terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Uma sexta maluca

Esse texto não é meu, foi escrito pelo "Filho" em 30 de Novembro de 2010.
Decidi postar aqui...

O que dizer sobre o que me aconteceu essa sexta passada…loucura…. Já fiquei com a mente verde algumas vezes desde então e fico a pensar o que motivou tudo aquilo. O chão sumiu dos pés, a mente turvou, as coisas aconteceram…loucamente, intensamente, sem amarras. Foi muito massa…. As pessoas que me lêem, meus seguidores fiéis, entendem esse tipo de coisa. Estamos todos sujeitos. Quando uma ventania nos arrasta em outra direção e não temos como nos segurar, o negócio é deixar levar…. Deixar acontecer, sorrir no fim. Pensar sobre o assunto…hmmm…pode ser depois?Amanhã?Quem sabe depois de amanhã, como dizia Fernando Pessoa? Já que o amanhã já está perto, que tal pensar nisso depois de amanhã? Que tal nem pensar? Muitas coisas em vista, tudo por fazer. Lembrar sorrindo o ontem, viver o hoje e antecipar o amanhã. Sem cobrança do que virá. Só esperando que essa ventania me tire do chão de novo….


6 de Dezembro de 2010

Quase quatro da manhã. E decidi ficar acordado. E repensando, com a mente verde, esses últimos dez dias. Estou no meio de um turbilhão, de mudança de vida, trabalho e ainda veio a tal ventania. Muitos turbilhões para uma semana só. Corto alguns. Acho que o vento como veio, também vai. E ficam as marcas da sua passagem.
Porque o Mundo É Grande Demais Para Se Nascer e Morrer no Mesmo Lugar.
Pablo Neruda

Hoje estou p.. da vida...

Muito puta da vida, com certas pessoas e com muitas coisas. Estou um verdadeiro "live wire". Portanto, não me toque!
Estou sem paciência, sem tolerância, sem sentimento (afinal, se eles são como eletrodomésticos, é só desligar, né? Então, desliguei!!) Enfim, sem emoção alguma...uma chatice só!
Me diz o que alguém tem na cabeça para ficar passando trote depois de grandinho, hein?
Por que existe gente que insiste em discutir assuntos sobre os quais não tem a mínima noção?
Onde fica a Holanda mesmo? América Central? :o
Por que tem gente que não perde a oportunidade de ficar quieto e faz declarações simplesmente desprezíveis?
Por que tem gente que quer ser o que não é?

E o pior de tudo... por que temos que dividir a mesa de nossa casa com pessoas intragáveis?

Acho que posso ir para o ceú!!!

sábado, 25 de dezembro de 2010

Psycho Killer - Talking Heads

I can't seem to face up to the facts
I'm tense and nervous and I can't relax
I can't sleep, 'cause my bed's on fire
Don't touch me I'm a real live wire

Psycho killer, qu'est que c'est
Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Far Better
Run Run Run Run Run Run Run awaaaaaaaaay,
Psycho killer, qu'est que c'est
Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Far Better
Run Run Run Run Run Run Run awaaaaaaaaay...

You start a conversation you can't even finish it
You're talkin' a lot but you're not sayin' anything
When I 've nothing to say my lips are sealed
Say something once, why say it again?

Ce que j'ai fait, ce soir la
Ce qu'elle a dit, ce soir la
Réalisant mon espoir
Je me lance vers la gloire...
We are vain and we are blind
I hate people when they're not polite

peu de dialogue

Parfois, elle pense en français...

- Salut
- Salut. Comment allez-vous?
- Je vais bien. Merci. E vous?
- Je vais très bien.
- Comment t'appelles tu?
- Je m'appelle Vivian.
- Enchanté. Je suis Pierre.
- De même.
- Quelle est votre profession?
- Je suis professeur. Parlez-vouz Anglais? Je ne parle français.
- Ouí...I can speak English.
- Thank God..It was killing me!!!


Be continued...

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal, Próspero Ano Novo e bla bla bla..





Olá amados amigos,
vocês já devem ter recebido dezenas de e-mails de Feliz Natal, Boas Festas, Próspero Ano Novo etc etc...Por isso, não quero estender esta simples mensagem.
2010 foi um excelente ano para mim, de muito crescimento pessoal e profissional também! Agradeço primeiramente a Deus, minha família e a vocês, que, direta ou indiretamente, participaram dele. Por outro lado, não acredito que essa data seja específica para tal, mas, sim, todos os dias. A nossa falha é deixar para dizer coisas "bonitas" nessa época somente.
Como prometi, não vou escrever muito. Um ótimo Natal a todos e um excelente 2011. Por que não ressuscitar sonhos e planos para o novo ano que se aproxima? Espero ter a oportunidade de compartilhar muitas realizações deles com vocês... perto ou longe, não é?

Um forte abraço...cheio dos melhores desejos!!!


Vivian Ribeiro

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Tenho medo do Google!!!

Que é Google é uma "mãe" ninguém tem mais dúvida. Mas o que me assutou hoje foi descobrir que se você digitar "Quis a vastidão vã do vazio freneticamente" no google, o meu blog é o segundo link que aparece... ; O
Duvida? Faça um teste.


A rede social ( The social network)




Críticos dos EUA indicam " A rede social" como melhor filme do ano...

Como já era de se esperar..a novidade ainda não chegou à cidade maravilhosa ( apelido carinhosamente dado a Taubaté/ Tremembé pelo meu amigo Washington). Então, numa quarta-feira chuvosa, nos dirigimos a São José dos Campos para ver qual que era a do filme.

Eu, Vivian, na minha humilde opinião, não acredito na afirmação com a qual abri o texto. Mas vamos lá, considerando a época e a influência do FaceBook em nossas vidinhas, o filme é bem...hum..pertinente. Apesar dos diálogos rápidos que confundem a cabeça, trilha sonora talvez um pouco exagerada, dá para acompanhar bem a história da criação do site e os processos judiciais pelo qual seu criador passa. Mesmo sendo um pouquinho cansativo... Andei "googlando" por aí e vi que Mark Zuckerberg, o geniozinho, não deu contribuição nenhuma para o filme. Pior, ainda contesta fatos, como por exemplo, o término coma namorada ser a "fonte de inspiração" para a criação do Face ( face é só para os íntimos, okay??).
Uma coisa boa sobre o filme é a direção de David Fincher, o mesmo de O curioso caso de Benjamin Button. Porém, o elenco é fraquinho, o que dá a deixa para Justin Timberlake roubar a cena como o malandrão Sean Parker.
Outra coisa importante no filme é que, talvez inconscientemente, os componentes da sociedade do site mostram na prática como funcionam as inteligências múltiplas, de Howard Gardner ( se quiser saber mais, fale comigo e te mando um arquivo em ppt bem legal). Não posso deixar de fazer uma "criticazinha", né? Super considero os sites de relacionamento ( Facebook, Orkut, My Space etc), pois já fiz boas amizades
( outras nem tão boas assim) e já consegui muuuta ajuda na hora de viajar, mas o que é nocivo é o tempo e a importância que isso toma na vida de alguns...Gente, sem alienação, please!!

Uma confissão: como diz o filme, é muito bom conhecer alguém interessante na balada/festa/barzinho e depois manter contato através do Facebook, não é, não? rs...

Bom, sobre o filme, é isso. Não é o filme do ano, mas vale a pena ver. Sugestão: se for ao cinema, vá na quarta, assim você paga meia e fica com menos peso na consciência, rs.

Well, folks..."Facebook Me": Vivian ViRibeiro

Onde está Deus?

Talvez essa seja a pergunta mais constante e mais antiga da humanidade. E antes que você pense, eu não vim aqui para falar de religião. Eu mesma sempre me pergunto: Onde está Deus?
Alguns dizem que Ele está em imagens de barro;
outros dizem que Ele está dentro das igrejas, templos, mesquitas e afins;
já outros afirmam que Ele está na natureza, nos bichinhos, no sol, na lua e até nas estrelas;
outros diriam que ele está na ciência;
alguns mais abusados diriam que Ele está em amuletos, medalhinhas e tudo que possa amarrar ao corpo, principalmente ao pescoço;
outros, ainda, juram encontrar Deus nas cartas, búzios e tarô;
e a lista não tem fim... Não mesmo!!!
Não estou aqui para julgar nem para criticar, longe disso. Vim compartilhar algo que sinto e acredito. Há alguns dias troquei a academia por algo mais agradável, como correr/ caminhar ( mais caminhar, rs) no parque. Era um belo e quente fim de tarde, no qual eu me via correndo cercada pela natureza. Foi quando olhei para o céu, que estava azul claro, azul escuro e até avermelhado e o mais lindo de tudo : o pôr do sol. Aquilo me encheu de algo que não sei explicar o que é. Só sei que vi e senti a magnitude de Deus ali, naquele momento. Um sorriso aflorou em meus lábios e só pude dizer: Obrigada, Pai!
E o que quero dizer nessa postagem é que rotulamos Deus, Seu poder, Sua sabedoria, grandeza e perfeição. Não confunda o que estou escrevendo com panteísmo...Não!!! Mais uma vez, o que quero dizer é que Deus está em nós, no ar que respiramos, no universo e em todos os lugares...basta sentir. Tão simples e complicamos tudo!! Queremos discutir explicar, provar, argumentar...ah pelo amor de Deus...E Deus é isso, então? Isso que muitos fazem por aí? Não, eu SEI que não é.
Aí, pode vir um ateu e querer desfazer tudo que eu disse aqui e mais um pouco. Hey? Ateísmo é falta de...de ...conhecimento, talvez? ( Só estou querendo ser gentil!)

Volto para "Onde está Deus", que é o título do texto. Não, eu não posso responder também. Mas você pode, para si próprio. Esteja certo disso. E olha, ninguém precisou "pregar" nada disso para mim, não. Sabe por quê? Porque Deus está além diiisso tudo aí!
Como dizem, Ele é O CARA!!!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Sneeuw


Enquanto isso ...lá na Holanda...

O caçador de recompensas (The bounty hunter)



Gênero: Comédia romântica (onde???)


Bom, eu nunca fui fã da Jennifer Aniston. Na minha opinião, a única coisa que ela sabe fazer bem é "pegar" galãs famosos (Brad Pitt e John Mayer!!!); como diz meu amigo Ro, na verdade ela nunca superou o fora que levou do primeiro..tadinha. Porque atuar, de verdade, não é com ela. A atriz americana repete as caretas que está acostumada a fazer desde Friends (ninguém aguenta mais), no qual atuava como escada para as piadas dos demais. Não é por acaso que ela não emplacou como atriz dramática: seu repertório é mínimo... e quando seu diretor não exige nada então, fica ainda pior. Já Gerard Butler limita-se a reprisar seu personagem em A Verdade Nua e Crua, o machão sedutor. Com essa disposição, em momento algum eles fazem rir, tarefa relegada aos personagens secundários, que também não conseguem ( saudades dos 300, rs).
Bem, já era esperado que a qualidade de O Caçador de Recompensas fosse baixa. O trailer é ruim e a trama parecia besta e previsível. Pois bem, todas as expectativas estão confirmadas. Milo é um caçador de recompensas cuja próxima vítima é sua ex-mulher Nicole, uma jornalista que está investigando um caso suspeito de suicídio. Quando Milo prende Nicole, uma sucessão de confusões acontece, além do fato de que ambos precisam lidar com o fato de se odiarem pelo péssimo casamento que tiveram.

O filme não funciona em nenhum dos gêneros em que se situa. Como comédia romântica, é previsível, com diálogos medonhos e infantis, e com personagens sem profundidade nenhuma. Para piorar, não é engraçado. Como filme de ação, Caçador de Recompensas tem cenas clichês e pouco emocionantes. Por último, o pequeno pedaço sobre a investigação de um suicídio simplesmente não funciona. Não se tem ideia do que está sendo investigado e realmente ninguém se importa com a trama paralela. Uma pena que o diretor Andy Tennant não tenha se baseado em Hitch (dirigido pelo mesmo) para fazer um bom entretenimento.

As pessoas que gostam do previsível cinema de humor romântico hollywoodiano irão adorar este filme ( Difícil!!!). Se você estiver esperando por algo de qualidade, passe longe.

Quer saber? O filme me irritou profundamente!!!

domingo, 19 de dezembro de 2010

Unknown caller

December, 18. Saturday, 06:03 pm.
The cell phone is ringing...she answers it and Juan Antonio says:
- Good evening, Vicky. I think of you every single day of my life.
- I've been thinking of you lately too...she says.
- Ok, I'll call you later.

And that was all. It seems like they will never be apart.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Counting Down....



94 days...
It seems a lot, but it is not.. (hehe..it rhymes!)

Tudo pode dar certo (Whatever works)





Fico em dúvida sobre como começar...já sei: Da perspectiva cristã, o filme não é bem quisto...at all!! Deixando isso de lado, há muita coisa boa no filme, afinal..é um Woody Allen. E também não é um filme para te fazer sentir bem. Ou seja, quem não gosta de Allen, não é nessa obra que vai gostar!!!

Mas vamos à história: Boris Yellnikoff (Larry David), físico que quase ganhou o prêmio Nobel e fracassou numa tentativa de suicídio, ganha a vida ensinando crianças a jogar xadrez. Mas ele não tem lá muita paciência e costuma ofender as crianças. Trata-se de um personagem amargurado com a vida e que, basicamente, despreza a raça humana (ele diz, por exemplo, que o cristianismo e o socialismo eram bons no papel, mas falharam porque cometeram o erro de acreditar que o homem era essencialmente decente). Mas, uma noite, enquanto volta ao seu apartamento, ele depara com Melody St. Ann Celestine (Evan Rachel Wood). A garota, que está perdida em NY, pede para ficar no apê de Boris ao menos por uma noite. O que acontece depois é previsível. Allen não apela e Boris não vai se tornar um homem melhor porque está apaixonado pela ninfeta caipira. Esse fiozinho de história faz com que Woody Allen desfile suas melhores piadas, principalmente aquelas que só um judeu pode fazer (como uma em que o personagem principal diz que todos os pais responsáveis deveriam levar seus filhos para passar férias em campos de concentração). Ah, sem mencionar a família da moça, que aparece depois e tudo vem à tona.
Boris, que em vários momentos do filme, quebra a quarta parede e conversa com o público ( adoro essa sacada!). Mas, como Melody reflete em outra sequência, o latido dele é mais forte do que a sua mordida. E isso vale tanto para o personagem quanto para o filme, que é, sim, leve e gostoso. Daqueles que você assiste com um sorrisinho no rosto quase que o tempo todo. Apesar dos pesares...

A ressaca




Eu não sei porquê cargas d'água eu fui assistir a esse filme. Aliás, eu sei sim. Ao ver o título em Português, A ressaca, ( Titulo original em Inglês " Hot Tub Time Machine") fiz uma analogia à excelente comédia " Se beber, não case" ( The Hangover) e resolvi dar uma chance à essa merda..ops..filme.
Não vou gastar tempo nem dedo com isso: Simplesmente ruim...Não assista! Mas há um cara que gosto muito e vou fazer um ctrl +c ctrl v aqui, com as algumas adaptações minhas, claro...rs Se não adaptar, não sou eu! Tudo é adaptável, no fim das contas.

Só mesmo de cabeça feita alguém pode achar alguma graça nesta bobagem sobre velhos amigos, que costumavam formar quando adolescentes, uma bandinha de rock pop e agora já maduros, vão passar um fim de semana numa estação de inverno onde há anos se apresentaram. Mas todos deram errado na vida, estão gordos, desesperançados, na chamada crise do meio da vida. Acredite, eu estava bebendo vinho com minha irmã..e nem assim!Só que há alguma coisa de mágico solto por lá e o veterano Chevy Chase é que faz o sujeito que consertaria as coisas nos quartos dos heróis, de forma que, quando eles caem no banheiro quente do terraço, essa jacuzzi acaba virando uma máquina do tempo que os leva novamente ao passado e a juventude, ainda que fiquem com a cara antiga, os outros os veem jovens.É uma ideia tão absurda que poderia mesmo dar certo, caso fosse mais engraçada e o elenco fosse melhor. É outro daqueles filmes onde os atores parecem estar se divertindo mais do que público e tudo acaba resvalando para uma pornochanchada nem especialmente ousada. Enfim, piece of shit!!

Isso foi Rubens Ewald Filho e eu, Vi. ; )

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

A IMPONTUALIDADE DO AMOR (By Martha Medeiros)

Você está sozinho. Você e a torcida do Flamengo. Em frente a tevê, devora dois pacotes de Doritos enquanto espera o telefone tocar. Bem que podia ser hoje, bem que podia ser agora, um amor novinho em folha.

Trimmm! É sua mãe, quem mais poderia ser? Amor nenhum faz chamadas por telepatia. Amor não atende com hora marcada. Ele pode chegar antes do esperado e encontrar você numa fase galinha, sem disposição para relacionamentos sérios. Ele passa batido e você nem aí. Ou pode chegar tarde demais e encontrar você desiludido da vida, desconfiado, cheio de olheiras. O amor dá meia-volta, volver. Por que o amor nunca chega na hora certa?

Agora, por exemplo, que você está de banho tomado e camisa jeans. Agora que você está empregado, lavou o carro e está com grana para um cinema. Agora que você pintou o apartamento, ganhou um porta-retrato e começou a gostar de jazz. Agora que você está com o coração às moscas e morrendo de frio.

O amor aparece quando menos se espera e de onde menos se imagina. Você passa uma festa inteira hipnotizado por alguém que nem lhe enxerga, e mal repara em outro alguém que só tem olhos pra você. Ou então fica arrasado porque não foi pra praia no final de semana. Toda a sua turma está lá, azarando-se uns aos outros. Sentindo-se um ET perdido na cidade grande, você busca refúgio numa locadora de vídeo, sem prever que ali mesmo, na locadora, irá encontrar a pessoa que dará sentido a sua vida. O amor é que nem tesourinha de unhas, nunca está onde a gente pensa.

O jeito é direcionar o radar para norte, sul, leste e oeste. Seu amor pode estar no corredor de um supermercado, pode estar impaciente na fila de um banco, pode estar pechinchando numa livraria, pode estar cantarolando sozinho dentro de um carro. Pode estar aqui mesmo, no computador, dando o maior mole. O amor está em todos os lugares, você que não procura direito.

A primeira lição está dada: o amor é onipresente. Agora a segunda: mas é imprevisível. Jamais espere ouvir "eu te amo" num jantar à luz de velas, no dia dos namorados. Ou receber flores logo após a primeira transa. O amor odeia clichês. Você vai ouvir "eu te amo" numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão, e as flores vão chegar no dia que você tirar carteira de motorista, depois de aprovado no teste de baliza. Idealizar é sofrer. Amar é surpreender.
"Vão"
Quis a vastidão vã do vazio freneticamente
preenchido pelo movimento do nada
em espirais ascendentes de borbotões de seres vivos.
Quis. Mas dei com a fria sensação do vasto vazio.
O mais vasto e frio, o frenesi do nada,
Em cachões espiralados de viva decadência.
Quase dei com a demência das vivas e
frenéticas palavras, quando escapam ao ser,
aos cachões, aos borbotões, em espirais de nadas.
Nada. É o que quis e encontrei na sensação
de que o vazio é a vastidão, tão vasto que as palavras
nele escapam em movimento, ascendente e vão. (Leandro Tripodi, 2009)

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

A lista

Adoro fazer listas... lista de supermercado, lista de coisas a fazer, lista de prioridades e outras listas aí...

Descobri (outra mega coincidência!!!) que a namorada de Kurt Cobain, Tracy,
deixava para ele uma lista de tarefas para fazer e ,mesmo sem realizá-las, escrevia ao lado de todas "I do". Isso é usado na música que citei na postagem anterior.. Juro que não sabia e vim falar sobre as minhs listas..mas esqueci o que ia falar, uma vez que não fiz uma lista.

About a girl

Ela tinha a seguinte lembrança: ele sentado à mesa, segurando seu violão. Ela ao lado, pensando no nada...no que fazia ali. Talvez ela não deveria estar ali. Sua única testemunha era John Lennon, na capa daquela revista na mesa, aquela verde revista.Enquanto ele cantava para ela, com seus olhos verdes...ou seriam azuis?


I need an easy friend
I do... with an ear to lend
I do... think you fit this shoe
I do... but you have a clue

I'll take advantage while
You hang me out to dry
But I can't see you every night
Free, I do...

I'm standing in your line
I do... hope you have the time
I do... pick a number too
I do... keep a date with you


E a canção dizia tudo...

E eram felizes...

Boicote




Se tem uma coisa que me irrita muito é a folhetagem no trânsito. Você está indo atrasado para o trabalho, aquele caos no trânsito e aquele calor insuportável de Taubaté. Obviamente, sei da liberdade de imprensa e tals, mas e a liberdade dentro do meu carro??? Hein???
Ainda estou para ver o primeiro ser humano que gosta de receber toneladas de folhetos no semáforo. Que atire a primeira pedra..D-U-V-I-D-O!!!

Aí, você me diz: Vivian, simplesmente não aceite, oras...Simples assim. Ok, simples mesmo, mas acho que as pessoas que estão entregando não têm culpa de nada, o que acaba sendo falta de educação para com elas. Então, sugiro um boicote geral. Se todos os motoristas pararem de aceitar os folhetos, as empresas cessarão esse tipo de propaganda, não acham? pronto, falei...!!!

Hey!

Tem muita coisa acontecendo por aqui..e por ali também. E ao som de 16 toneladas e Nirvana vou dar uma atualizada aqui.
Estou oficialmente desempregada! Yes! Foi uma decisão necessária para as coisas que estão por vir..e quanta coisa!
20 de março é o dia D... Holanda, aí vou eu! Foi o dia que Deus escreveu no livro da minha vida..e quando Ele escreve, pode saber..Vai acontecer!

20 de novembro foi meu aniversário, yeah, 24...OMG! E eu não pude comemorar de melhor forma!! ( Fotos no Facebook e Orkut, para quem ficou curioso!).

2010 já está dando tchau e eu amo essa época do ano. Não por causa das luzinhas na cidade e do consumismo, não!!! É porque me sinto realizada, pois mais um ano de conquistas se finda e tenho a sensação de missão cumprida ou não. Digo que sim, tenho essa sensação agora, 2010 foi um ano de crescimento, conhecimento, encontros e muita coisa resolvida!! Em vários aspectos, rs. Em 2010, conheci muita gente interessante, que quero guardar para sempre comigo. Conheci muita coisa boa de musica e cinema e, também, lugares que queria visitar. Não tenho do que reclamar, obrigada meu Deus. Venci a maior barreira: eu mesma!

E assim termino essa postagem, com auto-estima lá em cima e sorriso no rosto. Mas calma, ainda temos 18 dias. Que venha 2011, com cabeça e coração lá na Europa!!!

Eindhoven e Alexander: só penso em vocês ( as usual...hehe)

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Something's missing

E com essa canção de fundo, ela sabia que realmente algo estava faltando...
mas também sabia que não podia sentar nas escadas segurando seu coração na mão.
Ela gostava de ver o amor, de sentir e viver. Mas sempre haveria Hank, sempre haveria Becca.
Ainda sim, something's missing. What's that?
Era estranho como o amor a fazia sofrer, mas era o amor, nãe era? Nada poderia ser pior do que nunca tê-lo encontrado, mesmo que num stud guy.

Mas de verdade, não, ela não acreditava no amor.
Contraditório, não? Mas como poderia o amor não ser?

Almoço..

Almoçar na sua fresca cozinha recém reformada acompanhada do Bono ( seu Labrador) era o que ela mais gostava nos últimos dias.

domingo, 5 de dezembro de 2010

A word is dead
When it is said,
Some say.
I say it just
Begins to live
That Day.


Emily Dickinson (1830-1886)

Heavier Things

One night, I went through heavier things...however, all of them had come from the past. I don't know why they were there, just in front of me. I could have punched them, but I didn't, a japanese guy has cooled me down.
I'm a high flying bird and and I've heard that only women bleed, yeah..maybe.

I'm a rocket girl..let me fly!

Californication - Tree Adams & Tyler Bates - Hank's Theme FULL

I guess it could be my theme song...Sometimes...



sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Lei Áurea

Em 1888, a princesa Isabel assinou a Leu Áurea no Brasil, que foi a abolição da escravatura no Brasil.
Em 02 de dezembro de 2010, Vivian também assinou a sua própria abolição!!!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Little John

Teacher says:
- John, can you name three kings that have brought peace and happiness into people's life?
-Sure, drinKING, smoKING and fucKING.

Dia down com ventania...

Some of us, we're hardly ever here. The rest of us, we're born to disappear
How do I stop myself from being just a number???
How will I hold my head to keep from going under???

Down to the wire, I wanted water but I'll walk through the fire, if this is what it takes to take me even higher. Then I'll come through, like I do when the world keeps
testing me...yeah, testing me...

How did they find me here?
What do they want from me?
All of these vultures hiding right outside my door...
I hear them whisperin..They're tryin to ride it out
They've never gone this long without a kill before.

Wheels up!!! I got to leave this evening.
Can't seem to shake these vultures out of my trail.
Power is made, by power being taken..
So I keep on running
To protect and control my situation .

Vivian, Whatcha gonna do about it ?
Whatcha gonna do about it ?
Whatcha gonna do about it?


I dunno...let me see...I feel like a crap.. I don't feel good.
V de..Ventania? Nããããão, de Vivian mesmo.


Green State, maybe...

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Admiro...

a capacidade humana de amar e odiar na mesma intensidade.
Como gosto de dizer, há uma linha tênue entre amor e ódio...
Oh, yes..there is!

Agarradinho


Achei a solução para todos os seus, os nossos problemas!!!
Compre um ursinho agarradinho que fala o seguinte:
I LOVE YOU!!!

Pronto. Você nunca mais vai se sentir sozinho ou mal amado... ; )
Hehe..achei tão fofinho

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

24...

Dentro de um mês e alguns dias terei 24 anos. Não, isso não me anima nem um pouco.
Há muito pela frente e viver é bom demais, a melhor coisa que existe! E a cada novo dia, uma nova experiência e lição; eu gosto da vida...cada vez mais liberdade (ou não), mais sabedoria e mais intimidade, consigo mesmo ou com o outro. Isso é a vida!
Meus útimos dias foram repletos de momentos, conversas, encontros, cenas e músicas que encheram minh'alma.
Por outro lado, sinto falta dos pasmos essenciais. Já dizia Fernando Pessoa, que eles são fundamentais. O que são Pasmos essenciais??? Seriam espantos diante do que é novo, desconhecido.
"Pelo espanto os homens chegam agora e chegaram antigamente à origem imperante do filosofar"

O poeta Fernando Pessoa chama esse espanto de pasmo essencial em seu poema O meu olhar:

O meu olhar é nítido como um girassol
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de vez em quando olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem
Sei ter o pasmo essencial
Que tem um acriança se, ao nascer,
Reparasse que nascesse deveras...
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do Mundo..

Adotar uma atitude filosófica é olhar as coisas como se fosse pela primeira vez, é ficar admirado, espantado. Para uma criança pequena essa emoção é natural porque ela realmente está vendo o mundo pela primeira vez, mas não é tão natural para a maioria dos homens, pois eles já estão anestesiados pelo cotidiano de suas vidas. Segundo o senso comum, espantar-se diante do que "já se conhece" é loucura. É disso que sinto falta!

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Bebel Gilberto. So Nice.

Comer Rezar Amar


Três ações fundamentais em nossas vidas.
O filme é uma adaptação do livro bestseller "Eat Pray Love". Baseado no livro de Elizabeth Gilbert , 'Comer, rezar, amar' estreiou na semana passada. Escrito e dirigido por Ryan Murphy, o filme conta a experiência de vida da autora. Liz (Julia Roberts), sozinha e confusa após dois relacionamentos desfeitos, decide dar a volta por cima e descobrir um novo rumo para sua vida fazendo 3 coisas - comendo, rezando e amando.(Ela se vê numa crise de perda de equilíbrio e insatisfação crônica, as quais eu suuper me identifiquei). Que fique claro que eu não estou fazendo uma crítica aqui, nem sou profissional de cinema para isso, mesmo porque a crítica está detonando o filme e eu adorei. E daí???
Para a primeira e deliciosa tarefa, vai à Roma atrás das massas, alcachofras, presuntos, queijos, pizzas e bons vinhos, é claro. Sem falar no aprendizado do italiano. Uma cena ótima acontece na barbearia, quando o humorado italiano a ensisa a falar italiano de verdade: fala-se com as mãos!!! Alguns quilos a mais a obrigam a trocar o jeans por um número maior. Depois vem o poder da reza num centro de meditaçao na Índia, onde aprende muita coisa, principalmente ao conhecer Richard (o ótimo Richard Jenkins) e descobrir que nao é só ela que tem problemas na vida. Não, eu não achei o filme apelativo no quesito "Hinduísmo".
Mas a última e melhor parte está reservada para o paradisíaco cenário de Bali, onde um xamã lhe dá dicas de vida em troca da arrumação de seus preciosos manuscritos de uma vida inteira. E é lá também que encontra o amor na figura do brasileiro Felipe (Javier Bardem, e fiquei sabendo ele teve que tomar aulas de português para modificar o sotaque do inglês das suas falas). Acredito que José Mayer ficaria beeem melhor nesse papel. ; )
Trilha sonora? Ahh, a trilha sonora é apaixonante...Bossa-novista, conta com Tom Jobim, Bebel Gilberto, Josh Rouse e Eddie Vedder. Quer mais? Assista. Se você gostar de viajar, assista duas vezes!

Confira:
1. Flight Attendant - Josh Rouse
2. Last Tango In Paris (Suite Pt. 2) - Gato Barbieri
3. Thank You (Falettinme Be Mice Elf Agin) - Sly & The Family Stone
4. Der Holle Rache Kocht In Meinem Herzen from "Die Zauberflote" (The Magic Flute) [Performed by Wiener Philmarmoniker, George Solti, Conductor]
5. Heart Of Gold - Neil Young
6. Kaliyugavaradana - U. Srinivas
7. The Long Road - Eddie Vedder with Nusrat Fateh Ali Khan
8. Harvest Moon - Neil Young
9. Samba De Bencao - Bebel Gilberto
10. Wave - Joao Gilberto
11. Got To Give It Up (Part 1) - Marvin Gaye
12. 'S Wonderful - Joao Gilberto
13. Better Days - Eddie Vedder
14. Attraversiamo - Dario Marianelli
15. Augusteum - Dario Marianelli [Pre-orders only]

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Algo estranho, muito estranho está acontecendo comigo, mas sei que é para o meu bem!

sábado, 2 de outubro de 2010

Will you lift me up of this blues...won't you tell me something true...?

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Vicky Cristina Barcelona (yeah..again...So what?)


Vicky and Cristina decided to spend summer in Barcelona. Vicky was completing her master in Catalan Identity in which she became interested in due to the great affection to the architecture of Gaudi.
Cristina, who spent the last 6 months writing, directing and acting in a 12-minute film that she had hated, had just broken up with another boyfriend and longed for a change of scenary (so did I).
Everything fell on the place when a relative of Vicky, who lived in Barcelona, invited them to spend summer there.
Vicky had no tolerance for pain and no lost for combat. She was grounded and realistic. From a man, she required seriousness and estability.
Cristina, on the other hand, expected something different from love, she accepted suffering as an ingredient of passion and resigned to put her feelings in risk. If you asked her what she was gaining putting her emotions in risk she wouldn't be able to say. She knew what she didn't want and it was exactly what Vicky valued most.


And both of them are pretty much who I am.

Lessons...

One week ago...
Life was teaching me a new lesson.
One week later...
Lesson learned!

Some lessons are not easily taught, they are painful. And life seems to be heartless most of the time...
Ok, I'm still wet behind the ears and all thumbs as well..But I'm ok. I'll learn!


Life goes on...

domingo, 26 de setembro de 2010

Piada do dia...

Lula elogia a democracia venezuelana!!!!!


Oh, My Gosh!!!

sábado, 25 de setembro de 2010

John Mayer - Ain't No Sunshine (cover)




No comments...

John Mayer...

It's worth a look (a hundred times!!!)


http://www.ustream.tv/recorded/9296705

Sent by Jens

Just love it!!!!
Ain't no sunshine when she's gone!!!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

MOTEL

Um aluninho chega para mim e fala:
-Teacher, eu finalmente descobri o que é motel.
Eu, assustada,respondi:
-É mesmo?! E quem te ensinou isso?
-Minha prima..ela me disse que é um hotel para motos!

Essas crianças...

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Um dia pretendo tentar descobrir porque é mais forte quem sabe mentir...

Mas ainda acredito na verdade, apesar de tudo e de todos.

domingo, 19 de setembro de 2010

It's complicated...


Uma comédia meio romântica e com um final bem legal! Gostei das cenas (embora meio cortadas e confusas) e da maneira que a história aborda a vida sentimental de pessoas de meia-idade ou pós- divórcio. Há momentos bem burgueses (croissants, reforma da casa) e bem liberais(festas e marijuana).
Enfim, o filme mostra que nunca é tarde para se apaixonar, desapaixonar, paquerar, pegar, desapegar...entre outras coisas... (Ah, come on..I'm only 23!!! Yeah!)
Claro que as feministas de plantão não devem assistir a um filme de Nancy Meyers, however, a atriz principal não se mostra tão "amélia", assim...

Legalzinho para um domingo à noite...

O mundo dá voltas...

Às vezes eu acho que vivo num mundo a la Amelie Poulain...fico confabulando e configurando coisas. Mas tem coisa que a gente pensa e acontece; sai da imaginação e vira realidade.
Eu, certa vez, sonhei (entenda sonhar como sonhar dormindo e acordada) com um francês, ele apareceu. Sonhei com um lobo, ele também apareceu. Muitas outras vezes, criei situações e elas também aconteceram!
O divertido nisso tudo é que o mundo dá voltas (isso é clichê até...mas é a pura verdade!) e você encontra pessoas que não espera, relembra coisas que pensava ter esquecido e até ri de algo que já te fez ficar com raiva ou até mesmo sofrer. Isso me faz refletir bem sobre o que deixamos e fazemos a cada um que passa na nossa vida, pois ela é uma Roda Viva e vai voltar! Ao mesmo tempo que cada oportunidade é única! Pode escrever!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Tem dias que a gente se sente...

Mal, muito mal.
Triste, muito triste.
Inútil, muito inútil.
Feliz, muito feliz.
Amada, muito amada.
Importante, muito importante.
Feia, muuuito feia.
Linda, muito linda..
e por aí vai...

Mas como dizia Chico: "tem dias que a gente se sente como quem partiu e morreu. (Em Roda Viva, que, na minha humilde opinião, deveria ter ganhado o festival de 67!!!

Como você se sente hoje?

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Coisas chatas...

Tão chato quanto barulho de torneira pingando na hora de dormir ou o sino da igreja ao lado da minha casa tocando aquela "Ave Maria" chatíissima e altíssiiiiiimaaaa é assistir ao "SEX AND THE CITY 2". O primeiro filme até que salva, o seriado, nem perco tempo assistindo, mas o segundo longa é um porre!!! O pior de tudo é que se você assistir à versão legendada, tem que aguentar a voz insuportável de Sarah Jessica Parker!!! Mais irritante que isso, somente a própria!
Pela primeira vez eu preferia uma versão dublada, não, acho que não poderia ser pior.
O filme explora a moda de forma esdrúxula e fútil, coisa que a moda não é! Uma história fraca e repleta de confltos mais fracos ainda...
Durante o filme, eu pensava: "Quem me dera agora eu tivesse uma viola para cantar!"

Enfim, ainda bem que não consegui ver o filme no cinema, teria sido beeeem pior!
Sem falar em outras coisas chatas. O que tira você do sério???

Fim de feriado, voltemos à realidade.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

16 Toneladas

16 Toneladas - Noriel Vilela

Sente este samba quente
Que é muito legal
É super pra frente
É bem genial

Embalo como este
Só quem vai curtir
Quem não se machucar
Quando deixar cair

Por isso vem, vem
Embale na nossa
Este balanço
Tira qualquer um da fossa
Ele é um barato e é da pesada
Esse é o famoso 16 toneladas

Eu bolei o ano inteiro
Este samba pra frente
É gostoso paca
É um samba decente

Segure esta conversa
Segure a jogada
Quem não gosta de samba
Não gosta de nada

E a curtição
No samba empolgado
É o flamengão
Num estádio lotado
Turma da pesada
Que segura a parada
Esse é o famoso 16 toneladas

Sente este samba quente
Que é muito legal
É super pra frente
É bem genial

Embalo como este
Só quem vai curtir
Quem não se machucar
Quando deixa cair

Por isso, vem, vem
Embale na nossa
Este balanço
Tira qualquer um da fossa
Ele é um barato e é da pesada
Esse é o famoso 16 toneladas

Eu já dei o meu recado
Agora vou me mandar
Vou refrescar a cuca
Pra poder incrementar
Porque cuca cansada
Só dá confusão
Onda de pirado
Deixa a gente na mão

Por isso nem vem
Não vai me encontrar
Agora estou na minha
Pois estou devagar
Já disse o que queria a toda rapaziada
Ai, oh ... é o 16 toneladas

Feriado prolongado e Uma Noite em 67.

Nada melhor quem um feriado longo como foi esse de 7 de Setembro.
Nada melhor que visitar a comoção da minha vida: São Paulo.
Mas na verdade o que fiz foi um mergulho pela MPB. Principalmente o nosso samba rock, isso inclui cinema e um lugar chamado Saravejo...diferente, mas beeemm bom..Bem pra frente e quente, eu diria!

Para quem quer saber mais, há algo rolando que devemos assitir: Uma noite em 67.
Era 21 de outubro de 1967. No Teatro Paramount, centro de São Paulo, acontecia a final do III Festival de Música Popular Brasileira da TV Record. Diante de uma plateia fervorosa - disposta a aplaudir ou vaiar com igual intensidade -, alguns dos artistas hoje considerados de importância fundamental para a MPB se revezavam no palco para competir entre si. As canções se tornariam emblemáticas, mas até aquele momento permaneciam inéditas. Entre os 12 finalistas, Chico Buarque e o MPB 4 vinham com “Roda Viva”; Caetano Veloso, com “Alegria, Alegria”’; Gilberto Gil e os Mutantes, com “Domingo no Parque”; Edu Lobo, com “Ponteio”; Roberto Carlos, com o samba “Maria, Carnaval e Cinzas”; e Sérgio Ricardo, com “Beto Bom de Bola”. A briga tinha tudo para ser boa. E foi. Entrou para a história dos festivais, da música popular e da cultura do País.

“É naquele momento que o Tropicalismo explode, a MPB racha, Caetano e Gil se tornam ídolos instantâneos, e se confrontam as diversas correntes musicais e políticas da época”, resume o produtor musical, escritor e compositor Nelson Motta. O Festival de 1967 teve o seu ápice naquela noite. Uma noite que se notabilizou não só pelas revoluções artísticas, mas também por alguns dramas bem peculiares, em um período de grandes tensões e expectativas. Foi naquele dia, por exemplo, que Sérgio Ricardo selou seu destino artístico ao quebrar o violão e atirá-lo à plateia depois de ser duramente vaiado pela canção “Beto Bom de Bola”.

O documentário Uma Noite em 67, dirigido por Renato Terra e Ricardo Calil, mostra os elementos que transformaram aquela final de festival no clímax da produção musical dos anos 60 no Brasil. Para tanto, o filme resgata imagens históricas e traz depoimentos inéditos dos principais personagens: Chico, Caetano, Roberto, Gil, Edu e Sérgio Ricardo. Além deles, algumas testemunhas privilegiadas da festa/batalha, como o jornalista Sérgio Cabral (um dos jurados) e o produtor Solano Ribeiro, partilham suas memórias de uma noite inesquecível.

Agora se você quer somente "ouvir", algumas sugestões de samba rock e soul que não saem da minha cabeça: Tim Maia com Imunização Racional e Bom Senso; Seu Jorge com Carolina; 16 toneladas uma versão de Tenessee por Noriel Vilela entre outros...Ah, isso sim é música boa! Que feriado mais cult, rs, cheio de paz e amor! Nossas raízes têm que ser mais valorizadas, apesar dos pesares...


Já virei calçada maltratada
E na virada quase nada
Me restou a curtição
Já rodei o mundo quase mudo
No entanto num segundo
Esse livro veio a mão

Já senti saudade
Já fiz muita coisa errada
já pedi ajuda
já dormi na rua
Mas lendo atingi o bom senso
Mas lendo atingi o bom senso
A imunização racional..



sexta-feira, 27 de agosto de 2010

A vida pós-faculdade




Depois que a gente se forma, além da sensação de missão cumprida (pelo menos por enquanto) e de vitória são indescritíveis. Juntamente a elas, vem aquela infinita lista de "coisas que vou fazer quando terminar a faculdade..." Não é?
Enfim, algo que eu estava prometendo a mim mesma já faz mais de um ano era..mudar o visual, já fui de ruiva channel clássico a loiros longos selvagem. Ultimamente, estava com o cabelo quase "virgem" denovo, com uma pequena franja de lado, cumprimento médio. O cabelo crescia e mais eu me apegava a ele, mas sempre paquerava um corte aí..o que faltava? Coragem!
Hoje à tarde, ao sair de um lugar mágico, a locadora,rs, resolvi ver minha amiga Milaine Mãos de Tesoura, the best!
Resultado: Ela e a Sabrina me deram força, coragem e muuito apoio moral. Fiz o corte que eu tanto queria!!!
Agora, preciso voltar para a academia... dois itens da lista já se foram.E a sua lista, como está?

Como começar bem seu dia...

Há várias maneiras e não existe receita certa...
Eu sempre começo com uma oração : "Bom dia, Espírito Santo"

Mas há aqueles dias em que o corpo não quer sair da cama de jeito nenhum. Também não é nenhuma novidade que eu sou suuper notívaga.
Então o que fazer aqui às 8 da matina, Vivian? Hoje eu vou ao médico...rs.
Esta manhã por exemplo, além de acordar pelo som de U2 no celular, uma bela mensagem do meu lindo, eu ouvi beeem alto as seguintes canções...amigo, acredite em mim: É IMPOSSÍVEL FICAR NA CAMA COM UM SOM DESSES!!!!Confira:






E a mais bela de todas:


Quem gosta de cinema, alguma lembrança??? Não é mera coincidência!!!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Contagioso...

Eu sou uma pessoa apaixonada. Sempre fui, desde criança. Apaixonada pelas coisas que me fazem bem, tais como, Literatura, Música, Poesia, Amizades, Dança, Arte etc.
Mas o melhor dessa paixão toda é descobrir que ela pode ser contagiante. Quer dizer, se o outro estiver aberto para tal.
Uma coisa que sempre tento "passar" para os outros é minha paixão pela leitura...Se tem algo que me deixa loucaaa, são os livros..Senhor, o ebook NUNCA vai substituir a relação sexual que tenho com o livro: nos cheiramos, beijamos, tocamos, agarramos, nos escancaramos um para o outro, sem reservas, até chegarmos ao clímax...Até suspiro em pensar em "Água Viva", de Lispector...
Com a música não é diferente, apresento "coisa boa" aos mais queridos e fico realizada quando percebo que também tomaram gosto pela "coisa".
Ultimamente, minha vítima foi meu amigo Augusto, embora ele seja beeeem mais romântico que eu...
Vejam só:
"Vou encontrar meu verdadeiro amor...Nem que tenha que dar um prazo dilatado ao tempo"

Seja apaixonado, amante...Sempre!
As paixões me sustentam e me fazer sorrir, sossir (sorrir com tossir, porque estou com uma tosse daquelas!!!), me fazem viajar sem sair do lugar!

Mini -diálogo

- Sabe, estou me sentindo um peixe fora d'água aqui.
Uma sábia responda:
- Não, você não está se sentindo um peixe fora d'água; está se sentindo um peixe que precisa sair do aquário.


Sábias palavras...preciso sair do aquário. Já abri a tampa!

Poeminha estrelar

"Se tiver estrelas
A gente olha;
Se não tiver
a gente vem embora."

By Leo Knupp...

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Oktoberfest/ Campos


Poxa, estou com vontade ir, mas parece que está tudo cheio...
Será que conseguimos um lugar ainda, Fábio? E agora, José?
- Mas, afinal, o que vou fazer lá? Eu não bebo mesmo!

-Nossa, quanta ignorância, vai ver o mundo, mulher!


Sabe que...eu quero conhecer psicologia, psicanálise mais a fundo e o mundo dos homens também. Mas antes quero conhecer os homens do mundo!!! Rsrs.

Fui, aliás, vou para Campos hoje denovo...este inverno estou batendo meu recorde!!!
Vamos sentir frio lá e ouvir um bom rock'n roll? Let's?

Preciso falar sobre...

Amor próprio, livros, Sampa, salsa, The Shawshank Redemption, France...

Preciso me dedicar mais ao meu blog, aliás, como diz a K. terapia custa caaaaro!

Bjo, gente!

Ah, não votem na Dilma, ok??

terça-feira, 17 de agosto de 2010

News...

Tenho novidades! A maior delas: Vicky despachou Juan Antonio da vida dela e foi ser feliz!!! Garota forte!


Volto depois...

Use somebody...Yeah..just do it!

Kings Of Leon ( estou ouvindo no momento...)

I've been roaming around
Always looking down at all I see
Painted faces, build the places I can't reach

You know that I could use somebody
You know that I could use somebody

Someone like you, and all you know, and how you speak
Countless lovers under cover of the street

You know that I could use somebody
You know that I could use somebody
Someone like you

Off in the night, while you live it up, I'm off to sleep
Waging wars to shake the poet and the beat
I hope it's gonna make you notice
I hope it's gonna make you notice

Someone like me
Someone like me
Someone like me, somebody

Someone like you, somebody
Someone like you, somebody
Someone like you, somebody

I've been roaming around,
Always looking down at all I see

domingo, 8 de agosto de 2010

Fatos...

Assim como a vida é um jogo, ela tem suas partes, fases e regras.

Eu andei perdendo umas jogadas, no amor denovo, claro. Mas tudo bem, sábado que vem o jogo recomeça... Vale lembrar a frase de "Beautiful Day":

What you don't have you don't need it now, don't need it now, don't need it now...


Yeah, I don't need it!

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Dilema...

Dúvida cruel:
Ilhas Maldivas ou Alpes Austríacos...


Para onde você iria?

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

The Red Dragon


What a great movie!!!


Such a sleek conversation and he was behaving as a hog, of course, he had been raised in a herd...He also enjoyed citing Shakespeare, which was a try of cribbing, the ones that were akin to what his grandma used to tell him before going to bed. He was a dullard, but had a great taste for music, his place was always surrounded by Eerie instrumental songs too...

Gotta go for Hannibal now. Have you seen the silence of the lambs? Must see!

O reencontro


Ela sempre soube que Juan Antonio voltaria. Sempre temia este encontro, pois não sabia ao certo como e quando ocorreria. Num dia comum e frio, ela sai para o trabalho. Ao estacionar o carro, avista Juan Antonio. Sem reação, foge dele e se concentra na conversa com outras pessoas. Em uma fração de segundo, resolve olhar para trás e o avista novamente. Ele tinha ido até a esquina e voltara. Vicky não se controla, sai correndo e o chama. Ela sentia um misto de ódio, amor, saudade, mas precisava perguntar o que ele fazia ali, naquela região.
Ele, por outro lado, não a havia reconhecido, ela estava morena agora. Ao avistar Vicky, ela a abraçara fortemente...Ela, frágil tremia toda, mas estava com todas as pedras na mão...Porém, Juan Antonio, com seu jeito sedutor e descontraído a derreteu em menos de 2 minutos. Disse que estava ali para vê-la, somente isso. Durante o diálogo, ela se sentia numa outra dimensão. Embora sempre soubera, dentro de si, que isso aconteceria, ela não esperava a surpresa que aquela tarde fria a reservara. Ficou confusa e estranha. Ele dissera isso: foi tudo confuso e estranho...Ela reforçara: mais confuso que estranho, na verdade.
Ele forçara um contato, ela relutou e resistiu! Yes, foi forte, garota!
No fim, ela não sabia como se despedir: Tchau, até logo, a gente se fala, até nunca mais! A última opção era a preferida, mas ela, no fundo, sabia que não seria a mais apropriada.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Juan Antonio is back in Vicky's life!!!


Oh my gosh!!!

Life is just a game...

" Deixa acontecer naturalmente,
que eu não quero ver você chorar.
Deixe que o amor encontre a gente,
nosso caso vai eternizar"


A vida é um jogo e uma ironia também. Tenho aprendido várias lições nas últimas semanas: lições de vida, de amor, de ansiedade, de carinho, amizade entre outros que as palavras não podem nomear. Aprendi a dar mais valor à vida também. Tudo em conversas, simples conversas, daquelas que atingem profundamente a alma e nos edificam.
Por falar em ironia...Eu, que odeio pagode, inicio esta postagem com um trecho de uma música de (pasmem!!!)PAGODE. Deixe-me explicar, em determinado momento a música faz todo o sentido para mim (eu não estava ouvindo, ela foi tocada no lugar que eu estava)e até cantaram esse trecho para mim, ou seja, por isso a postagem!
O mais legal é que no jogo da vida, você pode fazer o que você quiser,da maneira que quiser, mas tudo tem sua consequência e você NUNCA joga sozinho. NUNCA!!! Na maioria das vezes, até acho que tem gente demais nesse jogo, viu?? Outras vezes, uns jogadores saem; outros voltam; alguns nunca voltam. Em minha vida, há um jogador que saiu, mas eu sempre soube que voltaria...E voltou no dia que eu menos esperava.
Esse dia foi hoje! Senti medo, calafrio, tremi, derrubei bolsa e tudo mais. Foi melhor do que eu esperava, como diz Hugh Grant, "Surreal but nice". Não entendi, parecia que não era verdade...mas fica uma reflexão... veja bem o que você faz e pensa...porque o mundo dá voltas! Muitas voltas!!!
Descrevo o retorno desse jogador amanhã! Que recomece o jogo!! Não pode parar!

terça-feira, 27 de julho de 2010

Peace...

I'm sick of hearing again and again that there's gonna be peace on Earth...
I'm sick of hearing again and again that there's gonna be love on Earth...
I'm sick of hearing again and again that there's gonna be a good time...
I'm sick of hearing again and again that there's gonna be happiness...
I'm sick of hearing again and again that everything is gonna be alright...
I'm sick of hearing again and again that there is a time for everything on Earth...


My time is up!!! Got it?

segunda-feira, 26 de julho de 2010

sábado, 24 de julho de 2010

On sale..


Minha loja preferida de sapatos declarou 4 dias de loucura total e muuuito desconto. Eu, obviamente, compareci! Estava a observar a prateleira de pares 36 quando um casal se aproxima...Então ela diz, olhando para as sapatilhas:
- Preciso provar um desse...
O babaca, digo, namorado, fala em voz alta, muito alta, quase gritando para toda a loja, repleta de mulheres, olhar enfurecida para ele:
-Você vai provar outro sapatinho desse?
- Vou, amor...Por quê?
- Não acredito, você já está usando um desse, só que de outra cor!!!

Ah, fala sério!!! Meninas, não levem caras como esse em lojas de sapatos, aliás, nem namorem um ogro desse...E Meninos, quanta insensibilidade e ignorância..por favor!!!


P.S. Shrek 4 está bem legal, só fazendo analogia à foto... O melhor é o flautista, rs. Coisa de gente normal, super normal !!!

quinta-feira, 22 de julho de 2010

U2 360 ° at the Rose Bowl



Ao assistir ao novo DVD do U2 (que está maravilhoso como nunca...intergaláctico até, rs), pude entender o porquê de o Bono ter caído e se machucado gravemente ao ponto de ter que passar por uma cirurgia..rs.
Há uns momentos que ele parece estar numa balada psy, imperdível! hehehe.
Enfim, U2, homens e amizade são iguais ao vinho mesmo: QUANTO MAIS VELHO, MELHOR!!!


Isso é fato!

Frase da semana (Knupp)

Amo conversar...conversar sobre coisas que nos fazem crescer, coisas que nos edificam e fazem pensar, refletir. Esta semana, ao comer esfihas, alguém especial disse:
"É melhor trabalhar com máquinas que com pessoas!"

Claro que isso virou a minha frase da semana!

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Yeah, they are coming back!!!!

A message from U2 to all the fans... Ah, Bono Vox...Deep blue eyes..so charming and sexy! Thank God, you are ok!


E por falar nisso...

E por falar em o mundo dá voltas...

A cada dia que passa, todos nós vemos a que ponto chega a maldade das pessoas, matam pais, filhos, namoradas, amigos e desconhecidos. Sem falar nas maldades em um menor grau. (Se bem que maldade pra mim é igual mentira, não tem mentirinha nem mentirona; mentira é mentira e ponto final!)
Enfim, o estranho nisso tudo é ter a oportunidade de reencontrar alguém que te fez mal, muito mal, ter a chance da falar um monte, mas ao olhar para os olhos dela(que não te encaram, obviamente, não tem caráter para isso) tudo o que eu cobnsegui fazer foi: SENTIR DÓ...MUITO DÓ...
Não sou vingativa, mas é a lei da natureza..a gente planta, a gente colhe!!!

Há coisas que só acontecem em filme. Dizem também que um bom filme (de verdade) envolve drama, amor, comédia, boa trilha sonora, terror e suspense...
Pois vivi tudo isso esta última semana.
Muito drama em PRAVDA, lágrimas rolaram na mesa e nos braços do meu mais novo amigo Diego.
Muito amor com trilha sonora e tudo, não podia ser outra: U2 de fundo.
Comédia total com Thaís, com trilha sonora também...The Beatles, Magic Numbers, Lady Gagaaaaaa, Duran Duran etc etc...
Terror??? Acho que nem tanto...Aliás, nem gosto do gênero.
Suspense, sim... um cara louco por cabelo, que se dizia taubateano e não parava de falar sobre pedagogos, filósofos, psicanalistas entre outros...
Muita alegria e diversão regada a muito líquido e chuva, muita chuva e frio (Há clima melhor?)
Muita conversa filosófica, papo cabeça e nem tão cabeça assim, rs. Claro, passeios cults, muuuito cults também. Afinal, conhecer o mundo envolve tudo: as comidas, a história, as pessoas e tudo o mais que consiste nisso.
Once again: não sou daqui, nem de lá...e não sei mesmo onde meu coração está.
Aliás, a pessoa que me perguntou isso deve estar refazendo a pergunta para si mesmo agora. É, o mundo dá voltas...

Back to reality -



Viajar é bom demais, uma das melhores coisas da vida!!!
O tristEEEE é voltar...ai, o que eu estou fazendo aqui nesse fim de mundo, gentEEEE??? (o E maiúsculo no fim das palavras é para enfatizar o sotaque).

This time, Vicky Cristina didn't go to Barcelona, but to Curitiba.
Vicky didn't meet Juan Antonio there, but Eduardo.


Falo mais sobre isso depois...tenho que preparar aulas agora.
A trip to remember, guria! ; )

That's true...

Pode ser que um dia eu ouça esta canção novamente e pense:
-Ah, nada a ver...
To be really honest, no momento..é a mais pura verdade!

Oh, maybe I think maybe I don't
Maybe I will maybe I won't
Find my way this time
I hear you're calling me soon
One of these days
Some of these days, and somebody pays
It happens all the time
I'll be leaving, believing you wanted me to

And maybe I'm a fool for walking in line
And maybe I should try to lead this time
I'm an honest mistake that you made
Did you mean to?
Did you mean?
Oh, did you mean?

Love is just a game
Broken all the same
And I will get over you
Love is just a lie
Happens all the time
Swear I know this much is true

Oh, and they coloured you up
They coloured you down, they coloured you in
And I've been waiting so long
To take you home

And maybe I think, maybe I don't
Maybe I will, maybe I won't
Find my way tonight
But I hear you're calling me soon

segunda-feira, 12 de julho de 2010

I feel numb


I feel sad, I feel anxious, I feel happy, I feel eager, I feel hate, I feel love, I feel good, I feel bad, I feel revenge, I feel hot, I feel hungry, I feel thirsty...

Don't move, Don't talk out of time, Don't think, Don't worry, everythinhg is just fine, just fine.

I feel nervous, I feel angry, I feel desperate, I feel lonely, I feel cold, I feel lovely, I feel loveless, I feel useless....

Don't grab,Don't clutch, Don't hope for too much, Don't breathe, Don't achieve
Or grieve without leave.

I feel observed, I feel checked, I feel mistrusted, I feel crap.

Don't check,Just balance on the fence,Don't answer, Don't ask,Don't try and make sense.

I feel cold, I feel angry, I feel lonely, I feel loser, I feel shame...

Don't whisper,Don't talk,Don't run if you can walk,Don't cheat, compete
Don't miss the one beat.

I feel excited, I feel good humored, I feel glad, I feel loved, I feel light...

Don't travel by train, Don't eat, Don't spill, Don't piss in the drain,Don't make a will.

I fell you, I feel him, I feel her, I feel them, I feel it, I feel us, I don't feel myself.

Don't fill out any forms, Don't compensate, Don't cower, Don't crawl, Don't come around late, Don't hover at the gate .

I feel awkward, I feel strange, I feel weird, I feel flabbergasted, I feel lazy, I feel lively, I feel God.

Don't take it on board,Don't fall on your sword,Just play another chord
If you feel you're getting bored, I feel numb, I feel numb
Too much is not enough
I feel numb
Don't change your brand Gimme what you got, Don't listen to the band
Don't gape Gimme what I don't get, Don't ape, Don't change your shape, Gimme some more
Have another grape
Too much is not enough
I feel numb...I feel numb.

I feel dressed, I feel formal, I feel informal, I feel rich, I feel poor, I feel normal.

Don't plead, Don't bridle, Don't shackl, Don't grind Gimme some more, Don't curve
Don't swerve I feel numb.
Lie, die, serve Gimme some more
Don't theorize, realise, polarise I feel numb
Chance, dance,dismiss, apologise Gimme what you got
Gimme what I don't get
Gimme what you got
Too much is not enough
Don't spy I feel numb
Don't lie; Don't try
Imply
Detain
Explain
Start again I feel numb...I feel numb
Don't Peak, Don't leak, Don't speak I feel numb
I feel numb
Don't project, Don't connect
Protect, Don't expect
Suggest
I feel numb
Don't jerk, Don't collar, Don't work, Don't wish, Don't fish, Don't teach, Don't reach
I feel numb
Don't borrow Too much is not enough
Don't break I feel numb
Don't fence, Don't steal, Don't pass, Don't press, Don't pry, Don't feel
Gimme some more
Don't touch I feel numb
Don't dive, Don't suffer, Don't rhyme, Don't fantasize, Don't rise, Don't lie
I feel numb



I feel numb

Don't rhapsodize, Don't be false.



I feel like a hummingbird.
I feel numb...

domingo, 11 de julho de 2010

Outlet...


A vida nos oferece muitas coisas boas, que nos faz declarar coisas assim: COMO EU AMO; EU ADORO; NÃO VIVO SEM...Mas,se tem algo que me agrada muito nessa vida são liquidações, as de grandes grifes, então, me deixam louca! Aliás, acredito não ser a única mulher que se sente assim. Certo, garotas?
É claro que não há dinheiro, cheque, MasterCard ou Visa que pague o sabor de comprar um lançamento...Porém, dá uma raiva quando você o vê, um mês depois sendo vendido por quase a metade do preço que você pagou ou ainda está pagando!!! ;/
Mas, sem sombra de dúvidas, este é o momento para ir às compras..pelo menos aqui na região do interior de São Paulo, está tudo com até 70% de desconto!!! Temos que aproveitar e valorizar o nosso dinheiro, uma vez que somos tão explorados por meio de impostos e tamanha corrupção na política brasileira.
Fica a dica...eu já fiz a minha parte, rs.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Tiring...

Estou cansada de gente chata, estranha e confusa.
Tchau! Fui passear...
Vocês deviam fazer o mesmo. ; )

domingo, 4 de julho de 2010

26 de Junho


Mais um show do Zeca Baleiro. Esse foi em São José dos Campos, no SESC. Com seu novo álbum, O Coração do Homem Bomba, o Zeca está cada vez melhor! É um poeta, compositor, músico, cantor dos mais talentosos do país, eita talento maranhense, não?
Presenciei de corpo, alma e coração!!!!
Pena que durou pouco. No momento, não paro de ouvir "Bola Dividida", do novo álbum. Dá uma olhada:

Must I.... (By Vivian not Jack Johnson)


Just wait a minute...

I was sitting, waiting, wishing...and I believed in superstitions and words of love.
I can't always be playing your fool. But I trusted you and you pulled me down...just wait a minute, you said. No, I can't wait a minute. If I were in your position, I wouldn't be so fool, cause falling in love as you were it's not easy to do.
But Lord knows that this world is cruel and I ain't the Lord, no I'm just a fool
learning loving somebody don't make them love you, even though one says he does.
I sang your songs, I danced your dance,I gave your friends and brothers all a chance
But putting up with them Wasn't worth ever having you.Maybe you've been through this before but it's my first time so please ignore the next few lines cause they're directed at you:

I can't always be waitin', waitin' on you.I can't always be playin', playin' your fool.I wonder why it has taken me so long.
But Lord knows that I'm not you and if I were I wouldn't be so cruel cause waitin' on love ain't so easy to do.

I keep playing your part but it's not my scene. I want this plot to twist
I've had enough mystery;you keep building it up but then you are shooting me down
But I'm already down.


I'm really sorry for you.
But maybe it's a little too late.

Acaso...

"Todos os términos são difíceis, mas não por acaso."

Sábias palavras de Paulo Eduardo.

terça-feira, 29 de junho de 2010

Hoje tudo está ligado.
Acordei com todos os sentimentos à flor da pele...super ligados!!!



Preciso de férias, preciso dormir, preciso de amor!

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Desligado...


Já falei aqui que acho que os sentimentos são eletroeletrônicos, não?

Geralmente são desligados quando dormimos e religados ao despertar. Há dias que eles demoram a ter energia circulando.

Hoje, está tudo desligado.
Não sinto nada... nem bom, nem ruim.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

terça-feira, 22 de junho de 2010

Meu Deus...

A coisa mais irônica deste mundo é ver um ateu, em uma situação de aperto, dizendo com a mão na cabeça:
- AI, MEU DEUS...

Já dizia uma enfermeira: "a pior coisa que já vi nessa vida foi a morte de um ateu! Não quero ver nunca mais..."


Mas eu quero, quero mesmo!!!

Saramago

Não, eu não sou fã dele...Mas reconheço a perda da Literatura Portuguesa.
Gosto bastante da obra " O Ensaio sobre a Cegueira", que um querido recomendou.

Recebi por e-mail algo de Saramago que mexeu comigo. O Professor Antonio que enviou.Vou colocar uns trechos aqui. Estou meio sem palavras depois disso.

As palavras
“As palavras são boas. As palavras são más. As palavras ofendem. As palavras pedem desculpa. As palavras queimam. As palavras acariciam. As palavras são dadas, trocadas, oferecidas, vendidas e inventadas. As palavras estão ausentes. Algumas palavras sugam-nos, não nos largam; são como carraças: vêm nos livros, nos jornais, nos slogans publicitários, nas legendas dos filmes, nas cartas e nos cartazes. As palavras aconselham, sugerem, insinuam, ordenam, impõem, segregam, eliminam. São melífluas ou azedas. O mundo gira sobre palavras lubrificadas com óleo de paciência. Os cérebros estão cheios de palavras que vivem em boa paz com as suas contrárias e inimigas. Por isso as pessoas fazem o contrário do que pensam, julgando pensar o que fazem. Há muitas palavras.
E há os discursos, que são palavras encostadas umas às outras, em equilíbrio instável graças a uma precária sintaxe, até ao prego final do Disse ou Tenho dito. Com discursos se comemora, se inaugura, se abrem e fecham sessões, se lançam cortinas de fumo ou dispõem bambinelas de veludo. São brindes, orações, palestras e conferências. Pelos discursos se transmitem louvores, agradecimentos, programas e fantasias. E depois as palavras dos discursos aparecem deitadas em papéis, são pintadas de tinta de impressão – e por essa via entram na imortalidade do Verbo. Ao lado de Sócrates , o presidente da junta afixa o discurso que abriu a torneira do marco fontanário. E as palavras escorrem, são fluidas como o «precioso líquido». Escorrem interminavelmente, alagam o chão, sobem aos joelhos, chegam à cintura, aos ombros, ao pescoço. É o dilúvio universal, um coro desafinado que jorra de milhões de bocas. A terra segue o seu caminho envolta num clamor de loucos, aos gritos, aos uivos, envolta também num murmúrio manso, represo e conciliador. Há de tudo no orfeão: tenores e tenorinos, baixos cantantes, sopranos de dó de peito fácil, barítonos enchumaçados, contraltos de voz suspensa. Nos intervalos, ouve-se o ponto. E tudo isto atordoa as estrelas e perturba as comunicações, como as tempestades solares.
Porque as palavras deixaram de comunicar. Cada palavra é dita para que não se oiça outra palavra. A palavra, mesmo quando não afirma, afirma-se. A palavra não responde nem pergunta: amassa. A palavra é a erva fresca e verde que cobre os dentes do pântano. A palavra é poeira nos olhos e olhos furados. A palavra não mostra. A palavra disfarça.
Daí que seja urgente mondar as palavras para que a sementeira se mude em seara. Daí que as palavras sejam instrumento de morte – ou de salvação. Daí que a palavra só valha o que valer o silêncio do acto.
Há também o silêncio. O silêncio, por definição, é o que não se ouve. O silêncio escuta, examina, observa, pesa e analisa. O silêncio é fecundo. O silêncio é a terra negra e fértil, o húmus do ser, a melodia calada sob a luz solar. Caem sobre ele as palavras. Todas as palavras. As palavras boas e as más. O trigo e o joio. Mas só o trigo dá pão”.

“As Palavras” in Deste Mundo e do Outro – Crónicas
Caminho - 1986


And he said...I'm falling in love with you.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Verde e Amarelo.


Ontem a seleção brasileira fez sua estreia (será mesmo?) na copa do mundo de 2010.
As aulas foram canceladas e eu não trabalhei. Tudo para assistir ao jogo. Após o almoço, resolvi fazer a minha tão querida "siesta". Acordaria um pouco antes do jogo, me arrumaria e iria para a casa da Milaine ver o jogo. Confesso que quando o celular despertou, senti uma vontade imensa de ficar na minha cama, que certamente estava mais agradável que tudo...principalmente um jogo de futebol. Mas aí, pensei: poxa, é meu país que vai jogar, primeiro jogo, vou estar com minhas amigas, comendo e dando risadas...ok, eu vou! Ah, que joguinho mais sem vergonha...antes tivesse ficado dormindo. ; o (confesso que o fator 'amigas' foi o mais motivante de todos).
Mas isso não foi o pior. O pior foi o retorno ao trabalho. As avenidas (a Itália principalmente) estavam um caos; pareciam o rascunho do inferno em Terra mesmo! Um povo feio, ridículo, bebendo, dançando, batendo no carro dos outros e congestionando o trânsito da cidade que tentava voltar ao normal. Um sentimento tão grande de revolta tomou conta de mim. Afinal, o que esses babacas estão comemorando? Mesmo que fosse uma goleada, o que comemorar??? Tamanha foi a minha indignação que eu queria sair do carro e falar um monte de verdades para todo mundo, mas não o fiz, seria morta ali...naquela avenida que tanto trabalho!
Desde quando, quem, onde e como o patriotismo tem a ver com...com...arghh futebol??? Perderam-se os conceitos, as virtudes e as verdades...tudo está perdido!!!

Lembrei-me imediatamente de uma canção: (sim, leia até o final)


Vamos celebrar a estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja de assassinos
Covardes, estupradores e ladrões
Vamos celebrar a estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar nosso governo
E nosso Estado, que não é nação
Celebrar a juventude sem escola
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião
Vamos celebrar Eros e Thanatos
Persephone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade.

Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta de hospitais
Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras e seqüestros
Nosso castelo de cartas marcadas
O trabalho escravo
Nosso pequeno universo
Toda hipocrisia e toda afetação
Todo roubo e toda a indiferença
Vamos celebrar epidemias:
É a festa da torcida campeã.(foi bem isso)

Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar um coração
Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado de absurdos gloriosos
Tudo o que é gratuito e feio
Tudo que é normal
Vamos cantar juntos o Hino Nacional
(A lágrima é verdadeira)
Vamos celebrar nossa saudade
E comemorar a nossa solidão.

Vamos festejar a inveja
A intolerância e a incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer a nossa gente
Que trabalhou honestamente a vida inteira
E agora não tem mais direito a nada
Vamos celebrar a aberração
De toda a nossa falta de bom senso
Nosso descaso por educação
Vamos celebrar o horror
De tudo isso - com festa, velório e caixão
Está tudo morto e enterrado agora
Já que também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou esta canção.

Venha, meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão.
Venha, o amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera -
Nosso futuro recomeça:
Venha, que o que vem é perfeição


O que ecoa no meu peito é:
É a festa da torcida campeã.

A MINHA lágrima é verdadeira.
Não, eu gosto do meu país...não gosto das pessoas dele.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

" Se o amor que morreu dentro dela ainda 'Vivian' em mim."

Gostei do trocadilho..rs.

Sinto um gosto amargo

O vinho podre que escorre das xícaras
O mel amargo, o meu coração
De onde quer que tudo venha
Tudo irá pra onde nada nunca se alcança
De onde quer que tudo venha
Tudo irá pra onde nada nunca se alcança

Tenho a memória de tudo que existe
Tudo que é triste e alegre ou não
Eu guardo as flores mortas na sala
Eu faço sala pro tempo
Eu guardo as flores mortas na sala
Eu faço sala pro tempo

Ainda que tarde, agora que é tarde
Sempre é cedo, cedo
Ainda que tarde, agora que é noite
Eu sinto medo...


Uma voz familiar me diz: Cuidado com o tombo!!!

Yellow

Há uma música que eu ouço e lembro de uma amiga, talvez porque essa canção tocou no casamento dela e também, com certeza, porque eu gosto demais dela: a Milaine.

It was all yellow...maybe I'm living a yellow moment too, maybe blue. I really don't know...search me!!!


sábado, 12 de junho de 2010

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Filtro e influências.



Como disse na postagem anterior, amizade é uma das coisas mais importantes para mim. Outra coisa que gosto muito e pode ou não estar ligada à esse tipo de relacionamento é conversar.Nada como uma boa conversa, com conteúdo, reflexão e ideias ( odeio esse novo acordo ortográficooooo!!!!) expostas e compartilhadas. Esta semana, numa manhã mais do que fria, eu tomava um chá e compartilhava Trakinas e Passatempo com um colega de trabalho. Falávamos sobre várias coisas, como casamento, religião, fé e claro DANÇA!!! Na conclusão da conversa no intervalo de trabalho, ele disse algo que eu sempre pensei, mas poucas pessoas pensam dessa forma. Ele disse que de todas as pessoas que passaram pela vida dele ( namoradas, amigos, colegas, vizinhos, alunos etc) deixaram suas influências. Cabe a nós filtar o que é bom e o que é ruim. Cabe a nós sermos sábios o suficiente para absorver o que nos interessa. Dessa forma, tive algumas influências também; você também teve. Uma delas foi a paixão pelo cinema, que na verdade sempre existiu, mas estava adormecida. Hoje, uma das minhas maiores paixões é o cinema, principalmente filmes alternativos e polêmicos.
Sendo assim, eu não poderia deixar de mencionar um grande artista que completa 47 anos hoje. Famoso por seus diversos papéis, que melhor seriam chamados "metamorfoses", também por seu charme e seu jeito excêntrico e reservado de ser, um dos melhores atores do século: JOHNNY DEPP. A crítica de cinema não deixa dúvidas, o cara é bom mesmo. Eu, super fã, sou suspeita de qualquer comentário. Por isso, para não ficar somente em minhas palavras, deixo aqui sua filmografia...confira você mesmo!

FILMOGRAFIA

2011 Piratas do Caribe 4

2010 The Imaginarium of Doctor Parnassus

2010 The Rum Diary

2010 Alice No País das Maravilhas (Alice In Wonderland)

2009 Public Eminem

2008 Shantaram

2008 Sin City 2

2008 Sweeney Todd

2007 Piratas do Caribe-No fim do mundo

2006 Piratas do Caribe- O baú da morte

2006 Deep Sea 3D

2005 A fantástica fabrica de chocolates

2005 A noiva cadáver

2005 O libertino

2004 Em busca da terra do nunca

2004 A janela Secreta

2003 Ils se marièrent et eurent beaucoup d'enfants

2003 Era uma vez no México

2003 Piratas do Caribe- A maldição do pérola negra

2002 Lost in La Mancha (documentário)

2001 Do Inferno

2001 Profissão de risco

2000 Chocolate

2000 Porque choram os homens

2000 Antes do anoitecer

1999 A lenda do cavaleiro sem cabeça

1999 Enigma no espaço

1999 O último portal

1998 Absolutamente Los Angeles

1998 Medo e Delírio

1997 O Bravo

1997 Donnie Brasco

1996 Cannes Man

1995 Tempo esgotado

1995 Dead man

1995 Don Juan De Marco

1994 Ed Wood

1993 Aprendiz de Sonhador

1993 Benny e Joon- Corações em conflito

1993 Arizona Dream

1991 Freddy's Dead : The final nightmare

1990 Eduard mãos de tesoura

1990 Cry baby

1986 Platoon

1986 Queimando-se lentamente

1985 Férias do barulho

1984 A hora do pesadelo

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Lunch...

Se há uma coisa que eu cuido nessa vida é amizade. Quando antiga, melhor ainda.
Hoje me reuni para almoçar com as amigas do tempo da faculdade, mas que não ficaram no tempo da faculdade. Entende? Foram, são e serão sempre amigas. Daquelas boas mesmo, principalmente nas piores horas. Daquelas que a gente enfrenta divórcio, fossa, raiva, amor, filhos, gêmeos ou não, brigas, choros, cafés da manhã, intimidades, sonhos, decepções, quando a gente ficava sem grana na faculdade bancava o pão de queijo nosso de cada dia, que dava carona em dias de chuva, que ficava horas a fio conversando sobre a vida, enfim, não importa a situação elas estão lá...talvez não tão presentes fisicamente, mas sabemos que podemos ligar a qualquer hora. Claro, ninguém é perfeito. Às vezes há uma palavra aqui, outra ali que a gente não gosta, mas a fidelidade e amizade são o que prevalecem.
Como é bom ouvir boas novas daqueles que gostamos. Engraçado que todos falam: você não vê a hora de terminar a faculdade, mas quando terminar vai sentir saudades...eu ainda não senti, rs. Mas das amizades, isso sim.

Meninas, amei o almoço e amo vocês...pena que a Ju não foi : (

Também amei ouvir as novidades...

Yeah...we had a nice afternoon...

sábado, 29 de maio de 2010

The silence of the lambs

When I think of the future, I think about Ireland.

I also think about silence..the silence that has been surrounding my soul lately.
I wouldn't call it a spook..calm down I'm still sketching it. Can't describe what I feel. My cell phone rings. I answer it. She says she is already there. Ok, what should I do now?

There was a huge slippery of mine last Friday and I realized something, petty conclusion maybe...they only think about the smell of our cunts...believe me.

Petty ideas, as usual. But how do you start to covet? We covet what we see, right?
EXACTLY!

That's why I wish I could be a drifter person, no strings attached...but I'm not.
I'm about to embody a kind of "quid pro quo" ideology. Who cares? Nobody does. That's life after all.
I try to see life as clear as possible, but there some types of moths here. Excuse me!!!
I'm getting tired of it... sodomize, fellatio, hissings...ah hold on a sec, I'll throw up! tranvestites were on the spot this afternoon...what the hell were they doing there?
Actually, some people will never change...they will be forever young, fledgling lovers. They treat us as mere turnkeys...
Next time I'll make my own affidavit, u know..
Did you try to doom me? I'm sorry...
Keep creeping then...I have much to say, but as a lamb I'd rather be quiet now.

quid pro quo!!!

domingo, 16 de maio de 2010

Band-Aid

Mulher carente se comove até com um Band-Aid. Não é?

- Alguém tem um Band-Aid?
Alguns minutos depois...
- Fui buscar um para você!

Ah, how sweet (r)!

Saturday night

Eu tenho que parar de fazer certos programas nos sábados à noite.
Ontem, por exemplo, fui à noite dos horrores no Playcenter e nem sabia ..hehehe.
Nunca vi tanta gente feia por metro quadrado. Deus me livre! Também nunca vi tanta mulher mal arrumada, com roupas feias e old-fashioned.

Jesus, apaga a luz mesmo!!!
Não vou citar o nome do lugar porque gosto de lá e acho que foi uma exceção, devem ter aberto a porta de algum lugar por aí. For God's saken!

Me senti incomodada, tinha gente com agasalho de educação física, outros de regata, parecendo ter acabado de sair da aula de axé(eca), outras usavam vestido balonê com capa branca por cima e sandália da avó, outras pareciam ir a um casamento, para piorar tinha até gente usando a parte de cima do espartilho com plumas rosas no pescoço...Aff...

Ok, eu sou chata mesmo. Ninguém tem obrigação de segir a moda ou entender sobre, mas senso de ridículo deveria ser vendido, porque tem gente que ABSOLUTAMENTE não tem.

Agora, eu vou à igreja, ver gente usando meia calça xadrez verde com vestido de verão por cima e um mini sobretudo rosa por cima... Ah, ainda bem que não vou lá para ver gente, mas que dói, ahh dói. ; )

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Coração

Esta semana ouvi coisas que me machucaram, no campo profissional e pessoal. Ressoam o tempo todo,mas, de alguma maneira (estúpida ou não) foram válidas, sim.

Where's your heart at?


Nem eu sei onde meu coração está, não está aqui, nem está lá.


Tentando encontrar...Quem vai ajudar?


Vinícius de Moraes diz que o medo de amar não faz ninguém feliz.
Já Nelson Rodrigues diz que é impossível amar e ser feliz ao mesmo tempo.

E agora, José?

Vicky tenta...

E vicky tenta, tentou amar outro homem, mas tudo o que conseguiu foram lágrimas e mais lágrimas. Ainda bem que é boa atriz e consegue enganar bem.

She lies and says she's(not) in love with him, can't find a better man..
She dreams is colors, she dream in red, can't find a better man.
can't find a better man (Better Man - Pearl jam)

Cotidiano...o meu

Toda sexta ela faz tudo sempre igual
Chora no volante na estrada
Tem sua lágrima pontual
Pois não mais beija com a boca de hortelã.

Todo dia ela pensa em poder ligar,
Meia-noite ela jura em dizer não
Depois pensa na vida que levaram e
chora por essa paixão.


Be continued...

domingo, 9 de maio de 2010

L'Aventura

`Sei que é chato ficar copiando e colando letra de música em blog, mas poxa, dá um desconto, não é falta de criatividade, é que simplesmente acho uma música que fala por mim e preciso postar...Por favor, seja tolerante!

Quando não há compaixão
Ou mesmo um gesto de ajuda (não há nada mesmo, sabe??)
O que pensar da vida
E daqueles que sabemos que amamos ? (Não sei mais o que pensar...)

Quem pensa por si mesmo é livre (Eu o faço até demais)
E ser livre é coisa muito séria
Não se pode fechar os olhos
Não se pode olhar pra trás (Quando olho pra trás, choro e rio)
Sem se aprender alguma coisa pro futuro

Corri pro esconderijo
Olhei pela janela
O sol é um só
Mas quem sabe são duas manhãs

Não precisa vir
Se não for pra ficar
Pelo menos uma noite
E três semanas

Nada é fácil
Nada é certo
Não façamos do amor
Algo desonesto (Não sei bem...)

Quero ser prudente
E sempre ser correto
Quero ser constante
E sempre tentar ser sincero

E queremos fugir
Mas ficamos sempre sem saber

Seu olhar
Não conta mais histórias
Não brota o fruto e nem a flor

E nem o céu é belo e prateado
E o que eu era eu não sou mais
E não tenho nada pra lembrar

Triste coisa é querer bem
A quem não sabe perdoar
Acho que sempre lhe amarei
Só que não lhe quero mais (A esperança está no lixo)

Não é desejo, nem é saudade
Sinceramente, nem é verdade

Eu sei porque você fugiu
Mas não consigo entender

10 de Maio




Amanhããããã.............


é aniversário dele....sim, o melhor de todos, rs...o charmoso, romântico, espirituoso, talentoso, politicamente correto (nem tanto assim, né??) com uma belíssima voz (não é à toa o apelido):


BONO VOX!!!!!!!!

50..CINQUENTINHA...Vai ter especial na Multishow...


Ai, Boninho...Happy Birthday, Irish man...

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

AbcBlogs

Site certificado
Voos baratos
voos baratos
voli low cost