quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Uma bolsa Victor Hugo

Domingo passado discutiamos sobre o valor das coisas:
um sapato de R$800,00
uma blusa de R$590,00
uma bolsa de R$1.000,00, uma Victor Hugo. Alguém questiona os preços e lembro-me que eu tenho uma Victor Hugo, estava enconstada lá no fim do guardarroupa.
Ao chegar em casa, querem ver se é verdadeira, claro que é, eu sou lá mulher de comprar coisa falsa? (exceto uma blusinha da Lacoste, rs?).
Eles olham curiosos e comprovam: Sim, é uma bolsa Victor Hugo...dentro dela encontro textos de que já não me lembrava mais...postarei-os aqui, então:

15 de agosto de 2008 (escrito na sala dos professores)
"Não há mais fatos...
não há mais fotos...
não há mais'ficos'...

Estou só novamente...



Sexta-feira. Desde o início da tarde sinto sua presença. Presença essa que veio a partir da conversa com um mestre, um professor. A partir de então, sua presença fez-me companhia. Chegou, ficou e não mais saiu.
As salas de aula, as conversas estudantis, o reencontro, o CD que estava perdido, a visita à amiga, a ida ao pet shop, à padaria, nada fez-me esquecer dela, daquela presença arrebatadora. Afinal, hoje era o nosso dia! Não é mais! Porém, a natureza não se deu conta, nem o universo. Continuam a trazer você para mim.Fazem isso de tal forma, indelicadamente, estupram os meus pensamentos e colocam você ali, bem dentro de mim. Fazem isso de forma alinhada, como acontece os movimentos de rotação e translação, não há como parar.
O clima traz a nossa temperatura, o nosso cheiro. O percurso que faço, também foi fiel a nós dois; trouxe as memórias, os carros estacionados na nossa rua. Até o trânsito compareceu, ah o trânsito!
Bom, a noite já chegou trazendo você. Eu estou me arrumando, armando um plano para buscar-te. Os universitários estão ansiosos para deixar as carteiras, substituí-las por mesas de bar. Quando o fizerem, você estará comigo; eu esperarei você na primeira à esquerda, ao lado daquela árvore. Nada mais existirá, além de você em mim, além de eu em você!
As risadas, sorrisos e palavras já se fazem presente. Estavam com você!
Ligamos o carro e partimos em direção à nossa noite.
Ops.. o sonho acabou. Não somos mais juntos..não somos mais aqueles dois..Temos que avisar o tempo, pois ele inisiste em trazer-te até mim.
Já é sábado. Meio-dia. Compartilhamos nosso almoço sabatino.
Você parte, leva uma parte de mim.
Tchau, até mais. Até nunca mais.
É dia do índio, coincidentemente, você se vai para não voltar mais...
Mas o sonho acabou mesmo, estou sentada a esperar um idiota fracassado e infeliz acabar a aula dele. Onde estou com a cabeça???

Nenhum comentário:

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

http://i470.photobucket.com/albums/rr65/srmpp/lilas.jpg

AbcBlogs

Site certificado
Voos baratos
voos baratos
voli low cost