verdades e mesquinharias.

Aqui dentro de mim está tumultuado... crowded!!!
Com licença, hey, você, deixe - me passar.
Peraí tem alguém ligando, alguém te procurou, opa, mensagem no celular, MSN gritannnnndo, e-mails acumulados...
Para!!! Preciso de um tempo.

Com licença, preciso pegar a estrada com U2.


Tchau!

segunda-feira, 2 de março de 2009

Ando...

Ando meio nostálgica ultimamente.
Tenho sentido saudades de pessoas, momentos, coisas que foram e não voltam mais.
"O tempo passa rápido demais"..quem nunca disse isso?
Mas como curar a dor que a saudade traz?
Saudade: doença crônica, incurável, que atravessa o peito e atinge o coração.(Fonte: Dicionário Vivian).


Por outro lado, conheci pessoas maravilhosas no último feriado, mas que jamais substituirão as que partiram.Tive dias maravilhosos que marcaram toda minha existência!
Há também aquelas que continuam por perto...bem ou mal, estão ali.
Já falei que odeio carnaval?Por motivos políticos, pátrios, econômicos, sociais, religiosos e tudo o mais...como podem se dar ao luxo? Ah, isso é assunto para uma outra postagem!!!Longa postagem, eu diria.

Estive refletindo sobre o Positivismo e Histerismo.Ando lendo o pai do Pessimismo também, Arthur Schopenhauer.
Ando questionando verdades universais e não sei as respostas. Procuro um ponto como referência; não quero ser histérica, nem positivista, nem pessimista.Existe um ponto sensato entre eles?

Ando feliz e tranquila... nem tão tranquila, mas feliz. Normal, nem de mais nem de menos.
Mas ando com uma saudade...
Ah, ando...


Para ajudar há sempre aquela canção que vem naquela hora naquele lugar.
Mas vocês estão longe, tão longe...
Paro na esquina para conversar com um amigo e você passa bem na hora, em seu carro prata.Já era noite.Você não me vê.



Ando com uma dor no pé por causa daquela sandália preta de ontem à noite.

Não sei aonde o vento vai soprar.
Quem sabe?


Ando por aí...

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

BRAND - NEW LIFE

24 de fevereiro de 2009.
Tive a confirmação de que NUNCA MAIS SEREI A MESMA!!!


Escreverei mais...

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Hoje sinto - me assim...

(...) Sonhos aprisionados / nessa torre / ilha / correm soltos / mar de marfim / por dentro.

Dedicar cada dia / entre tantos / inúteis momentos / a refinar / cada gesto palavra cor / ou sentimento.

Nadar no vazio alheio / movidos / por nosso sonho / claro e tácito / acordar comovido / da mente em movimento. / Nesse castelo, nossa praia / essa coragem nossa / sua presença acende. / Um mundo raro / um sonho em claro / doce recheio / sem resposta.

Sonhamos / vida (...)

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Indefinível e inexplicável.Não sei mesmo que título dar.


Estou na casa da Paula, amiga há mais de 15 anos.
Há muita gente reunida, entre elas a Nicole.
Há mais pessoas do tempo do colégio.
Não sei porquê a Nicole usa roupa de gala, um vestido preto de paetê. Não entendo.Ela está linda, mas não para aquele lugar, aquela situação.
Sento à mesa, as pessoas conversam incessantemente.Ouço as vozes mas não as escuto, ou será que as escuto e não as ouço?
De qualquer forma, não entendo nada sobre o que está sendo dito.
De repente, ela vai até a sala e traz um portarretrato. Há três fotos distintas, porém ele aparece nas três.
Ela se aproxima de mim com um sorriso escancarado e pergunta: E quando você casar, não gostaria de levá-lo para sua casa?
Obviamente ela estava extasiada pela sua beleza e sorriso.
Curvei a cabeça e respondi:
- Você não imagina quem ele é.
- Quem é ele?
- Bem, é a única pessoa que amei em minha vida... e desatei a contar a ela toda a nossa história; os fatos, encontros e desencontros; chuvas e sóis; invernos e verões
Ela sentou -se, pôs -se a ouvir e emocionou -se.Pediu desculpas e disse que compreendia perfeitamente. Sabia que mesmo sem fotos você está sempre ali.Quando penso que não, que me abandonou, você aparece da forma mais inusitada para soprar e sussurrar:
AMO VOCÊ. ESTOU AQUI.NÃO SE ESQUEÇA.

Mas como poderia me esquecer se você não permite?

Costumo dizer que há dois significados para esquecer, o da memória e o do coração.
Porém, dentro de mim, estão fundidos, são uma só coisa no que está relacionado a você. (In)Felizmente.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Ontem e hoje

Ontem fui ao supermercado e quase chorei lá.
Encontrei a senhora, senhorinha mesmo, uns 80 já, que foi a minha primeira babá.
Ela não me reconheceu, claro.Mas ao dizer quem eu era ela se emocionou e me abraçou fortemente.Ela é tão pequenininha, parece tão frágil.Ficou tão feliz ao me encontrar.
Reclamou, desabafou, chorou e eu quase chorei também.
Disse que perdeu uma filha recentemente, que parece estar vivendo um pesadelo, uma mentira...ah, meu coração partiu..
Dona Antonia, que vontade de cuidar da senhora.Seria uma troca: fui cuidada por suas mãos quando indefesa e frágil ( não que eu ainda não seja frágil,rs); agora eu cuidaria da senhora como todo amor e dedicação.
Ela ficou orgulhosa de me ver " grandona e com saúde", como ela disse.
Meu Deus, como o tempo passa rápido e perdemos a noção dele.
Eu não consigo explicar o que senti quando a vi.Fico imaginando o que ela sentiu.


Ah, de manhã, fui para a Universidade...guess what??????Não teve aula!!!Caramba,
acordo cedo, "mor" ENTUSIASMADA e tal..Chega lá, de cara, no primeiro dia, NÃO TERÁ AULA.
Ah, é particular, pagamos uma bela mensalidade. Ah, que revolta.



HOJE


Segundo dia de aula na faculdade.Fiquei com raiva e não fui, só para me vingar de ontem..Tá eu sei, coisa mais estúpida, não ganhei nada com isso (errr), mas ao menos tive a sensação de vingar a falta de respeito para comigo ontem. Odeio ser ignorada, sentimento pior do mundo!!!



À TARDE


Fui dar aulas, oh coisa boa, reeencontrar o povo, os alunos, conhecer alunos novos e o melhor: fazer aquilo que mais amo que é lecionar e compartilhar conhecimentos e experiências!!

Ahh, fiz umas comprinhas...eu estava merecendo!!!


À NOITE


Caiu um temporal, que do carro para a garagem deu para molhar bastante...shit!!!

Amanhã eu vou para a faculdade, cedinho,cedinho..o sentimento de vingança já passou, rs.Já sinto-me vingada.
Esta semana tenho reuniões com minha orientadora.Sou fã dela!
Meu TCC está instigando - me até o útero!Mais para frente escreverei sobre!


C u!

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Animal instinct

Before reading, watch it: (pleeease)

http://www.youtube.com/watch?v=pbhbBcWxD4M


When I first saw this clip it brought me uncountable tears. It reminded me of my lovely mom and her everlasting and unconditional love.
I've heard it said that she'd climb a mountain just to be with me.
Just to be with me she'd do anything, she'd give her life away.
I've heard it said that she would swim the deepest ocean, the ranging sea.
She knows that I don't understand the fullness of her love, she also knows that I do not realize how much she has given to me.
She promised that she would do everything again, there's no price she wouldn't pay...
Just to be with me...

Blood spatter


Her wage was over.
Her mood had changed. Furthermore, she was no longer waffling all the time.
All she wanted was collegues' acknowledgement and she didn't manage to get it.She had failed once again.
That's why she had been struggling lately. Tinglies all over her body were driving her up the wall and her skin was about to crinkle.
She used to have a bubbly smile before her world came down.
She was on her edge... so she hit the pane and cut herself.
A crony of hers had just arrived when he saw her blood colouring the white floor.
Then, he hold her, tucked her in and finally broke the mold: He kissed her.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

A carta que nunca irás ler


Mariana tinha 16 anos.
Era o ano de 2002, primavera.Mas dentro dela era verão, porque a paixão ardia e a queimava intensamente.Era apaixonada por Roni.
Ela resolveu escrever uma carta, não tinha Internet, declarando seu amor.
De repente ela se engasgou de tal maneira e acordou.Era apenas um sonho, mas ela engasgou de verdade.

Concluiu ela, desde então, que esse negócio de paixão não poderia ser muito bom...
Já dizia Nelson Rodrigues que é impossível amar e ser feliz ao mesmo tempo.

Novo acordo ortográfico


" Agora as crianças que leem, podem ter ideias maravilhosas e escrever errado tranquilamente."



Pode ser intolerância da minha parte,pois sei as inúmeras vantagens que o acordo traz.
Dentro dos prós, pode-se ler que o novo acordo privilegia a fonética, aproximando a língua escrita da língua falada; no que toca às diferenças orais e gramaticais, permanece tudo na mesma, quer em Portugal como no Brasil; como a ortografia vai ficar muito semelhante à forma como falamos, os alunos vão dar menos erros. Com o acordo, pode-se verificar que a língua está em constante evolução, bem como algumas mentalidades, já que o complexo de vassalagem está a ser ultrapassado.
Em relação aos contras, nota-se que vai existir uma certa dificuldade em implementar o acordo em determinadas camadas sociais; em contra partida, nas escolas não vai haver algum período de transição e isso vai fazer com que a mudança dos manuais escolares, gramáticas e dicionários tenha de ser feita de imediato; o novo acordo não vai integrar alterações trazidas pelos países africanos, sendo as mesmas viradas para Portugal e Brasil, havendo quem ainda ache que estamos a ser colonizados pelo Brasil.

Mas...... pelo amor de Deus, dói ( ainda tem acento ou não?Rs,Tem Sim!Só caem os das paroxítonas) ler as palavras escritas assim, amo tanto a nossa língua, assim como suas idiossincrasias brasileiras que tenho vontade de chorar!!!
Calma, é só uma fase de adaptação...vai passar, Vi...vai passar!
Sei que tenho que ser uma metamorfose ambulante!!

Get on your boots


Sim, já está rolando por aí...
Já está rolando a nova song do U2, cujo título é o mesmo dessa postagem.
Se eu gostei? Hum...
Tá serei sincera; porque se você está lendo isso é porque você é, de alguma maneira, importante para mim.
Na primeira vez eu não gostei não... Pensei, nossa, o que fizeram?
Aí, ouvi mais uma, mais uma, mais uma vez e outra e a música foi surgindo dentro de mim.
Agora eu gosto! Não adoro.
Acredito que o álbum virá com inovações e outras songs que me conquistarão, não tenho dúvida. Pois assim é o U2.
O álbum chega aqui no início de março (Brasil).Ficou curioso, então tá: copie e cole o título dessa mensagem lá no You Tube, sabe aquele site legalzinho que você encontra de tudo? Então, faça isso..vale a pena.

Até mais.
Bjo, me liga!

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

AbcBlogs

Site certificado
Voos baratos
voos baratos
voli low cost